1

PDT X PCdoB…

Principais partidos da base do governo Flávio Dino no Maranhão, o PDT e o PCdoB caminham para disputar espaços de poder – de forma intensa – nos principais colégios eleitorais do estado. E o objetivo é claro: ganhar musculatura em 2016 para ter poder de fogo na mesa de negociações de 2018.

É a partir de São Luís que o PDT quer mostrar força, com a reeleição de Edivaldo Júnior. O projeto do partido sempre foi ter o prefeito, embora, para muitos pedetistas, ele não seja tão orgânico a ponto de se manter filiado mesmo diante de uma ameaça de racha com os comunistas.  Mesmo assim, Edivaldo é visto como trunfo na correlação de forças.

E na capital parece não haver problemas na relação com o PCdoB. Os comunistas mostram-se satisfeitos com a possibilidade de indicar o vice de Edivaldo. E não se incomodam, inclusive, com a possibilidade de abrir mão da indicação para outra legenda.

Mas é em Imperatriz que a confusão se arma para pedetistas e comunistas.

O PDT tem na suplente de deputada federal Rosângela Curado o nome para a disputa no município – e ela se mostra o mais viável nome do grupo dinista. Ocorre que Curado não tem o apreço necessário do Palácio dos Leões e das principais lideranças do PCdoB, que forçam a barra por uma candidatura comunista, tendo o apoio do prefeito Sebastião Madeira (PSDB).

Nessa negociação, a pré-candidata foi orientada pela cúpula do PDT a não fazer críticas à gestão de Madeira, rejeitada por mais de 70% dos imperatrizenses. O resultado é que, no vácuo das críticas, o democrata Ildon Marques e o peemedebista Assis Ramos cresceram fortemente.

A pedetista quer agora convencer os aliados do PDT a partir para o confronto direto com Madeira – que afinal, também não morre de amores por ela. O problema é que sua posição pode acirrar ainda mais a relação com o PCdoB.

E assim, os dois partidos vão mantendo a relação – uma espécie de casamento – difícil, mas mantida em casa.

Apesar das ameaças de separação.

Da coluna Estado Maior, de O EstadoMaranhão

Marco Aurélio D'Eça

One Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *