6

O silêncio de João Castelo sobre os R$ 73,5 milhões…

Agora, só Castelo sabe onde está o dinheiro

Espera-se para hoje, ao fim do feriadão, que o prefeito de São Luís, João Castelo (PSDB), dê, finalmente, explicações sobre o desaparecimento dos R$ 73,5 milhões repassados à sua administração, em 2009, pelo então governo Jackson Lago (PDT).

Até agora, ninguém na prefeitura tentou explicar o assunto, e o próprio Castelo apenas agrediu o deputado Roberto Costa (PMDB) sem, no entanto, explicar onde foi parar o dinheiro.

Os R$ 73,5 milhões foram fruto de convênio assinado por Jackson e Castelo após a cassação do então governador.

A assinatura do acordo foi feito em 31 de março, mesmo dia em que a 4ª vara da Fazenda Pública determinou a sua anulação e consequente devolução aos cofre estaduais.

Ocorre que, quando da ocasião da notificação ao Banco do Brasil para que o dinheiro fosse estornado, os oficiais de Justiça foram informados que os recursos haviam sido transferidos para a Caixa Econbômica Federal. Na caxia, ninguém nunca soube explicar onde estava o dinheiro.

Dede então, os R$ 73,5 milhões nunca mais foram encontrados.

O que Roberto Costa faz agora é cobrar o paradeiro de um recurso público que poderia estar sendo aplicado em São Luís.

E cabe apenas ao próprio Castelo dizer onde foi parar o dinheiro…

Marco Aurélio D'Eça

6 Comments

  1. Marcos, essa estoria desse deputado e governo do maranhão, se é que há, pois pelo que conheço do sr Luis Fernando (Chefe da Casa Civil), pessoa altamente competente, com quem tive o prazer de trocar informações quando éramos chefes de Controle Interno (no Maranhão), não iria orientar pessoas do Governo a lançar essa versão, pois parece fantasia para enganar criança. É como te afirmo, se o Governo quiser saber o paradeiro do dinheiro, basta consultar o SIAFEM e oficiar o BB e/ou CAIXA solicitando o extrato da conta do convênio, uma vez que não há sigilo bancário para conta pública.
    Para mim, é claro que o Governo sabe para onde foi o dinheiro e, se foi gasto, também sabe.
    Por fim, vc sabe que se há descumprimento de decisão judicial, basta que o juiz, mande prender quem a descumpriu. Simples. O resto é proselitismo político.

  2. Como pode a prefeitura sacar o dinheiro referido se já estava, sob determinação judicial,impedido de ser movimentado pela mesma? Se houve, e houve, alguma movimentação é de inteira responsabilidade do governo do estado, ou não?
    Não sou advogado do prefeito,pelo contrário, não simpatizo com este senhor e sua maneira de governar(em nada contrária ao governo estadual e seu grupo), agora é no mínimo subestimar a inteligência de algumas pessoas!

    resp.: Este argumento é o que os aliados do prefieto na Assembléia Legislativa tentaram plantar na Assembléia, hoje. Mas não procede.
    Vamos aos fatos: no dia 31 de março de 2009, o governador Jackson Lago transferiu para a conta da Prefietura de São Luís, no Banco do Brasil, os R$ 73,5 milhões do convênio. No mesmo dia, a 4ª Vara da Fazenda Pública concedeu a Liminar para que o dinheiro fosse sustado. Mas isso não acontece automaticamente – era preciso que os oficiais de Justiça notificassem o BB para estornar o dinheiro. Qaundo so oficiais chegaram ao banco, dias depois, o dinheiro já havia sido transferido para outra conta, na Caixa Econômica (todos estes documentos constam dos autos do processo na 4ª Vara).
    Ao chegar na CEF, os oficiais não localizaram nenhuma conta da Prefeitura com este dinheiro. Desde então a Justiça e o Governo tentam localizar o paradeiro dos recursos. A prefeitura se recusa a informar o que aconteceu.
    Esta é a história pura, simples e documentada.

  3. Kd os vereadores!!!!! Essa corja só pensam neles,nao fiscalizam absolutamente, nada!
    Esta é a pior safra de vereadores, todos comprados!
    JAMAIS VOTAREI EM VEREADOR!!!!!

  4. TODO DINHEIRO QUE O JACKSON REPASSOU ATRAVÉS DE CONVÊNIO AOS PREFEITOS FORAM EXTORNADOS PELO GOVERNO DO ESTADO, TODOS, OS PREFEITOS FICARAM SEM NADA, A GRANA TODA DAVA MAIS DE 300 MILHÕES, VOCÊS SE LEMBRAM PORQUE FORAM VOCÊS MESMO QUE NOTICIAVAM COMO VITÓRIA DO GOVERNO ATRAVÉS DO RICARDO MURAD. AGORA ESQUECERAM?? OU O GATO COMEU DENÔVO. É SEMPRE ASSIM E O MARANHÃO E SEU POVO MISERÁVEL CADA VEZ SE LASCA MAIS.

    Resp.: Outro que já ouviu a estratégia que a Prefeitura pretende usar e agora tenta plantar na imprensa esta versão. Mas não cola. Se o dinheiro foi estornado para a conta do governo, então basta que a prefeitura divulgue um extrato de sua conta no BB para provar que o dinheiro foi devolvido. Por que Castelo não aproveita para desmoralizar Roberto Costa e mostra o extrato? Seria uma pancada no pé-do-ouvido do governo, não acha?

  5. Marcos, quando esse deputado for pautar alguma informação sobre determinado assunto, mande primeiro pesquisar o assunto para, só então, afirmar determinada coisa, pois lembre-se que as maioria das pessoas que acessam o teu blog têm um certo nível de conhecimento.
    Ora, se o deputado quiser mesmo saber o destino dos recursos conveniados, basta ir ao órgão concedente ou ao órgão de controle do governo do estado, pois esses detém competência institucional para acompanhar, fiscalizar e/ou auditar todo e qualquer recurso descentralizado mediante convênio firmado pelo Estado, inclusive a própria Assembleia Legislativa.
    Na verdade, ou esse deputado quer fazer política auto-promoção através de seu blog ou é um incompetente que não conhece como funcionada a administração pública.

    Resp.; Mas é isto que o deputado faz. A Procuradoria Geral do Estado e a própria Justiça, vêm cobrando há 2,8 anos o paradeiro do dinheiro. E cobra por que nãos abem onde está. Parece haver conivência do póprio BB, que mandou o dinheiro para a Caixa e ninguém sabe em que conta.

  6. Tem coisas que só acontecem em nosso Estado, o Maranhão. Somem R$ 75 milhões de uma conta bancária, e ninguém assume o saque: nem o governo do Estado, nem a Prefeitura, nem o banco responsável pela custódia. Dinheiro público, ressalte-se. E o pior: não há que investigue o sumiço. O minsitério público não se manifesta, e tão pouco o TCE ou a OAB. Eta Estado abandonado, esse Maranhão!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *