4

Dimas Salustiano comemora “unanimidade na estadual do PT”…

Dimas quer PT forte

O professor Dimas Salustiano avaliou que a decisão unânime do diretório estadual do PT em favor de sua filiação é uma prova de que “há alternativas no PT além de Washington [Oliveira] e [Domingos] Dutra”.

Além de Salustiano, o PT regional aprovou a filiação de todo o seu grupo, que inclui o cantor Fauzy Beydoun, o técnico Sandow Feques, o sindicalista César Bombeiro e o militante Arimatéa Machado.

Todos eles tiveram a filiação negada no Diretório Municipal.

– Um PT tísico, sem forças, só interessa à manipulação da direita ou da esquerda. O PT precisa ser forte para decidir seu próprio futuro – pregou o professor.

Dimas Salustiano negou que sua filiação tenha a ver com candidatura a vereador. Segundo ele, o projeto é coordenar as campanhas deste grupo que sew filiou ontem.

– Vou trabalhar pelas candidaturas de Sandow, Fauzy, César e Machado. Um grupo que vai fortalecer o PT. Não sou candidato – garantiu.

Com a decisão do PT estadual, o PT municipal terá que acatar a filiação dos novos petistas…

Marco Aurélio D'Eça

4 Comments

  1. Concordo com o comentárista petista sério, além de Estelionaldson faz parte desta qualdrilha Cuêlho de Cururupu e Armstrong!! Aguardem!!!

  2. Marco, esse Dimas é uma espécie de “blindagem” para as periplécias do famigerado Eri Castro, mas conhecido como “Estelionadosn Castro” ou “Eri 171”. Um oportunista de plantão. Aguardem!

  3. Marco,
    Fugindo da matéria em questão, venho sugerir ao colega uma enquete sobre as divergências entre a AMB e o CNJ, ou seja, sobre o controle do Judiciário.

    EStou certo de que o colega leu a VEJA da semana e está bem informado sobre o assunto. Como isto diz respeito a toda a sociedade, uma enquete para saber a opinião das pessoas é mais do que interessante, até porque, num momento ou noutro, todos precisamos do Poder Judiciário. E, ao que tudo indica, está cada vez mais desgastado perante a opinião pública.

    Depois da declaração da ex-ministra Elen Gracie Northfleet e, agora, da ministra Eliana Calmon, reconhecendo que há corrupção dentro do poder que deveria ser o melhor espelho da justiça para a sociedade, eis que essa luta da AMB para deixar tudo, em primeiro plano, por conta das corregedoriais estaduais, parece uma forma de fazer valer o corporativismo e, pior, não punir ninguém, mesmo com provas mais do que substanciais para a punição.

    Hoje, a punição de juízes e desembargadores se resume a aposentadoria compulsória, com salário integral… isso não é castigo, não é punição, mas um grande prêmio.
    A VEJA da semana mostra que, praticamente, dos 39 acusados, apenas um está preso!!!
    Creio que a sugestão vale pra que seus leitores se manifestem.
    SDS
    JRCAMPOS, jornalista

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *