Muito mais que “um rapaz latino-americano”…

Por Fábio Câmara

Esses versos cantados por Belchior foram usados pelo meu amigo, irmão e compadre, DÉCIO SÁ, para descreverem de modo bastante resumido o seu próprio perfil no blog mais acessado do maranhão.

O nosso Estado e a nossa Cidade se habituou a ver as BOMBÁSTICAS NOTÍCIAS e as contundentes revelações que, diariamente eram apresentadas com profissionalismo, fundamentação e coragem por ele que foi, seguramente, o melhor e o maior repórter investigativo maranhense – DÉCIO SÁ.

O nosso Maranhão e a nossa São Luís amanheceram hoje, um pouco mais desprovidos de visão e de voz.

Na noite de anteontem – 23 de abril, PISTOLEIROS FRIOS E CRUÉIS, calaram uma voz que sempre bradou em nome da verdade e da justiça; EXCUTORES E MANDANTES COVARDES fizeram fechar os olhos de quem enxergava, como ninguém, o que alguém de conduta escusa se esforçava para manter longe das vistas de quase todos.

MATARAM DÉCIO SÁ! PORÉM, JAMAIS FINALIZARÃO A SUA LUTA!

Escrever essas palavras nessa manhã está sendo extremamente difícil para mim. Décio era muito mais que um amigo. Décio foi um irmão que eu perdi e a dor da perda é muito grande.

Eram 22:22h. quando o meu telefone tocou. Era meu compadre Décio me convidando para comermos juntos uma caranguejada na Litorânea. Prontamente aceitei e fui vestir-me para, em seguida, ir ao seu encontro.

Poucos minutos após, um amigo comum me liga dizendo que algo estranho havia acontecido. Enquanto esse amigo comum falava com Décio ao celular, alguns estampidos foram ouvidos e a ligação cessou. A retomada do contato não se restabeleceu e, daí em diante, um temor do pior e uma tristeza motivada pelo medo do pior se apossou de mim.

E foi com profundo pesar que rumei o mais rápido possível para a Litorânea para ali encontrar o meu irmão morto.

ASSASSINADO num crime de encomenda, Décio foi vítima de uma realidade que ele mesmo combatia no exercício corajoso da profissão abraçada com paixão.

Uma esposa grávida e uma filha pequena constituem a 1ª família diretamente afetada. Uma 2ª família, porém, foi diretamente ferida de morte.

Toda a livre imprensa maranhense e ludovicense estão hoje de luto e sob ameaça. A segurança institucional do nosso Estado precisa dar uma resposta imediata e contundente a essa prática tão retrógrada quanto execrável.

A coragem de Décio precisa encontrar eco na nossa sociedade e se multiplicar.

Toda a nossa população; toda a imprensa maranhense e todas as autoridades constituídas precisam se irmanar somando esforços para chegarmos aos mandantes e aos executores desse crime bárbaro.

VAMOS USAR O PRÓPRIO BLOG DO DÉCIO E TODOS OS BLOGS DO ESTADO PARA COBRARMOS OS RESULTADOS NECESSÁRIOS.

VÁ EM PAZ, DÉCIO SÁ, MEU IRMÃO! NÓS, POR AQUI, CONTINUAREMOS A SUA GUERRA…

 

Crimes
Tags:, ,

46 comentários para "Muito mais que “um rapaz latino-americano”…"


  1. Goncalo Neto

    Lamentável, a morte do Décio Sá!
    A que ponto nós chegamos! Quando começa o assassinato de Jornalistas em uma Comunidade, Cidade, Estado ou País, é por que os Órgãos Públicos que deveriam cuidar da Segurança Pública, estão totalmente falidos há muito tempo!
    O trágico, é que, enquanto a violência explode na periferia de São Luis, em bairros como São Raimundo, Cidade Olímpica, área Itaqui Bacanga, Coroado e outros bairros, o Governo do Maranhão se finge de morto!!!
    Agora com a Tragédia da Violência batendo na porta de casa, com a morte de um Jornalista Importante, pertencente ao Principal Jornal da Família Mandataria do Estado, será que eles vão acreditar que a nossa Capital, é a 27ª Cidade mais violenta do mundo?
    Quem será o próximo a ser assassinato, Eu? Você? Ninguém sabe, pois os assassinatos em nossa Capital está há muito tempo fora de Controle!

  2. 007

    Marco, força nesse momento difícil. Creio que a liberdade de imprensa no Maranhão nunca mais será a mesma. Sugiro que os principais blogueiros do Estados se juntem e criem um Blog em homenagem a Décio e que possam continuar a sua luta. Contudo, isso hoje deve ser feito garantindo o anonimato dos blogueiros, pois ser blogueiro no Maranhão é risco de morte. É uma luta desigual. O blogueiro só tem palavras e seus inimigos têm pistolas ponto 40 que deveriam estar nas mãos da polícia.

  3. Diogo

    É isso aí Marco!
    Perdemos uma pessoa querida, mas sua obra e principalmente nomes como você, estão aqui para continuar a luta contra ignorância.

  4. j

    a justiça tem que dar uma resposta para a sociedade, matou um pai de família,é revoltante que existem pessoas assim, pessoas frias e calculistas, força pra toda família.

  5. Humberto Madeira

    Caro amigo Deça, apesar da distância e do tempo que não os vejo, sentí bastante a perda de nosso companheiro. Que Deus nos abençoe! Abraços de conforto.

  6. dinotresb

    OS PODEROSOS ME CALARAM PARA SEMPRE POR DINHEIRO. MAIS A VERDADE SEMPRE PREVALECE NO FIM. A JUSTIKÇA DE “DEUS” VEM COM A MÃO PESADA CONTRA OS MALFEITORES, MANDANTES E COVARDES.
    OS PODEROSOS POLÍTICOS que enriqueceram ilicitamente e autoridades de toda estirpe, como alguns togados, advogados, assessores e outros, jamais poderão
    calar a verdade denunciada pelo nosso amigo DÉCIO SÁ. Ele estava na eminência de descobrir “coisas muitos cabeludas” tipo a do Cachoeira, eis que BLOG é um verdadeiro caminho das pedras para se achar os mandantes. Que “DEUS os tenha em seu “REINO DE JUSTIÇA PURA E ETERNA” meu amigo Décio Latino americano, sem dinheiro no bolso, mais forjado como aço em busca da verdade.
    http://www.saobentoma.com

  7. João Henrique Araújo

    É lastimável e inconcebível que em pleno século 21, era das liberdades difusas, ocorra um fato bárbaro, de natureza tão grotesca.

    Décio Sá, antes de mesmo de ser jornalista, era um ser humano. E, na condição de ser humano, deveria ser respeitado e, acima de tudo, ter a sua vida e integridade física preservadas.

    Perde a família, o pai amoroso, o irmão afetuoso, o filho amado. Perde o jornalismo, o profissional dedicado, que buscava com seu faro a verdade real da notícia. Perde a sociedade, mutilada e minimizada com este ato de violência desmedida.

    Espero, de todo coração, que os executores e os mandantes deste crime horripilante sejam identificados e devidamente punidos.

    Só assim, talvez, o jornalista Décio Sá possa descansar em paz.

    A população do Estado do Maranhão, a classe jornalística, os amigos e família de Décio Sá, as pessoas de bem em geral clamam por Justiça!

  8. Odinei

    Hoje pela manhã enquanto estava levando minha filha mais nova e a amiga dela pra escola, conversávamos desse lamentável e trágico episodio. Falava pra ela da importância do Décio para imprensa do Maranhão. é sem duvidas uma grande perda, não só para a mídia digital mais para a imprensa de modo geral. Sei que por mais sentimentais que possam ser algumas das minha palavras nesse momento, tenho certeza que são infrutíferas na tentativa de dar algum conforto aos familiares e amigos mais próximos, desse que sem duvida representou o sentimentos de muitos maranhenses..

  9. Cláudia Temporim

    Como ligar o computador e não teclar http://www.blogdodecio.com.br? Foi o que o meu filho me perguntou ontem quando cheguei do enterro do jornalista Décio Sá, é automático abrir a página dele pra saber das principais noticias políticas e agora não tem mais acabou. Fico pensando ainda no Déc io ser humano que tinha uma linda familia, no pai que deixa uma menininha , uma esposa desolada e grávida . A única coisa que podemos expor neste momento é a nossa profunda revolta e tristeza e ressaltar o que o nosso amigo Fábio Câmara reproduziu no texto acima “Eu sou apenas um rapaz latino-americano sem dinheiro no banco, sem parentes importantes e vindo do interior.” (Belchior), Que Deus o acolha e descanse em paz.

  10. Antônio Abreu

    Se com esse tipo de intimidação, conseguirem calar a boca da imprensa, então voltaremos ao período medieval, onde a espada era a lei.

    O único motivo pelo qual a sociedade pode reclamar seus direitos, exigir justiça e o cumprimento da lei, é porque existe a imprensa para noticiar os abusos.

    Por isso a morte do Décio será sentida. Não obstante a conduta pessoal do jornalista, fica uma grande lacuna em termos de prestação de serviços à sociedade.

    E quanto à justiça do Maranhão, me pergunto se eles ofereceriam R$ 100 mil por pistas do assassinato de um desconhecido.

    Justiça, pelo próprio nome, devia ser igual para todos…

  11. Patrícia Araújo

    Entristecedor é,ver alguém que lutava pela justiça ser executado pela própria falta dela. Saber que ainda estamos vulneráveis a esse tipo de ação, pessoas que não tem nenhum receio de fazer tal coisa, pois a impunidade as apóia. Esperamos, amigo Fábio que a justiça terrena se concretize pois a JUSTIÇA DIVINA será providenciada. E faremos sim,todos juntos a continuação da luta de Décio quanto aos seus ideais.

  12. Rafael Faraó

    Boa as palavras do nosso amigo Fábio Câmara, realmente calaram a voz de quem mais entendia de reportagens investigativas, um profissional do jornalismo morto por um crime barbaro, que pessoas sem excrupulos e cm medo da verdade encomendam crime de tal brutalidade, mais eu acredito na capacidade das nossas policias e o qto antes serao descorbetos os criminosos, inclusive o mandante!

  13. Waldirene de OLiveira

    Décio Sá não pode ter morrido em vão. É preciso que nós, jornalistas, estejamos fortalecidos para continuar mostrando a essas “pessoas” que o calaram para sempre que os cidadãos de bem são muito mais fortes, e que as instituições não se curvarão à violência e muito menos a qualquer tipo de pressão que favoreça esses monstros. E essa resposta só será dada se prenderem os covardes que contrataram a sua execução. Toda a sociedade espera por isso!

  14. Pedro Peter de Sousa

    Meus pésames aos familiares. Mas uma coisa é certa, e sem falso moralismo, arrisco que ele era o maior puxa saco do Maranhao. Combatia veementemente os adversários da família Sarney, mas aplaudia e colocava embaixo do tapete os demandos de seus patroes!
    Doa a quem doer!

    Resp.: Isso justifica a sua morte? Ele deveria morrer por apoiar o grupo Sarney? E quem apoiou o grupo jackson ou o grupo Flávio Dino é melhor que ele? Quem apoia Castelo deve viver? É esta a sua medida das coisas?

  15. LAERCIO FARAY

    UMA PERDA MUITO GRANDE…VÁ COM DEUS DÉCIO.

  16. Daniel Alvim

    .Caros colegas, Nossa ilha perdeu um grande guerreiro, desbravador de noticías e um grande ìcone do jornalismo maranhense, Décio Sá.
    .Nos encorajou e nos dará força pra lutar ainda mais contra a impunidade , viôlencia e o sim a liberdade de expressão!!!! Décio Sá.
    .Em paz e em Deus, peço ao nosso querido pai que ilumine a familia que teve um grande perda e forças muitas forças, e parabenizo meu amigo Fabio Camara pelo post.

    Forte Abraço

  17. Luis

    Estamos com voce Fabio nessa luta por Justica!

  18. paulo silva

    É LAMENTÁVEL, QUE NO “MELHOR GOVERNO DA VIDA DE ROSEANA” ELA NÃO GARANTA NEM MESMO SEGURANÇA ÀQUELES QUE A DEFENDE! É TRISTE E HUMILHANTE PARA NÓS OS RESTANTES RELES MORTAIS QUE NÃO ESTAMOS NO PALÁCIO. SE AOS PALACIANOS NÃO SE GARANTE NEM MESMO SEGURANÇA, IAMGINE PARA AQUELES POBRES COITADOS COMO NÓS!!
    SIMPLES ASSIM!!

  19. Cláudio Roberto

    Marco, força nesse momento dificil voce vai superar a perda de um amigo, talvez superar não mais vai dar a volta por cima continue sendo esse grande jornalista que vc é.
    Outra coisa de meus pesames a famila do Decio eu sinto muito mesmo.

  20. Paulo Emílio

    Caro Marco,
    Gostaria de reforçar o post do Gonçalo Neto. O que mais se ouve é que o crime de pistolagem voltou ao Maranhão, quando na realidade o crime tá é imperando no Maranhão e principalmente em São Luís. Só que quando não é o nosso amigo ou irmão, deixa pra lá… a pouco mais de um ano alguns blogs e a imprensa em geral noticiou o assassinato do Biné (dono do Bar do Biné, um pequeno bar localizado numa área em litigio na Cohab), morto na presença de dezenas de pessoas. A desaparelhada e despreparada polícia maranhense nunca descobriu o executor quanto mais os mandantes, ficou pros familiares e amigos e sensação de INJUSTIÇA, IMPUNIDADE e acima de tudo o MEDO.
    O assassinato do Décio deixou todo o Maranhão perplexo, vamos sentir muito a falta do Blog do Décio Sá.

  21. Manoel

    Estarrecedor. Justiça! Justiça! Justiça! É o que todos pedem, família e sociedade, quando se deparam com crimes brutais e cruentos como esse. Os assassinos não escolheram local, não usaram disfarce e portavam arma de uso militar restrito, carregando com eles a certeza da impunidade. Todas essas são características de crime de acerto de contas entre bandidos na mesma laia, que rotineiramente tomamos conhecimento no noticiário policial. Dessa vez o cenário do crime não foi uma “boca de fumo”, a periferia ou qualquer outro ambiente estigmatizado por esses acontecimentos. Dessa vez o assassino adentrou a um dos mais movimentados restaurantes de nossa elitizada e bela Av. Litorânea e de arma em punho assassinou, no exercício da sua profissão, não um bandido, mas talvez o maior e mais atuante repórter investigativo do nosso Estado, capaz de levantar denúncias contra pessoas e grupos considerados poderosos dentro e fora do Maranhão. Por isso está morto. E o “acerto de contas” não foi motivado por disputa de ponto de venda de drogas, armas ou qualquer outro crime já considerado “comum” pela sociedade e que diariamente é praticado por bandidos “comuns”. A motivação desse crime bárbaro e covarde foi em consequência do exercício legal e destemido da profissão de Jornalista que até anteontem o agora saudoso Décio exercia com muita dignidade. As postagens do Blog do Décio não escolhia nem nome e nem sobrenome, pessoa física ou jurídica; levavam ao conhecimento da sociedade fatos muitas das vezes pouco ou nunca explorados pelos noticiários de nossa mídia mais tradicional. Assim, o assassinato do Décio tráz muito medo não só aos profissionais Jornalistas, mas a toda sociedade maranhense. Sabe por quê? Porque provavelmente os verdadeiros assassinos do Décio são pessoas “comuns”, que adentram as nossas casas todos os dias por meio das colunas sociais de jornais e revistas, programas políticos ou empresariais, muitas vezes na condição de pessoas exemplares em suas carreiras, pois nunca li uma só matéria do Décio tratando do “traficantizinho” da esquina. Era só “chumbo grosso” contra gente dita poderosa. O governo do Estado tem obrigação moral de elucidar esse crime e mandar para a cadeia os seus responsáveis, é só isso que a sociedade maranhense quer. Os assassinos tinham total conhecimento da tamanha repercussão do que poderia ser o assassinato de Décio, tanto no Estado como fora daqui; sabiam do círculo de amizade de Décio; sabiam que Décio era Jornalista do maior jornal local, portanto, empregado da Família Sarney que administra o nosso Estado e com grande influência política também a nível nacional. Mesmo assim resolveram executá-lo. O que esses elementos são capazes de fazer com o Seu José lá do São Raimundo, “que não tem ninguém por ele”? No mínimo cortá-lo em pedacinhos com uma motosserra como fazia o agora presidiário e ex-deputado do Acre Hidelbrando Paschoal, e isso nós não queremos para o Maranhão. Das duas, uma: ou os caras acham que são invisíveis ou apostaram em uma total incompetência da nossa polícia e do nosso judiciário. Agora é com você meu nobre Secretário de Justiça e magistrados de plantão. A sociedade espera uma resposta rápida.

  22. Jarivânio Alencar

    Uma postagem belíssima, apesar do conteúdo tão triste.

    A ideia do “007” é interessante, mas o anonimato é ilegal.

  23. Talita Montovani

    Nessa horas a gente não sabe nem o que dizer, a não ser sentir um vazio.
    O que me entristece (mais ainda) é saber que a voz de Deus não é suficiente, a Justiça está desvirtuada, a moeda vale mais que a vida e nada nos resta, a não ser a SORTE e o SILÊNCIO.
    Meu pesar aos amigos e principalmente aos familiares de Décio Sá.
    Que descanse em paz, um homem que foi assassinado brutalmente, covardemente e desumanamente – nosso eterno jornalista.
    Enquanto ao nosso estado “velho oeste”, governadora, por favor, faça valer o seu slogan: “o melhor Governo da sua vida”.

    Isso é um breve resumo, diante das belas e sinceras palavras de Fábio Câmara, a quem tenho um imenso respeito e carinho.

  24. NOELMA D'EÇA

    lamento muito a morte do nosso amigo DÉCIO SÁ…sei o quanto vcs eram amigos e o quanto trabalhav para nos manter informados principalmente de alguns corruptos que adoecem nossa cidade…espero que tudo seja esclarecido o mais rápido possível, sabemos que ele jamais voltará, mas será uma forma de mostrar que seu trabalho e sua luta não foram em vão.

  25. Nonato Chocolate

    Marco e Fábio ,
    Fica a revolta e a dor.Mas também, a esperança de que o aparelho policial consiga chegar aos assassinos( executores e mandantes).Clamamos por justiça, o irmão e amigo Décio nao merecia tamanha brutalidade….

  26. Nathália Costa

    A violência toma proporções cada vez maior, como tudo isso pode parecer normal? A justiça precisa ser feita, pois assistimos esse filme todos os dias… A morte fria, covarde e calculada do amigo Décio Sá corrobora com a impunidade de pessoas que brincam de ser Deus o tempo todo, que corrompem, que ferem, que matam e atingem não só sua vítima primária, mas uma sociedade inteira que roga por paz e respeito ao próximo. Dizer a verdade nos dias de hoje e mostrar sua cara, virou sinônimo de ameaças de morte… MEDO… Era isso que Décio Sá não tinha, ele era movido pela verdade sempre 100% dita! Justiça deve ser feita, aos olhos dos homens. Por que a justiça certamente será feita aos olhos de Deus! Não precisamos de mais nada… Por que dessa vez devemos EXIGIR E CRER que algo será feito. Esses dias escutei uma música que me fez lembrar da coragem de Décio, que me fez pensar em sua esposa, sua filha e seus amigos que sofrem com sua ausência… É bíblico… “Podemos amanhecer com uma notícia ruim, podemos chorar pela falta e desejar a volta de alguém, podemos querer ir além dos limites da vida, podemos até andar pelo vale da morte, mas DEUS NÃO FALHA, ele nos guiará e nos conduzirá ao lugar certo… DEUS NOS GUIARÁ”. Termino minha homenagem ao querido amigo e minha pequena dissertação, pedindo como tantos outros, por ações resolutivas no caso DÉCIO SÁ… Dessa forma, iremos honrar sua luta bem citada por Fabio Camara e evitar que mais mortes aconteçam… Deus nos ajude!!

  27. Andre Belchior

    Por respeito a sociedade , as autoridades precisam desvendar a identidade dos covardes e frouxos do mandante e do assasino de Decio Sa. As vezes me sinto como se o tempo estivesse retrocedendo, e chegamos de volta ao tempo onde nao se tem liberdade de imprensa. Estou realmente abismado, sem conseguir acreditar. A “justica” esta nas maos da Policia.

  28. Gerson perez

    Deça,
    Muita força neste momento, saemos o quão é difícil. Mas não se afugente desse ofício que Deus lhe deu, que é de informar todas esses desmandos que ocorrem em especial em nosso estado.
    Gerson

  29. analista

    Como podemos pensar diferente se osbandidos estão soltos. A propria justiça se encarrega de coloca-los ‘a disposição do crime quando a policia prende e o judiciario estabelece um valor pra solta-los. Querem mais o que? o crime passou a ser uma receita publica. Analisem e concluam.Que pena mas é a pura realidade

  30. Leomar Rodrigues

    É muito triste, lamentável, como podem tirar a vida de um homem, simplesmente pelo fato estar exercendo o seu papel de cidadão, de homem formador de opinião, de um praticante dos valores democráticos. É inadmissível; A sociedade exige uma resposta com urgência dos órgãos de segurança do nosso estado. Os autores desta brutal e covarde ação contra a vida do Jornalista (e chefe de família) Décio Sá, é uma grande afronta ao estado de direito, contra a democracia e contra os princípios cristãos. Os assassinos e seu(s) mandante(s), não ficaram impunes, Uma resposta com urgência, eu repito, a sociedade exige. Essa é a postura que todos nós aguardamos.
    Querem calar a imprensa e os homens de bens defensores da liberdade e da justiça, mas isso nunca vai acontecer. VIVA, DÉCIO SÁ.

  31. Lílian Raquel

    Querido Fábio Câmara!
    A Amizade que nasceu entre vc e o nosso saudoso Décio Sá, era linda de se ver…Cheia de companheirismo, carinho, afeto, respeito…
    A Amizade assim com certeza casceu de um sorriso sincero, cresceu aos poucos, e quando estimada ficou impossivel de não tê-la mais.
    Essa amizade é tão forte como o brilho do sol, tão grande como a lua, tão admirada como a paisagem mais bela… Força Fábio Câmara, pois com certeza o nosso querido amigo Décio ja está nos braços do nosso Pai Celestial e que nossa Senhora cubra com seu manto sagrado, guarde e ampare toda a familia do Décio, nesse momento tão doloroso…Oremos para que brevemente as coisas sejam solucionada e responsabilizadas e que principalmente seja feita a Justiça.

  32. Raul Viana - Coroatá MA

    Eu era um DECIOMANIACO, assim como milhares de leitores do seu blog, pois lia muitas vezes ao dia… Agora acabou, ou melhor acabaram com essa fonte de conhecimento e determinação em nome do jornalismo livre e combativo. Que a justiça seja feita. Descanse em PAZ.

  33. J. BARROS

    SERÁ QUE O NOSSO DÉCIO SÁ FOI MORTO POR ALGO QUE ELE PUBLICOU? OU SERÁ QUE O ELINARAM ANTES QUE ELE PUBLICASE ALGUMA COISA ESCABROSA DE ALGUM FIGURÃO LUDOVICENSE?

  34. PM

    somos do sistema de segurança publica e trabalhamos diuturnamente para oferecer tranquilidade e segurança a população maranhense, abdicando do seu descanso em prol de melhores dias para nossos cidadãos, não aceitamos de maneira nenhuma um crime bárbaro como este feito contra a pessoa de um comunicador e pai de família, sabemos muitos utilizam deste meios por acreditam na IMPUNIDADE, porém não deixaremos que fique, mais uma vez vai ser preso o autor e se tiver mandante, estamos investigando e iremos provar que não adiantar tentar bagunçar nosso estado, somos competentes e profissionais, sou PM tenho certeza que o sistema de segurança irá elucidar mais este crime,população vamos esperar mais um pouco, tenha mais um pouco de paciência que iremos resolver mais este delito, policiais civis,policiais militares e população de um modo geral vamos nos unirmos, qualquer informação é importante, vc é importante neste processo de investigação,DECIO SÁ. descanse em paz, pois o sistema de segurança não dorme e nem se cansa, é insistente e persistente, enquanto não prendermos não descararemos.façamos uma reflexão não adianta apenas criticar, dê suas opiniões e sugestões sem partido.

  35. PM

    o sistema de segurança ira resolver mais este crime, nao iremos deixar este delito impune, somos competentes e profissional, vamos nos unir para elucidar este crime, nao é apenas obrigação das policiais, mais de cada um de nós integrante da sociedade, contribua com informações sólidas e verdadeiras,com nomes,endereços, fotos,descricão, todos os dados são importantes para resolvermos o mais rápido possível esta situação brutesca praticada contra um cidadão,pai de família e comunicador, que nós não iremos deixar que ele (s) que cometeu este crime bárbaro pense que sairá IMPUNE, jamais, estamos mais perto do que ele imagine, não esqueça de vc também contribuir com sua informação, n~so adianta apenas criticar sem participar,vemos todos juntos contra estas atitudes.

  36. Manoel Henrique

    Apagaram uma luz que brilhava intensamente na sociedade maranhense, porém não será com a morte de um jornalista brilhante e comprometido com a justiça em nosso Estado que deixaremos de cobrar atitude das autoridades constituídas, pois Décio se foi da forma mais vil o assassinato por encomenda algo ridículo e abominável. Amigos vamos fazer mobilizações na cidade e cobrar não só a elucidação deste crime bárbaro mais também que nossa Segurança Pública não fique refém.

  37. Edinaldo Fernandes

    ESTÁ NAS MÃOS DA JUSTIÇA AGORA.

  38. Otavio

    Apesar de ser contrário a maiorias das suas postagens, era um hábito matinal, assim que acordava, acessar o Blog do Décio para saber a quantas estavam os acontecimentos no meu Estado.
    Com certeza é uma perda enorme para todos.
    Que os assassinos e PRINCIPALMENTE o (s) mandantes sejam identificados o mais rápido possível.

  39. taniatomaz

    belas palavras escritas em homenagem e reclame, de Marco Aurelio para Décio, seu cumpadre irmão e companheiro, era
    assim que Deça se referia ao amigo, estou sentindo a mesma dor e repudio pelo acontecido, era fascinada pelo seus textos e ousadia. clamo por justiça.

  40. Silvia Frazao

    O tiro que matou Décio,atingiu em cheio o seio da sociedade, da imprensa e das autoridades constituidas. Todos nos fomos alvejados, feridos de morte, já que somos todos protagonistas de uma cena de horror que jamais poderia ter acontecido.
    Agora vamos clamar por justiça, vamos exigir a elucidação do crime.
    Queremos saber que atirou, queremos saber quem mandou, queremos respostas contundentes e certamente as teremos, todoo aparato técnico e de investigação disponíveis

  41. Silvia Frazao

    As balas que atingiram Décio alvejaram o seio da sociedade, da imprensa e das autoridades constituidas. Precisamos das respostas, da elucidação completa do crime e seus mandantes e certamente as teremos, pois todo o aparato técnico e policial do Estado esta agindo para isso.
    A morte de emu amigo Décio não pode e não ficara impune.
    Vamos em frente.

  42. Lili Abreu

    Eu sou amiga do Décio e fiquei (como muitos) chocada com sua execução. Parece mentira, parece que não aconteceu, inacreditável.
    Espero por justiça. Espero ver os culpados julgado e condenados.
    Isso não pode ficar assim.

  43. Cris

    Devemos tornar incessante e uníssona esta voz que clama por mais justiça e segurança, pelo reconhecimento dos direitos de cada cidadao. Décio será um marco na história do Maranhao e esperamos que seja um delimitador de aguas entre o Maranhao da impunidade e da insegurança, e o Maranhao de um efetico serviço público de segurança, comprometido e capacitado. Nao devemos descansar a nossa voz enquanto estivermos diante de tanta injustiça e impunidade nesse Estado. Décio dormiu para sempre, e nos deixou acordados para a luta! Estamos com você Fábio Câmara

  44. Arrais Jr

    Lembro-me agora, Fábio, do nosso último ou penúltimo jantar, onde Décio nos fez rir muito quando disse: “-Se estiver errada e eu tiver prova, nem minha mãe pouparia.”, mas isso custou muito a meu amigo, porém é um orgulho tê-lo conhecido, pois ele não apenas passou pela vida, mas escreveu seu nome nela e um dia vou poder dizer aos meus filhos que conheci o “maior jornalista da minha geração”.

  45. Dulce

    TODOS NÓS ESPERAMOS QUE O MENTOR DESTA CRUELDADE SEJA PUNIDO E TODOS NOS SABEMOS QUE ISSO SERA RARIDADE POIS ESTE DEVE SER E PODEROSO.

  46. Henrique

    Belo texto, não sabia que nosso futuro vereador escrevia tão bem

deixe seu comentário