15

Imperatriz é destaque de Veja como “Economia que pulsa no interior do país”…

Imperatriz à noite: pujança econômica

O município maranhense de Imperatriz é um dos 106 municípios destacados em reportagem especial da revista Veja sobre o crescimento das cidades do interior do país.

De acordo com a publicação, Imperatriz se destaca como “peça-chave no escoamento do minério de Carajás” e “como um dos pincipais polos energéticos do país”.

Em 38 páginas, o “Alamaque Especial-Cidades”, destaca as cidades brasileiras que aproveitam as oportunidades em vários setores da economia.

O texto destaca a implantação da fábrica de celulose da Suzano em Imperatriz, que, segundo o texto, emrpegará 7 mil pessoas.

Outro destaque é o comércio atacadista, que “fatura R$ 1,5 bilhão por ano”.

Imperatriz é a única cidade maranhense entre as 106 citadas no Almanaque…

Marco Aurélio D'Eça

15 Comments

  1. Imperatriz hoje se tornou uma grande cidade um polo regional,parabéns imperatrizenses!

  2. Sem raios de duvidas q Imperatriz vive seu momento,pois por onde vc anda pela cidade só se ver construções das diversas areas como shopping centers, condomínios, fabricas como por exemplo a da coca-cola.
    Só q isso é passageiro pq Itz jah estar em seu momento.
    Portanto a cidade do interior Maranhão q se terá um maior potencial em todos em sentidos é a city vizinha Açailândia, que inclusive já fez parte de uma matéria da revista Veja onde citava as 20 cidades futuros do país(Metrópoles) onde a filha de Imperatriz a jovem cidade de Açailândia estava entre elas.

  3. A comida só chega a São Luís porque passa por Imperatriz. O Norte do Estado praticamente não produz. Só tem uma Cidade: A capital. O norte tem medo de perder Imperatriz, Açailândia, Balsas, Estreito, a Chapada das Mesas, o rio Tocantins e outras riquesas. Vão ficar só com São Luís, Codó, Timon e a Decadente Caxias. Nenhum rio pujante… Nada.

  4. Que medo tem os ludovicenses do Sul do Maranhao ? Ahhh, já sei, a verdade é que o ”quintal do maranhão” como alguns dizem, quer e deve se libertar desse parasita que não deixa seu hospedeiro desenvolver…e o que acontece com o parasita quando é expulso do hospedeiro?

  5. Tanto Imperatriz quanto Açailandia se completam, que também por estarem perto dos tigres amazonicos (Parauapebas e Marabá) do futuro estado de Carajás. Aliás a outra matéria da Veja citou também (Além de Marabá) Araguaína no Norte do Tocantins. E agora citando Imperatriz… é uma pequena região com um desenvolvimento e crescimento enorme.

  6. Sergio. Ludovicense é bicho tapado mesmo. (É influencia geografica de viver em uma ilha?) Saraivada de investimento do estado? Sonegadora?

  7. Certamente q Imperatriz está vivendo o seu momento único.
    Só q na reportagem da Revista Veja erram quando dizem que Imperatriz se destaca como “peça-chave no escoamento do minério de Carajás”.
    pq issop se concentra na cidade vizinha Açailândia.
    Que este munnicipio sim tem um futuro bem prospero como disse a revista veja Açailandia uma metropole do futuro.

  8. AGORA FALTA SÓ A”IMPEROSA” COMEÇAR A PAGAR ICMS E DEIXAR DE SER A MAIOR SONEGADORA DO ESTADO.
    TAMBÉM, COM UMA SARAIVADA DE INVESTIMENTOS E OBRAS DO ESTADO, BEM QUE ESSA CIDADE PODERIA AGORA RETRIBUIR PAGANDO O TRIBUTO….
    …OU VAI DIZER QUE A CIDADE NÃO TEM RETORNO??

  9. Isso mostra o poder economico que a cidade tem, o estado do MA deve reconhecer suas grandes cidades e ampliar seu raio de ação antes que as perca!

  10. Emanuel. E desde quando progredir é ter animosidade com capital? Isso só demonstra essa mentalidade pequena dos ludovicenses, pensam que tudo que ocorre no Maranhão deve ser apenas em São Luis. Açailândia ganhará oprimeiro Shopping, que será construida pela empresa paulista Urbia, com 140 lojas. Tenho pena das cidades que estão perto de São Luis, não conseguem se destravar para o progresso, pq a mimada velha de 400 anosquer tudo. rsrsrs

    Maranhão do Sul JÁ.

  11. isso deve ser uma estratégia da mídia quatrocentona para criar uma animosidade com a capital.
    querem destruir o maranhão estimulando o maranhao do sul…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *