7

CPI já sabe destino dos R$ 73,5 milhões desviados pela prefeitura…

 

Roberto Costa já tem documentos contra Castelo

A CPI que investiga o sumiço dos R$ 73,5 milhões das contas da Prefeitura de São Luís já tem em mãos o mapeamento completo do destino do dinheiro.

– Já sabemos que as contas dos convênios foram movimentadas pelo prefeito João Castelo (PSDB), o que caracteriza crime de responsabilidade. Estamos recebendo os extratos das contas que receberam o dinheiro para concluir o destino – explicou o relator da comissão, deputado Roberto Costa.

Como os documentos só deverão ser encaminhados pelo Banco Central na próxima semana, a CPI achou por bem adiar em alguns dias a coletiva em que seriam anunciados os crimes cometidos por Castelo.

Bacelar coordena os trabalhos da comissão

De acordo com o presidente da CPI, deputado Magno Bacelar, o dinheiro foi usado para pagamento de empresas ligadas a Castelo, mesmo com a decisão de bloqueio dos recursos.

Segundo ele, o prefeito será denunciado imediatamente à Justiça Federal e Estadual, ao Ministerio Público, ao Tribunal de Contas e à Polícia Federal.

– Crimes foram cometidos, isso é fato. E a CPI está no caminho certo – disse Bacelar.

A coletiva está prevista agora para o dia 12 de janeiro…

Marco Aurélio D'Eça

7 Comments

  1. Entendo que a CPI deva permanecer, sim. Só não concordo com a promoção pessoal feita em cima disso, especialmente do dep Roberto Costa. Acho que as informações não deveriam ser estampadas a cada dia de trabalho. O importante de tudo eh a conclusão dos trabalhos da comissão. Da forma com que esta sendo conduzida, não transmite credibilidade. Parece que o deputado acha que se deixar pra divulgar o resultado, somente no final, pode não ser considerado o “pai da criança”. Pura politicagem!!!

  2. Marco,
    Se a prefeitura já está devolvendo os valores conforme retenção de parte do ICMS do município, logo o antigo convênio realizado não existe mais, e não tem mais lógica a existência dessa CPI fajuta, certo?
    Agora, tem que partir é para uma nova CPI, para analisar os outros convênios com as Prefeituras do interior que Roseana realizou antes de sua reeleição, num valor de quase R$ 1 bilhão, e nenhuma da Prefeituras, prestou contas de como gastaram esse dinheiro, o TCE, não está nem aí, ou seja, tudo em casa.

    Resp.; Totalmente errado. Não é o povo que tem que pagar o dinheiro. Assim fica fácil. Já imaginou se a moda pega? Um prefeito divulga dinheiro público e o povo é quem paga por ele? A CPI, por sua vez, investiga o destino do dinheiro – exatamente a irregularidade cometida por Castelo. A CPi não é para que ele devolva, mas para saber o que ele fez com o dinheiro. E parece que é coisa graúda.

  3. ESSA CASTELO TINHA QUE TA NA CADEIA A MUITO TEMPO É UM DITADOR E NÃO MERECE O RESPEITO DO POVO DE SÃO LUIS, FORA CASTELO VOLTA TADEU PALÁCIO, QUERO SÓ VER SE ESSA CÂMARA DE VEREADORES VAI TER CORAGEM DE CASSAR ESSE PREFEITO CORRUPTO.

  4. Seria esta, D’eça, a operação Helena Duailib ? Pois, se comprovado crime por CPI, Castelo sofre impedimento ?

    Resp.: Isso é com a Justiça. mas tem os abdalas e jaimes da vida, não?

  5. 73 milhoes ja si sabe eu quero saber e o dinheiro do projovem com a palavra dep roberto costa

  6. Pingback: Caio Hostilio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *