6

Balaios manipulam portal da Assembléia Legislativa

matéria de Gardeninha saiu antes que a de Roberto Costa

Está cada vez mais evidente a manipulação do site da Assembléia Legislativa pelos deputados da oposição – com a colaboração de jornalistas, muitos remanescentes das gestões balaias da Casa.

A manipulação é tão evidente que, até por volta das 20h30, o portal tinha uma resposta sem que tivesse publicado a pergunta.

 – Gardênia rebate acusações contra prefeitura da Capital – diz o texto, postado por volta das 19h30. O problema é que as tais acusações, feitas por Roberto Costa (PMDB), só entraram após a resposta de Gardeninha.

Mais grave: a matéria só saiu porque feita pelo próprio gabinete do deputado, já que a assesoria da Casa ignorou o fato. 

Gardeninha em destaque com três matérias

Gardeninha, aliás, está hoje com nada menos que três matérias diferentes na “capa” do site. (veja imagem ao lado)

Não é a primeira vez nesta gestão que o portal da Assembléia manipula informações para beneficiar determinados deputados.

Na semana passada, ao tratar de discurso do deputado César Pires (DEM), o portal escamoteou a informação para parecer que o parlamentar estava se retratando de informações publicadas neste blog, quando, na verdade, ele apenas reafirmava as críticas ao presidente Arnaldo Melo (PMDB).

O problema não é novo na Assembléia.

Desde a primeira gestão de João Evangelista (em 2005), o portal da Casa trata as matérias com pesos diferentes, de acordo com o deputado protagonista.

A situação ficou mais grave na gestão de Marcelo Tavares (PSB) – que aproveitou os mesmos jornalistas da era Evangelista como comandantes. E se agrava ainda mais agora pela falta de afinidade da atual diretora de Comunicação com o ambiente político – o que facilita a manipulação dos que têm o controle do setor.

Dos atuais diretores da Secom,  a maioria é remanescente da gestão de Tavares.

Quatro deles – exatamente os que controlam o site – estão há seis anos no posto.

Marco Aurélio D'Eça

6 Comments

  1. TEM ASSESSORES DE DEPUTADOS QUE JÁ AFINARAM AS PERNAS SÓ EM IR AO SETOR DE COMUNICAÇÃO COM A FINALIDADE DE FALAREM COM A DIRETORA DULCE “K. BRITO”.

    (*) PENSE NUMA ESTRELA…. SEM BRILHO……….PENSOU?
    (*) PENSE NA BALA QUE MATOU KENNEDY….PENSOU?…
    (*) PENSE NA ULTIMA COCA-COLA DO DESERTO DO SAARA…. PENSOU?
    (*) ELA TAMBÉM PENSOU QUE SERIA TUDO ISSO…. CULPADO É FÉFÉ!!!

  2. O melhor governo da vida da governadora não vai vingar com essa balaiada toda dando as cartas. Mas não e só na AL tem muitos no governo, principalmente no DETRAN. Falta alguém de coragem pra botar essa turma pra correr. Acorda Roseana, que já te deram a primeira rasteira.

  3. Acorda Dulce Brito! Esse carequinha que é teu adjunto, com carinha de santo, é 100% balaio. A turma de Zé Reinaldo e Cia. continua mandando na área de comunicação da AL.

  4. Então se o problema não é novo? Qual o problema? Não já vem acontecendo mesmo, desde a gestão passada? Onde passa um boi passa uma ovelha….

    resp.; Mas são as mesmas pessaos fazendo errado.

  5. Caro D´Eça, Parabens atraves dos blogs o Caso da VALE com a WO Começou a ganhar CORPO, Encarecidamente continue investigando esse caso. VEJA O QUE DIZ O MANDA chuva PAOLO COELHO Em trecho do EMAIL PARA UM COMPARSA DELE. E aí meu irmão a gente passa por cima dele.(WO) Eu quero ver até aonde vai o peito desse fdp e se ele ainda vai bater de frente contigo, Vicente e o Coji, dizendo que isso e aquilo outro não está no contrato e está juridicamente errado, contratada metida a honesta que vá para casa do caralho e que não atrapalhe a nossa vida. (AS PROPINAS) post do blog do Decio

    Att,
    ……………………………………………………………………………………………………..
    Paolo Coelho

    VALE – DILN – GEGIG – GAIOG
    Gerência de Implantação de Obras na Ferrovia
    Pátio Ferroviário de Marabá, Distrito Industrial 68508 970 Marabá PA Brasil
    T. 55 (94) 3312-4430 F. 55 (94) 3312-4304 C. 55 (94) 9158-7958.”

  6. ESSE ARNALDO É UM DEPENDENTE DA OPOSIÇÃO. NÃO TEM COMANDO. EI1 RICARDO TÚ VAIS PAGAR OS 6OO MIL QUE ELE PEDIU PRO HOSPITAIS DELE.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *