1

Carlinhos Amorim: “PDT tem postura independente na Assembléia”

Amorim: Bancada independente na Assembléia

O deputado Carlinhos Amorim (PDT) afirmou ao blog que o seu partido não tem alinhamento automático nem com o governo e nem com a oposição na Assembléia Legislativa. Segundo ele, a bancada é independente, votando de acordo com o que considerar importante para o estado.

– Já fomos governo e sabemos e conhecemos as dificuldades da administração estadual; portanto, não faremos oposição por oposição – afirmou o parlamentar, que deve ser o novo líder pedetista na Casa, assim que o Carnaval passar. A atual líder, Graça Paz, deve assumir mesmo um posto na administração João Castelo (PSDB).

O fato de não fazer oposição por oposição, explica Amorim, não significa que o PDT está automaticamente no governo.

– Isso não é verdade. O PDT apoiará o governo em tudo o que julgar importante para o futuro do estado. Mas não temos compromisso formal algum com o Executivo.

O pedetista dá como exemplo a votação da  MP dos Contratados, na última segunda-feira. Apenas ele e Valéria Macêdo estavam em plenário. Cada um votou de um jeito.

– Votei contra a MP por entender que alguns pontos não estavam claros, mas a Valéria votou a favor – contou.

A postura pedetista tem uma razão prática: evitar que o governo Jackson Lago (PDT) seja exposto na Assembléia.

A bancada quer evitar, por exemplo, constrangimentos como o que ocorre com Marcelo Tavares (PSB).

Toda vez que o líder oposicionista tenta atacar o atual governo, é confrontado com os números do governo do seu próprio tio, José Reinaldo (PSB), do qual ele mesmo participou.

Marco Aurélio D'Eça

One Comment

  1. O PDT TÁ CERTINHO EM TOMAR ESSA POSTURA. JÁ OUVI VARIOS DISCURSOS DA DEPUTADA GRAÇA PAZ DIZENDO QUE O SEU COMPROMISSO MAIOR É COM O POVO. ELA FALAVA SOBRE AS EMENDAS PARLAMENTARES QUE FORAM USADAS POR ELA EM BENEFICIO DA POPULAÇÃO. OS POÇOS ARTEZIANOS, OS POSTOS DE SAUDE, AS ESTRADAS VICINAIS, AMBULANCIA, REFORMAS DE ESCOLAS, TUDO ISSO LEVADO POR ELA ATRAVÉS DAS EMENDAS E QUE POR ISSO ELA NÃO ABRIRIA MÃO DO DIREITO DE COBRAR ESSAS EMENDAS. O DEPUTADO MARCELO TAVARES DISSE QUE NÃO QUERIA. SERÁ QUE ELE USAVA AS EMENDADS PARA SEU PRÓPRIO BENEFICIO? PELO JEITO…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *