9

Gastão Vieira também reage a crítica de César Pires, mas usa tom arrogante na resposta ao deputado

O deputado federal Gastão Vieira (PMDB), também reagiu à crítica do deputado estadual César Pires (DEM) à bancada maranhense, acusada de omissão, inércia e inabilidade.

Gastão: Inveja de quê, deputado?

César Pires: dedo na ferida da bancada

É o segundo membro da bancada a reagir assim. Ontem, o deputado Pedro Fernandes (PTB), atualmente na Secretaria de Cidades, cobrou de César a mesma firmeza em relação a setores do governo Roseana Sarney (PMDB).

Mas, assim como Fernandes, Gastão Vieira errou no tom, atribuindo à inveja as críticas de Pires – embora não tenha citado o deputado no texto.

O crítico, bem dizia Machado de Assis, o que gostaria mesmo era de estar no lugar do criticado. Inveja, um dos sete pecados capitais, é destruidora – declarou Vieira, em seu perfil no Facebook.

Nada a ver a resposta. O contexto de Machado de Assis era outro – se voltava aos críticos de arte e de literatura, muitas vezes artistas frustrados, na visão do escritor.

O contexto de César Pires é fundamentado. A bancada maranhense é, de fato, uma das piores do Congvresso Nacional – a despeito das raríssimas e honrosas exceções.

Foi tão equivocada a resposta de Gastão, que um membro do Facebook respondeu na bucha, como revelou o blog de Jorge Aragão.

Nem sempre, nobre deputado. Há críticas e críticas. Tem essa aí que descreveu, mas tem a que deseja melhorar, sugerir, Construir – disse Samuel Pereira, membro da rede de Gastão. 

César Pires fez uma crítica dura ao 21 membros da bancada federal maranhense no Congresso Nacional.

Em vez de usar a política do “não fale de mim que eu não falo de ti”, como fez Pedro Fernandes; ou de se achar em nível tão superior, que considere qualquer ataque como fruto da inveja, como fez Gastão Vieira, os 18 deputados e três senadores deveriam mostrar o que fazem – ou o que fizeram, no caso específico do aeroporto.

Assim, desmentirão Pires na prática e não no blabláblá.

E provarão que não são inertes, omissos e inábeis…

Marco Aurélio D'Eça

9 Comments

  1. NEM ESTOU PEOCUPADO COM O QUE DISSE O GRANDE DEPUTADO CESAR PIRES, QUE MUITO TEM CONTRIBUIDO AO OVO MAANHENSE. MAIS, ME EXPLIQUEM MESMO O QUE PEDRO FERNANDES,QUE DE UM GRANDE DEPUTADO FEDERAL, SE TORNOU UM INOPERANTE SECRETÁRIO DAS CIDADES, UMA SECRETARIA QUE ESTÁ DESATIVADA DESDE SUA POSSE E AINDA MANDARAM OS FUNCIONÁRIOS TIRAR FÉRIAS COLETVAS. TOMA VERGONHA NA CARA PEDRO FERNANDES, TÚ ENTROU FOI NUMA FURADA, E DAS MAIORES, ME MOSTRE UM FEITO DESSA SECRETARIA INOPERANTE DAS CIDADES NA SUA GESTÃO POR INCOMPETENCAS!

  2. Deputado, com todo o respeito: mas o senhor não vem fazendo PN mesmo, se cobre na bandeira da educação mas na verdade adora apenas a parte burocratica da coisa, açao que é bom, necas!

  3. O QUE FAZEM MESMO ESSES REPRESENTANTES ELEITOS PELO POVO EM FAVOR DO ESTADO? ELES DEVERIAM ERA PRESTAR CONTAS PUBLICAMENTE AO POVO DE SEUS ATOS PARA JUSTIFICAR OS R$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$ QUE GANHAM.
    O DEP CESAR PIRES ESTA CHEIO DE RAZÃO. NÃO VOTEI NELE MAS, É UM FUTURO CANDIDATO DO MEU VOTO E DE MINHA FAMÍLIA.

  4. Marco, Marco, todo mundo com mais de um neurônio sabe que, nossa bancada Federal não vale absolutamente nada, da mesma forma que a bancada de deputados estaduais de nossa acéfala Assembléia Legislativa tambem não vale absolutamente nada, incluindo ai o Deputado César Pires.
    Poderiamos aplicar ai a filosofia de Branchu quando ironiza o sujo falando do mal lavado.

  5. Caro Marco,
    Na verdade o que existe mesmo é muita vaidade, e pouco trabalho.

  6. Bom dia, Marco. Me surpreendi com a sua interpretação da citação que fiz no meu Facebook. Para não restar nenhuma dúvida e nem outras interpretações equivocadas, informo que citei Machado para comentar a visita das duas ministras à São Luís, como é possível conferir, em linha cronológica, nas postagens. Lá diz: Sem agenda em Brasília, ministras vêm a São Luís e aumentam a “crise” na base do Governo Dilma.

    Nada tem a ver com a opinião do deputado César Pires, que tem meu respeito. Sobre a questão dos aeroportos, fizemos o que de fato cabe aos parlamentares: cobrar e pedir que o problema seja resolvido pelo Ministério dos Transportes, via Governo Federal. A bancada federal toda participou. Infelizmente, não depende unicamente do nosso esforço. Mas respeito as opiniões.

    Sobre o trecho em que diz “ou de se achar em nível tão superior, que considere qualquer ataque como fruto da inveja”, cabe aos que de fato não me conhecem.

    Grato.
    GASTÃO VIEIRA

  7. Marcos, seria muito bom que o Sr. César Pires nos explicasse os negócios nebulosos dele e da empresa SENTINELA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *