12

Castelo vai ouvir população sobre localização de hospital…

Pronta há dois anos, a maquete do Hospital não consegue sair do papel

O prefeito de São Luís, João Castelo (PSDB), contratou um instituto de pesquisa de São Luís – ou deve contratar – para medir a opinião da população em relação à localização do novo hospital de emergência que pretende construir na capital maranhense.

Desde que assumiu, há dois anos, Castelo já apontou três locais diferentes para a obra.

O primeiro terreno, no Angelim, pertencia ao estado, que não o liberou. O prefeito buscou, então, áreas na região da rodoviária de São Luís, também vetado por conta da ameaça de poluição à Bacia do Batatã.

O último local definido foi a região do Sítio Rangedor, às margens da Avenida Luís Eduardo Magalhães, entre o Calhau e o Cohafuma.

O novo local repercutiu mal entre empresários da construção civil – que vêem a área como de alto padrão para a especulação imobiliária – e para ambientalistas, que têm a área como de preservação permanente.

Mesmo diante das pressões contrárias, Castelo manteve a decisão de construir o hospital no Rangedor. Até decidir suspender a licitação para a obra.

Agora, aproveitará o tempo de recomposição do processo licitatório para ouvir a população.

O povo, portanto – sobreutdo aquele que mais precisa deste tipo de atendimento – vai dizer onde melhor localizado estará o hospital.

Marco Aurélio D'Eça

12 Comments

  1. Vamos dexiar de lenga lenga e vamos ao que interessa:

    Eu acho que deve ser as margens da BR-135, entre os km-5 e o Km-15.

    Nesta localização evita-se o congestinamento do centro urbano, facilita o acesso, existem várias avenidas de acesso para o hospital (Africanos, Franceses, Guajajaras, Portugueses via Itaqui e a futura avenida Litorânea/Maioba/Estiva), além de facilitar a chegada da população vinda do interior do estado.

    Qual a sua sugestão D´Eça?

  2. já tendo a pesquisa, viii uma galera acho que é escutec na cidade operaria fazendo a pesquisa

  3. Marcos,
    Ajude a população e o Prefeito nessa empleitada: abra um espaço no seu Bolg para essa finalidade.
    De uma coisa todos podem ter certeza: tem muita gente torcendo contra a realização dessa obra, que é de suma importância para o Município e para o Estado. Eu pessoalmente faço votos para que o Prefeito faça essa obra, e que seja bem alí pertinho da “casa do rangedor” que é como dizem a “casa do povo”.

  4. Primeiro Castelo manda desapropriar a área, em seguida lança o edital e só depois é que vai ouvir o povo para saber se concorda com o malfeito…. Coisas de Castelinho de Las Condongas, o “Ixpiriente”. De qualquer maneira antes muito tarde do que nunca…

  5. Isso é muito bom!
    Mas, que acima de tudo o prefeito respeite o resultado da pesquisa, ouvindo finalmente o povo!

  6. Marco, vc mesmo, o Décio, o vereador Pereirinha e tantos outros já deram boas sugestões ao Prefeito. Acho que o que tá claro, pelo menos para nós, é que ali na Luís EduardoMagalhães não dá certo. Na Avenida dos Africanos, seria muito melhor, por exemplo…na Zona Rural, como chegaram a aventar eu já não concordo…
    Não se tu tens a mesma percepção que eu, mas o prefeito até parece ter boas ideias: parece estar disposto mesmo a fazer alguma coisa por São Luís, mas a gestão parece desorganizada demais… coisa de excesso de burocracia e má-assessoria. Será isso? Tô muito distante, mas tenho a impressão que sim…
    Mas, em todo caso, e olha que nunca votei em Castelo na vida, tô achando a Administração bem mais ousada que as quatro que lhe antecederam…

  7. A voz do povo é a voz de Deus!!! Se esta pesquisa a ser encomendada pelo prefeito não for batizada será um otimo instrumento para avaliar realmente o que pensa a população a respeito desta localização. Só precisa ser um Instituto sério e que não manipule os resultados. É assim que se comporta um administrador que está pensando realmente em atender os interêsses da população mais necessitada. Parabéns Prefeito, pela iniciativa.

  8. FINALMENTE UMA NOTÍCIA QUE CONFORME O COMENTÁRIO DO WILSON É UM “ESPASMO DE SENSATEZ DO PREFEITO”. OUVIR A POPULAÇÃO BENEFICIÁRIA DO SERVIÇO É NO MÍNIMO O MELHOR CAMINHO PARA QUE SE COMECE A DIALOGAR COM A SOCIEDADE SOBRE UMA DECISÃO QUE ESTÁ CAUSANDO TANTA POLÊMICA QUANTO A LOCALIZAÇÃO. O OUTRO CAMINHO É OUVIR OS ESPECIALISTAS EM TRÂNSITO, URBANISMO, MEIO-AMBIENTE, ETC. SARAVÁ PREFEITO.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *