3

“‘Belos’ e Malditos”…

Belos e malditos
Feitos para o prazer
Os últimos a sair
Os primeiros a morrer

Belos e malditos
Eles ou ninguém
De carne quase sempre
São anjos para alguém…

Suave é
A noite é
De bar em bar

Belos e malditos
Culpados por viver
Num mundo feito de tédio
Cego para o poder

Belos e malditos
Drama e carnaval
O lado escuro do paraíso
O bem que vem do mal…

Suave é
A noite é
De bar em bar…

Eles brincam com fogo
Sabem queimar..

Suave é
A noite é
De bar em bar

Capítal Inicial
Composição: Renato Russo / Loro Jones / Alvin L. / Bozzo Barretti / Dinho Ouro Preto

Marco Aurélio D'Eça

3 Comments

  1. Tá bom quer dizer que vc agora é um blogueiro culto é…
    kkkkkkkkkk….tá mais é pra barraqueiro…
    Além de fazer ultimamente uns Ctrl C + Ctrl V do Blog do Dr. Joaquim Nagib…
    quer seguir a mesma linha de poesia…kkkk…

  2. Marco, será que esse poema é para saudar a consolidação do amor de Vitor Trovão e Alexandra Miguel?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *