1

PSB não descarta aliança com Castelo….

Roberto e Zé Antonio: convergência de interesses

Engana-se quem pensa que o PSB está absolutamente afastado do palanque do prefeito João Castelo (PSDB). O partido pode até indicar o vice castelista em 2012, repetindo a aliança de 2008.

E isto com a vista grossa do ex-governador José Reinaldo Tavares e seu grupo, mais interessado nas eleições de 2014.

O próprio ex-deputado Flávio Dino (PCdoB), que tem forte influência no PSB já admite a aproximação. Fará de conta que não sabe de nada, preservando as articulações para a eleição de governador.

Tanto que aliados de Dino já defendem abertamente que a oposição se una toda em torno de Castelo por que, na visão deles, o adversário ´principal é a governadora Roseana Sarney (PMDB).

Presidente regional do PSB, o advogado José Antonio Almeida é aliado do prefeito João Castelo e trabalha internamente pela manutenção da aliança. Foi Almeida quem emplacou o professor Othon Bastos na Secretaria de Educação, com a anuência de José Reinaldo Tavares e seu sobrinho, Marcelo Tavares.

O problema é que, distante do núcleo duro de poder no partido, o deputado federal Ribamar Alves convenceu o presidente nacional Eduardo Campos (PE) e aceitar a entrada do ex-deputado Roberto Rocha (PSDB).

A princípio, Rocha presidiria o diretório municipal e seria candidato a prefeito.

Mas hoje, nem Rocha, e muito menos Ribamar Alves, fecham de todo as portas para Castelo. Pode o próprio Rocha vir a ser o companheiro de chapa do prefeito de São Luís.

É aguardar e conferir…

Marco Aurélio D'Eça

One Comment

  1. SERIA UM CASTIGO MUITO GRANDE PARA SAO LUIS, O PSB APOIAR O CAOSTELO. NOSSA QUERIDA CIDADE NAO MERECE MAIS ESSA DUPLA PERIGOSA ( CAOSTELO/GARDENINHA ).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *