16

A construção do real…

Max Barros deixou a disputa...

A expressão acima foi cunhada pela sociológa americana Gaye Tuchman, uma das referências atuais nos estudos do Jornalismo.

É de Tuchman, também, a observância mais aprofundada dos postulados do Agenda Setting, teoria do Jornalismo segundo a qual, em linhas gerais, a realidade vai sendo pautada pelos mídia, que detêm o poder de estabelecer o que é ou não “verdadeiro”.

Teorias como a do Agenda Setting surgiram também como alternativa aos estudos de Jornalismo estabelecidos a partir da Teoria Crítica e da chamada Escola de Frankfurt, baseadas nas teorias da publicidade da primeira metade do século XX.

O titular deste blog é adepto da teoria do Agenda Setting e da hipótese do Newsmacking – que trilha pelo mesmo princípio – sob a batuta de mestres como Tuchman, Martin Barbero, o pop-art Jean Baudrillard (não confundir com Charles Baudelaire) e Nelson Traquina.

...que deve ser assumida por Washington

A sequência de posts linkados abaixo – com trechos destacados – se propõe um exemplo atual da aplicação prática da construção do real com base na teoria do Agenda Setting:

Texto 1: Os passos de Max Barros (07/12/2011) :  “(…) 5º Passo: Só será dado com a consolidação de uma aliança com o Partido dos Trabalhadores. Para Max Barros, a repetição da coligação que elegeu Roseana Sarney é uma das condições para entrar na disputa”.

Texto 2: PMDB inicia conversas com o PT sobre as eleições (16/12/2011): “(…) O próprio Max Barros já havia definido a aproximação com o PT como o passo mais importante da sua pré-campanha. Para ele, aliança com os petistas é fundamental ao seu projeto.”

Texto 3: O desempenho de Max Barros (02/01/2012): “(…) Se decidir mesmo ser candidato a prefeito, Max Barros tem condições de igualar o feito de João Alberto nas eleições de 1992 (…)”

Texto 4: Washington Oliveira é mesmo a opção do PT em São Luís (02/01/2012): “(…) O partido quer, inclusive, formar aliança com o PMDB, numa reedição da coligação que elegeu a governadora Roseana Sarney (PMDB), em 2010 – mas desta vez com o PT na cabeça de chapa. (…)”

Texto 5: Candidatura de Washington é legal… (05/01/2012):  “(…)Com a garantia legal para ser candidato sem precisar deixar o posto no governo Roseana Sarney (PMDB), Oliveira só tem agora que convencer o PT a abonar sua candidatura. (…)”

Texto 6: Max renuncia em nome da aliança PT/PMDB (09/01/2012): “(…) – O Washington Oliveira terá todo o meu apoio neste campanha. Temos amplas condições de vencer a disputa – frisou Max Barros. (…)”

Marco Aurélio D'Eça

16 Comments

  1. Este dai não vai a lugar nenhum , os voto dele cabe em um cofo castelo de novo e Flávio em 2014

  2. não adianta chorar o caldo derramado esta eleição vai estar polarizada entre caostelo o enganador e o prefeito trabalhador tadeu palacio pois ja mostrou que ama esta cidade e o seu povo aguardem pois dias melhores viram com tadeu palacio dale tadeu

  3. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    Tu és uma graça, Marcão. E pensar que meses atrás desprezava o distanciamento acadêmico da teoria. Quando eu vi esse texto eu quase tive uma crise…

    Abraço, meu velho

  4. Mais um que não vai a lugar algum. Ele não tem aceitação popular, daqui a três meses o pmdb vai deixá-lo falando só igaual a rádio.
    Bem fez o Tadeu Palácio, foi para o pp, se afastou da família sarney, no futuro deverá ter o apoio do governo do estado.

  5. Fico com pena de Max não ser mais candidato, São Luís ia evoluir muito, obras pra tudo quanto é lado, pq ele faz mesmo.

  6. Que descanse em paz. Ele e suas agendas baseadas na vontadinha da vice-governadora!

  7. Tô preocupado 1: Marco será que vamos ter que aguentar esse “velho escroto” do Castelo de novo, por mais 4 anos??
    Tô preocupado 2: Marco a renuncia da candidatura de Max e sua possível saída da Sec. de Infraestrutura vai compremeter seriamente o andamento das obras da Via Expressa e Castelão?? Sem motivos maiores para a conclusão rápida das obras (Eleição de Max) e sem uma pessoa capacitada e empenhada na Secretaria, acho que as obras vão emperrar!!!

    Resp.: O projeto da Via Expressa é uma necessidade de São Luís. E foi anunciada para os 400 anos, ainda em 2010, antes mesmo de Max Barros cogitar a possibilidade de ser candidato a prefeito.

  8. Resumindo: Max não tem votos suficientes para entrar na disputa pela Prefeitura.

  9. essa candidatura desse vice, em todas as redes sociais vimos como ele não é bem visto e faz de tudo pra largar de ser suplente, é uma pena pois antes sempre lutou contra a família Sarney, agora esqueceu a miséria da população, violência no campo, educação sucateada e outras mazelas que envergonha todo nós.

  10. Muito bom. Muito bom mesmo ver isso aqui. Você, Marco, parece ser uma exceção à regra, porque, na maioria das vezes, tenho a impressão de que os jornalistas não sabem nada sobre as ciências e as teorias que os respaldam…

    Rsp.: É que há um poblema crônico entre os jornalistas maranhenses, meu caro Hamilton: a arraigada oposição entre teoria e prática. Os que se dedicam à prática, desprezam as teorias. E os que se dedicam aos estudos, se isolam no mundo acadêmico com teses que discutem apenas o sexo dos anjos. O que tento fazer, no jornal e no blog, é mostrar a aplicação prática das teorias desenvolvidas para a ciência da Comunicação. Exponho meus pontos de vista, mostro os estudos em que acredito, apresento meus argumentos e tento aplicá-los no dia-dia do fazer jornalístico. E abro espaço para o debate e a discussão crítica do meu pensamento, sem rodeios e sem medo. Isto é pretender exercer a profissão no nível da excelência. Com teoria aliada à prática, não em oposição a ela.

  11. Muito bom. Muito bom mesmo. Você, Marco, parece ser uma exceção, porque, na maioria dos casos, os jornalistas não sabem nada sobre as ciências e os estudos que os respaldam…

  12. ESSE WASHINGTON É UM TRAIDOR E DE UMA AMBIÇÃO SEM LIMITES. QUANDO TINHA TUDO PARA FAZER CRESCER A OPOSIÇÃO DO MARANHÃO, EM CONJUNTO COM A MAIOR EXPRESSÃO POLÍTICA DOS ÚLTIMOS TEMPOS, QUE É O FLÁVIO DINO, ELE TRAI TODA A ESQUERDA E O CAMPO DEMOCRÁTICO PRA SE BANDEAR PRO LADO DOS SARNEYS. TRAIU TAMBÉM VÁRIOS COMPANHEIROS DURANTE A DITADURA MILITAR, VENDEU UMA PARTE DO PT PARA A SARNEYSADA.
    AGORA, VEM COM O MORAL MAIS BAIXO DO QUE BARRIGA DE BARATA, QUERER DAR UMA DE TERCEIRA VIA. NUNCA VAI GANHAR NEM AQUI NEM EM LUGAR NENHUM, PORQUE NÃO PASSA DE SUJEITO SEM NENHUM ESCRÚPULO, MAL-AGRADECIDO (PARTICIPEI DE DUAS CAMPANHAS DELE E SEQUER ME LIGOU PARA AGRADECER) E CHEIO DE TRAIRAGENS ( COM SARNEY, FAZER O QUÊ?).
    FLÁVIO DINO TEM QUE ENTRAR NA DISPUTA, PARA TIRAR ESSE MONTE DE ENTULHO QUE EMPERRA O CRESCIMENTO DO MARANHÃO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *