8

Ave César!!!…

A César o que é de César...

Há de se reconhecer… o deputado César Pires (DEM) foi o único membro da classe política maranhense a gritar alto contra o descaso da Infraero em relação ao Aeroporto de São Luís.

Foi a partir dele – quem pode negar?! – que se mobilizaram as forças para exigir da empresa uma resposta rápida ao caos a que estão submetidos usuários e turistas que precisam usar o terminal do Tirirical.

A visita do presidente nacional da Infraero, Gustavo do Vale, à governadora Roseana Sarney (PMDB) – para garantir a ela que as obras estariam concluídas em dezembro – é resultado direto de sua grita.

César Pires esbravejou na Assembléia contra o Governo Federal, o Governo Estadual, contra deputados federais e até contra os próprios deputados estadaduais pela omissão e falta de ações de cobrança.

Foi criticado duramente pelos colega da classe política.

Depois da polêmica com Pires, todos continuaram calados e ele continuou gritando. Com base em seu posicionamento, este blog voltou à carga há duas semanas, revelando que a licitação da obra havia sido suspensa.

Nova confusão!

Até que ontem, a cúpula da Infraero foi obrigada a dar explicações à governadora.

Resumo da ópera: César estava certo…

Marco Aurélio D'Eça

8 Comments

  1. Marcos, tu podes me explicar porque um deputado tão brilhante, e leal como o César Pires, que foi um dos maiores batalhadores da campanha de Roseana, não tem espaço no seu governo ? Não consigo entender.

    Resp.: Há muitos adversários dele incrustrados no poder. E Roseana não parece muito afeita a gratidões, né?

  2. Pois é César, já que você viu o descasso no Aeroporto de São Luis, com extrema rapidez, olhe agora com a mesma rapidez para Pio XII, pois lhe deram uma expressiva votação, e as ruas de nossa cidade esta um verdadeiro “João Buraco” e o prefeito precissa da ajuda de nosso deputado e de nossa gorvenadora. Ave César!!!!!!!!

  3. Pronto! Agora o tempero está completo. Dilma sacia do próprio tempero, ao que parece neste momento; um tanto quanto picante ao paladar palaciano. Senão vejamos: Até então, estavam envolvidos neste “cozidao”. O PR do ministro dos transportes, o PP do ministro das cidades, o PT do ministro chefe da casa civil do tal Palocci, e em dose dupla, o PMDB do ministro da agricultura, do turismo de Pedro Novaes e este, por ser o mais apimentado dos temperados, recebe o petiscado do PT de Marta Suplicy, Lula e Dilma Roussef, para completar o “bom gosto” da” panelada”. Estamos diante de uma das maiores crises administrativas em inicio de governo de todos os tempos. Dilma agora, achando que poderia se livrar dos Lulista, mediante os abusos injustificados pela trupe, exonerando e nomeando os “seus”, contemplada por tais maus indicações, e por demais, personas não grata da Presidenta desde o inicio, de repente, vê-se também envolvida neste momento, primeiro por que agora é o próprio PT o protagonista dessa limonada azeda. Segundo, por esta crise Americana sem precedentes para economia mundial, com reflexos instantâneos aqui neste País, que o diga as comodites da Petrobras e Vale na bolsa de valores Norte Amerericana, que amargurou nas ultima 24 h, um prejuízo de 42 Bi de dólares. Bem como nesta crise de corrupção praticamente no alicerce da base deste governo que por enquanto prometera ser imune ao sangramento dos cofres público. Então o que fazer a Presidenta. Se sangrar estes partidos no planalto, sem dúvidas também será sangrada no congresso nacional. Se apertar o cerco aos “aliados” de hora, terá que fazer o mesmo aos aliados (as) da granja do torto. Pedimos por Deus, para guiar as mãos marcantes da Presidenta, coerência, tolerância mais acima de tudo pela governabilidade deste Estado, mesmo no auge dos seus 48% de aprovação. Caso contrário, poderemos estarmos na iminência de uma revolução civil, há muito aposentada das ruas verde e amarela deste País.Esperamos está equivocado nestas profecia.!! Por tudo isto, com uma já anunciada redução do FPE, corte de investimento do Governo Federal aos programas em andamento, crise energética etílica e benzeno nos próximos dias, diminuição da arrecadação de ICM estadual, por contas das vendas de telemarketing, poderemos categoricamente prever que: qualquer promessa populista neste segmento será mera coincidência! Publique meu caro amigo Marco Deça..é bom pra todos nós!

  4. Nunca vi um problema gerar tanta mobilização da classe política, quanto o aeroporto de São Luiz. Deputados, senadores, vereadores fizeram diversas críticas através da imprensa e nas tribunas das casas legislativas. Até o presidente da Infraero veio conferir in loco.

    O aeroporto como está é condenável sob vários aspectos, mas vem cumprindo o seu papel e o seu funcionamento não interfere no dia-a-dia da maioria da população, principamente as camadas mais carentes.

    Assim, gostaria de ver a mesma mobilização dessa classe para erradicar os problemas que se arrastam há anos em alguns setores do nosso estado: saúde, educação, estradas, saneamento básico, dentre outros.

    Recentemente um médico do Socorrão revelou uma série de mazelas naquele hospital. O que não é nenhuma novidade. Mas não vi nenhum político se manifestar a respeito e diariamente morrem pessoas nesse estado por não terem acesso a um bom atendimento médico. São todos uns hipócritas.

    No mais, a perda do status de aeroporto internacional, que gerou tanta celeuma, é uma questão apenas alfandegária, considerando que não existem linhas regulares de vôos internacionas para São Luís.

  5. AGORA, CESAR PIRES,COMO UM DEPUTADO MUITO QUERIDO DOS PROFESSORES, DEVE FALAR PELA CLASSE DA REDE ESTADUAL DE ENSINO, QUE VEM SENDO ENGANADOS POR UMA INSIPIENTE SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO OLGA SIMÃO.POIS JÁ SE PASSARAM MAIS DE 60 DIAS E NADA SE SABE SOBRE O PLANO DE CARGOS CAREIRA E SALÁRIOS DOS PROFESSORES.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *