1

O avesso do avesso e suas consequências…

Do Blog de Caio Hostílio

Muitos cobram a imparcialidade no jornalismo, coisa que jamais acontecerá, visto que é da natureza humana escolher um lado. O que se pode pedir é que a parcialidade na linha editorial não crie factóides.

Mas uma das parcialidades mais cruéis que possa existir é a do judiciário e da força policial. Elas podem ser arbitrárias e fazer julgamentos precipitados que destruirão a vida de qualquer cidadão.

Em minha opinião, a Polícia Federal e a Justiça Federal, são as duas instituições mais utilizadas para fins políticos, visto que as mesmas transpunham os ritos naturais, ou seja, avançam sem que exista qualquer tipo de investigação prévia, apenas suposições levantadas por inimigos do alvo desejado.

Na verdade, a sociedade nunca encarou a justiça com bons olhos. Apesar disso, meu sentimento é que o déficit de legitimidade do Judiciário atingiu proporções nunca antes vistas. Continue lendo aqui…

Marco Aurélio D'Eça

One Comment

  1. Receoso da polícia federal bater a porta do teu chefe, hostílio? Afinal de contas, ela, a polícia federal, já bateu várias vezes nas portas dos teus chefes, mas como você mesmo, acabou de citar, a justiça está sem credibilidades, pois ainda zombam da cara do povo e, pior: Todos soltos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *