9

“Nota 10” nega rompimento com Roseana

Magno Bacelar reafirma aliança com Roseana

O ex-prefeito de Chapadinha e atual segundo suplente de deputado estadual, Magno Bacelar (PV), negou ao blog que esteja rompido com a governadora Roseana Sarney (PMDB).

– Nem quando fui prefeito e o José Reinaldo de tudo fez para me cooptar eu deixei a governadora. Porque faria isso logo agora, que ajudei a elegê-la? – questionou Bacelar.

O suplente atribuiu a história de rompimento aos seus adversários em Chapadinha.

– Eles tentam plantar isso desde a eleição, mas nunca rompi com Roseana – afirma.

A história do afastamento de “Nota 10” começou quando aliados seus, em Barra do Corda, decidiram apoiar outro candidato a governador. Bacelar confirma a informação, mas diz que isso só ocorreu porque o grupo era adversário do prefeito Nenzim (PV).

– Eles me apoiaram, mas faziam oposição a Nenzim. E já tinham ligações com o outro candidato. Mesmo assim, estive várias vezes em palanque com eles e pedi votos para Roseana – afirmou.

Magno Bacelar deve assumir vaga de deputado na Assembléia, caso se confirme a ida de Victor Medes (PV) para a Secretaria do meio Ambiente.

Marco Aurélio D'Eça

9 Comments

  1. Queridos, é bem simples a situação… A Secretaria de Estado de Meio Ambiente é o tipo da secretaria que precisa de alguém TÉCNICO, OPERACIONAL E SOBRETUDO POLITICO, e desconheço outra pessoa mais preparada no nosso estado do que o Senhor Washington Rio Branco…
    Se colocar na SEMA alguém apenas político, que não detenha conhecimento técnico do que seja uma licença de operação, desmate, plano de manejo, reflorestamento, geoprocessamento, geofísica, entre outros assuntos que são comuns dentro daquela SECRETARIA, confesso amigos que o ESTADO que, depois de muitos anos começou a andar novamente para a frente, vai entrar num profundo retrocesso e atraso…
    O atual secretário merece ficar por merecimento e por tanto ajudar o estado e a nossa Governadora. Vamos lá Governadora Roseana Sarney, estamos esperançosos de ver o nosso querido estado crescendo e desenvolvendo!!!!

  2. ESSA SEMA ESTÁ MUITO BEM NAS MÃO DE WASCHIGTON RIO BRANCO, QUE MORALIZOU A SECRETARIA APÓS AQUELE ASSALTO QUE OTHELINO FILHO FEZ.VITOR MENDES É UM BOM DEPUTADO PARA TRABALHAR POR MELHORIA PARA PINHEIRO, E NOS PINHEIRENSES GOSTARIAMOS QUE ELE CONTINUE NO LEGISLATIVO.

    • Técio Leite você me fez lembrar uma coisa importante. Quem indicou o Othelino Neto, ex-candidato a deputado estadual pelo PPS foi Washington Rio Branco, ficando lá ele e o pai dele o jornalista Othelino Filho (que substituiu o filho candidato), durante o governo Zé Reinaldo e Jackson Lago, num período de quase 08 anos. Rio Branco disse não a Zé Reinaldo e a Frente de Libertação, quando lhe ofereceram um mandato de federal, assumiu a posição de ficar com os sarneys. Não seria uma humilhação, hoje, não ter a chance de fazer com a governadora o verdadeiro mandato, já que o anterior foi um tampão e tapa buraco das fraucatuas dos balaios.
      Se Sarney Filho roer a corda, quem venceu essa parada foi os Othelinos que terão motivo de sobra para comemorar a não indicação de Washington Rio Branco, e com certeza dirão eu avisei esse povo é assim mesmo. Cuidado governadora não troque gato por lebre, não se mexe em time que está ganhando, siga o exemplo da Dilma e não se arrependerá.
      Assinamos em baixo, nós ambientalistas.

    • Ei Paulo Martins, voce esteve em Barra do Corda? Eu acho que não. O Deputado Magno pediu sim voto para Roseana. E digo mais é um dos aliados mais fieis da Governadora. Os ex – Zé Reinaldo e Jackson tentaram de tudo para ter o apoio de Nota Dez, e ele disse NÃO. Enquanto isso, outros prefeitos, ex prefeitos e até deputados passaram para o lado do Zé e Jackson..

  3. Aló Marcos, olha só o que a imprensa séria a exemplo do Gilberto Leda e da sua pessoa estão dizendo sobre a pasta do Meio Ambiente. Em todas rodas é quase unanimidade, que Washington Rio Branco salvou o estado de ficar quebrado junto aos órgãos financiadores, BNDS, BASA, BNB, CEF e outros, como é que faço a leitura.
    Então os deputados estaduais do PV e a direção não tem direito a opinar sobre a escolha, quem manda é o Sarney Filho e este não indica o Rio Branco. É uma situação embaraçosa, pelo que sei Washington Rio Branco é dirigente nacional do PV tanto quanto o deputado federal, e por e-mail que recebi de Brasília de outro dirigente nacional, a coisa vai pegar, porque é num mínimo vexatório, macular o nome do partido em âmbito nacional, já que o mesmo nem pediu voto para Marina Silva no Maranhão.

    gilbertoleda disse:
    18/12/2010 às 10:14
    Veja bem. As coisas funcionam assim: a vaga não é de Washington Rio Branco, é do PV. Se é do PV, é de Sarney Filho. Ninguém nega que Washington fez um excelente trabalho à frente da SEMA, mas isso não quer dizer que ele tenha que se perpetuar no cargo. Todos sabem por que Filuca – pai deVictor Mendes – saiu da Cidades. Ele é aliado de primeira hora e não podia ficar desprestigiado. É por isso que deputado pode acabar na Secretaria de Meio Ambiente.

    Grato pela particiação.

  4. MARCO, é só vc entra no blog do DEÇA NO MÊS DE AGOSTO que vc vai ver que nota 10 apoio o FLAVIO DINA,FOI POR ISSO QUE A ROSEANA PERDEU FEIO EM CHAPADINHA. SÉRA MUITA INJUSTIÇA SE ESSE TRAIRA SE TORNA DEPUTADO.OBSEVAÇÃO TEM FOTO E TUDO COMPROVANDO A TRAIRAGEM

    O ex-prefeito de Chapadinha Magno Bacelar, o Nota 10 (PV), aparece na parede de uma casa ao lado do candidato ao governo Flávio Dino (PCdoB) e do deputado federal Ribamar Alves (PSB). Em tese, ele deveria aparecer junto da governadora Roseana Sarney (PMDB).

    Bem perto dali, na mesma Barra do Corda, aparece o irmão de Magno, Antonio Bacelar (PV), ao lado de Flávio Dino. Antonio é deputado estadual, mas candidato a deputado federal. Ou seja, Nota 10, ao aparecer apoiando Ribamar Alves, está “traindo” o próprio irmão. Trairagem em família.

    Para completar ainda tem o comitê do ex-prefeito juntinho ao do comunista. E assim caminha a fidelidade partidária.

    FONTE BLOG DO DEÇA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *