10

Ser Vasco não é torcer. É ter ideologia…

Torcer pelo Vasco é compreender a  história das lutas sociais brasileiras, o rompimento com a discriminação racial no esporte e a vitória do povo negro.

Torcer pelo Vasco é vencer os próprios limites, é se impor contra as injustiças sociais e ter coragem para mudar a história o futebol em todos o seus aspectos.

Torcer pelo Vasco é se impor contra aqueles que nunca o quiserem entre o clubes brasileiros – e mostrar-se capaz de construir uma estrutura em tempo recorde, como a arena de São Januário.

Ser vascaíno é sorrir e chorar, vencer e perder com a mesma dignidade.

Torcer pelo Vasco é ver um vice-campeonato – uma derrota numa final – não com o desdém dos arrogantes, mas com o orgulho de saber que se chegou onde todos queriam.

Torcer pelo Vasco é – muito mais que ganhar títulos – se emocionar com a coragem dos guerreiros nas batalhas campais.

É vivenciar a paixão estampada em cada um que veste aquele manto sagrado.

Torcer pelo Vasco é ver além de um jogo qualquer, como o menino Hugo, que enxergou mais que um simples colorido ao optar por torcer, mesmo sem ver.

Torcer pelo Vasco é ter orgulho de Juninho Pernanbucano, que joga pelo prazer de envergar a armadura vascaína – não por dinheiro, mas por amor.

Ser vascaíno é ter a certeza de que, qualquer um que vestir a camiseta com a faixa, se apaixonará a ponto de ter o Vasco como sua casa favorita.

Assim como Diego Souza, Dedé, Fernando Prass e Alecsandro.

Torcer pelo Vasco é, mais do que uma paixão, ter uma ideologia.

Isso é ser vascaíno.

E nada mais importa…

Marco Aurélio D'Eça

10 Comments

  1. Não é verdade pra você, tudo o escrito, sobre torcer pro vasco ser uma ideologia? Afinal de contas há ou não valores em ter está ideologia? E entre esses,diante do contextualizado,cabe o de ocultar só pelo fato de não agradar? O que escrevi, não reproduzido por nobre jornalista ideólogo,acaso é pelo menos inverossímil?
    Com a palavra…

    resp.; Está muito confuso seu texto. Seja mais claro.

  2. O que aconteceu com o comentário enviado por mim ontem? A ideologia vascaína não permitiu que o mesmo fosse publicado? Não seria essa ideologia mantenedora de valores e comportamentos em sintonia com a verdade e o contraditório?
    Ah, a incoerência…

    Resp.: O que tem a ver ideologia com verdade e contraditório? O blog é meu, ponho o comentário que quiser. Simples assim.

  3. Normalmente o que vc escreve não tem pé nem cabeça. A sua orientação política e ideológica é dada pelo grupo que domina o estado ha quarenta anos. Mas, desta vez, tenho que admitir a relevância e a coerência do seu texto. O Vasco agradece.

  4. Como torcedor do Time derrotado pelo Vasco, na semifinal, não posso deixar de desejar BOA SORTE a todos os vascaínos, especialmente a você que é um torcedor fervoroso, consciente e apaixonado pelo Vasco da Gama, que é um time de tradições e de luta contra o preconceito, as desigualdades, as injustiças e as mazelas da nossa sociedade.
    BOA SORTE a toda Torcida Vascaína!

  5. “Torcer pelo Vasco é ver um vice-campeonato – uma derrota numa final – não com o desdém dos arrogantes, mas com o orgulho de saber que se chegou onde todos queriam”… Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk… Já é uma desculpa esfarrapada para mais tarde???????? Meu amigo, te garanto: onde todos querem chegar é no título e não no vice, pois vice é rótulo de derrotado, é o primeiro dos últimos… E isso é que o Vasco da Gama representa hoje: Derrota!!!!!!!!

Deixe uma resposta para Carlos R. Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *