10

Eles nunca se entendem…

Gatunos em um balaio geram urros e sussurros

O blogueiro sem identidade própria – ora-jackista-ora dinista – desdenha da ida de Jackson Lago (PDT) para o segundo turno e prega, nas entrelinhas que a oposição deve se unir ao outro candidato. (Leia aqui) 

Mais lúcido e menos proselitista, o blogueiro tucano-petista dá a resposta de forma dura, referindo-se à idéia do colega como uma proposta de “unidade oportunista”. (Veja aqui)

Aí vem aquele oposicionista de profissão – não o que abriga, mas o que escreve – e lembra outro profissional da oposição, que já alerta para a presença de balaios em um eventual futuro governo oposicionista. (Veja)

Cada um reflete o pensamento de um dos chefes do bando.

É assim que eles agem quando imaginam a menor fagulha de poder…

Marco Aurélio D'Eça

10 Comments

  1. Esse foquinho de desentendimento sempre tem, esse é o problema da dita esquerda, sempre com um discurso pesado mas incapazes de esquecerem as diferenças e olharem para o mesmo ponto, o que a direita tradicionalista faz muito bem. Mas Marco o que acontece é que Jackson Lago se mostra bem menos consistente, Roseana sabe disso e o jornalista que foi criticado pelo tucano-petista só indicou. Jackson tem problemas com o ficha limpa e ainda está fisicamente comprometido, pela idade avançada. Mas saiba que o que o diferencia deles é apenas a sua caninilidade em relação a sua patroa, afinal tu e décio são muito bem pagos para plantar, aumentar e inventar fatos que favoresçam Roseana e prejudiquem seus adversários. E ainda tem vezes que fazem papéis ridículos. O Décio pegou uma foto nem sei do que na praça da bíblia e disse que se tratava da concentração do movimento “#FORAROSEANASARNEY”, dizendo que só 350 pessoas se fizeram presentes. Ou ele é débil ou acha que todos somos, pois nós estávamos no centro da maior cidade do Maranhão, com câmeras de todos os cantos, inclusives nacionais, com transmissão ao vivo pela internet para todo o mundo, como ele queria que alguem acreditasse nas loucuras que ele escreve~u? Outra coisa é vocês continuarem insistindo na loucura de que Roseana vai se eleger no primeiro turno, qualquer um com o mínimo de entendimento sabe que o segundo turno já está cristalizado, que o grupo Sarney a cada quatro anos perde força tendo em vista o vencimento do prazo de validade dos seus velhos eleitores ainda herdeiros do fatídico ano de 1966.

  2. Ei ovelha responde ai… na sua humilde opinião e visão,
    Alberto Franco se elege entre os ultimos do chapão roseanista?
    tenho convicção que ele terá mais de 40 mil votos……

  3. Decio,
    quero ver se vc tem coragem de publicar esse post:

    JORNALISTA SEMPRE, CABO ELEITORAL JAMAIS

    Guardei uma lição kantiana que define a liberdade como o mais fundamental entre os direitos fundamentais. Tudo que construí até aqui – na minha profissão, nas relações sociais tecidas – foi alicerçada nessa minha garantia de liberdade.

    Sou livre quando exerço o jornalismo ao meu modo, e ao meu modo quer dizer que o jornalismo não é profissão que se exerça em nome próprio, e sim por representação da sociedade, a quem pertence a informação.

    Sou ainda mais livre quando exerço o meu direito de voto. Nos últimos dias, importunaram um dileto amigo-jornalista, sobre o meu livre direito de votar, e a minha apreensão de que a minha função primária como jornalista é dar aos leitores – do blog e do jornal em que trabalho – a melhor versão da verdade possível de obter.

    O voto é a livre manifestação da vontade, neste caso, da minha vontade. Voto pressupõe liberdade.

    Compreendo que jornalismo é um bem público. No meu jornalismo não cabe frivolidades. Diante de um assunto interessante, um personagem atraente, um fato que merece ser contado, o Jornalista Nocivo ao Jornalismo saca a caneta e imediatamente pergunta: “Por que publicar?”. Eu pergunto: “POR QUE NÃO”?

    Eu apuro – e deixo de apurar – o que quero. Publico – e deixo de publicar – o que desejo. Opino – e deixa de opinar – sobre o que eu bem entendo. Sou livre.

    Sou livre quando apuro e escrevo minhas matérias para blog ou as reportagens para o jornal. E sou ainda mais livre para decidir em que eu voto. Essas duas liberdades não se confundem.

    Jamais deixaria de exercer livremente o direito de voto, porque trabalho para A ou B; ou porque sou contratado de empresa C ou D. Jamais! Há colegas de profissão que não fazem assim. Eles desejam serem subjugados, dependentes, manietados, encangalhados, enfim.

    Tenho e terei sempre muito respeito pelas pessoas com que trabalho ou trabalhei, pelos chefes, pelos donos das empresas. E delas também sempre recebi o mesmo respeito.

    Porém, jamais negociarei ou permitirei intervenção no meu direito de votar livremente. De votar em quem eu desejar. Jornalista sempre, cabo eleitoral jamais.

    Nos meus 15 anos de jornalismo, jamais coadunei e/ou participei de tropas de choque da intolerância que estão dispostas a exigir a condenação moral de pecadores.

    Não sou santo, mas ao ver a lista daqueles que creem ser aqui no Maranhão, estaria eu em péssimas companhias.

    Não fiz e faço jornalismo para agradar a este ou aquele. Sempre acreditei no que escrevi e no que escrevo. Tanto aqui no blog, quanto nas reportagens de O Estado. E as fiz com toda a liberdade. E seguirei assim.

    No meu pescoço não cabe cangalhas.

    Arquivo de: DESTAQUES, cabo eleitoral, itevaldo, jornalismo, respeito | 9 Comentários | Imprimir esse post Imprimir esse post
    BLOG DO ITEVALDO

  4. kkkkkkkkkkkk, tá chegando a hora, vms ver quem tá certo e quem esta errado. ,mais tenho certeza q a eleição no maranhão se decide no 1º turno……..
    a oposição ta desesperada………..

    • Será mesmo que a oposição estar desesperada, o Rosengana foi fazer em Brasilia além de pedir desesperadamente para o Lula, e Dilma, gravarem de forma ridicula, pedindo voto para a Rosengana, ti falo mais ainda tal vez a dilma nao ganhe as eleições aki no maranhao sabe porque? o leitor estar de saco cheio vendo lula e dima pedindo voto pra ela(Rosengana)…. aki em Imperatriz ela vai ganhar sim no primeiro turno, sabe o que? sua passagem para o Amapá….

  5. Marco, vc se acha diferente desses que vc elencou no post? É o sujo falando dos mal-lavados, heheheheeheh. Seria melhor ter ficado calado a falar baboseiras como essa…como diz o velho ditado : Quem tem telhados de vidro não atira pedras ao vizinho

    resp.; Claro que sou. Absolutamene diferente.

  6. bateu o desepero nas cortes sarneysistas…Adeus roseana, vai ficar desempregada por quatro anos!!

  7. é de uma imprcialidade, essa sua matéria bem prfunda mesmo, bando de marginais são aqueles que compram votos e trocam consultas medicas por voto trocam gasolina por voto aqueles que oferessem a alma ao diabo para ficar no poder.

  8. Vai no blog do Itevaldo que ele mandou um recado pra ti…
    hehehehehehehe
    “pseudo-jornalista”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *