6

Comunistas se dividem entre acenos e ataques a Castelo…

Rose Sales não dá trégua para Castelo na Câmara Municipal

O professor Geraldo Castro, a vereadora Rose Sales e outros membros mais puristas do PCdoB maranhense continuam achando que o prefeito João Castelo (PSDB) é o “exemplo do atraso político” no Maranhão, como definiu o chefe maior do partido, ex-deputado Flávio Dino.

Para estes, o prefeito não pode continuar à frente da prefeitura, sob pena de levar São Luís ao buraco após oito anos de mandato.

Mas a turma de Flávio Dino já não acha que o atraso seja tão grande assim.

Mácio Jerry, por sua vez, vê outras possibilidades...

Os mais próximos do “quase-governador” defendem – publica ou privadamente – que a melhor opção para o grupo é manter com Castelo uma aliança, ainda que velada, para garantir apoio nas eleições de 2014.

Presidente municipal do PCdoB, jornalista Márcio Jerry, teria afirmado, segundo o blog de Jorge Aragão, que não faz política com ódio e, portanto, só não conversa com Castelo se Castelo não quiser. 

Em convesa com este blog, o próprio Jerry negou a declaração – ou melhor, disse que “não foi bem assim, patati, patatá…”

Mas o deputado Rubens Pereira Júnior já admitiu, em várias conversas com o titular deste blog, a possibilidade de aproximação com o prefeito – inclusive com composição eleitoral.

É assim que vai seguindo o PCdoB maranhense, à imagem e semelhança do seu chefe maior e sua eterna dúvida do “ser ou não ser”.

E para alguns membros do partido, o “atraso” no contexto político de São Luís, não significa exatamente uma perda de tempo…

Marco Aurélio D'Eça

6 Comments

  1. flavio dino com caostelo sera umduplo suicidio politico acorda flavio estão uerendo te matar antes do tempo acorda

  2. CASTELO NÃO LEVARÁ SÃO LUIS AO BURACO EM OITO ANOS ISSO ELE JA FEZ EM TRÊS. POIS A CIDADE E PRINCIPALMENTE A PERIFERIA PARECE TRILHA DE HALY.TTO É QUE ELE COSEGUI INSERIR A CIDADE NO ROTEIRO PARA 2012.

  3. Li no face do Márcio Jerry Saraiva Barroso
    “A posição do PCdoB sobre a sucessão em São Luís é claríssima: – ajudar a compor um campo político alternativo aos projetos fracasados de Roseana Sarney, por um lado, e de João Castelo, pela segunda via do mesmo lado. Esta composição poderá ir com Flávio Dino de candidato ou com outro nome: Roberto Rocha, Eliziane Gama, Bira do Pindaré, Tadeu Palácio, Edvaldo Holanda Júnior…O fundamental é compor este campo político eleitoralmente viável e muito necessário.
    CurtirCurtir (desfazer) · · Compartilhar · Ontem às 11:54”

  4. Será que alguem ainda tem duvidas que o chefe maior do PCdoB no MA vai fazer uma aliança com o prefeito João Castelo visando as eleições de 2014 ?
    O caminho será esse , e o Flavio Dino está certissimo , pois sabe que em 2012 o prefeito João Castelo é um candidato fortissimo a reeleição , e que em 2014 terá o apoio da prefeitura de São Luis e provavelmente de Imperatriz dois grandes colégios eleitorais.
    Esses 2 vereadores estão querendo alguma coisa que o prefeito não os vai dar , e vão ficar falando sozinhos e tendo um discurso vazio e compromentendo suas reeleições.
    CASTELO em 2012
    FLAVIO DINO em 2014
    Juntos por uma São Luis e um Maranhão melhores !

  5. Em Caustelo, eu e miha família como um todo, não votamos, independente de quem estiver apoiando esse atraso político. Como professor universitário, farei campanha abertamente, em sala de aula, emails, entre outros meios, contra a reeleição desse pior prefeito que São Luis já teve.

  6. Eita Rose Sales … Quando Castelo mandou o “faz me rir” e a senhora, POR MERA COINCIDÊNCIA, destinou integralmente para uma instituição que seu marido toma de conta ele não era exemplo de atraso político ???

    Assim é fácil, na tv posa de oposição, mas por traz fica com o pires na mão.

    Saudações Cruz Maltinas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *