4

Um debate do Baixo Parnaíba…

Bacelar e Marcos Caldas trocaram farpas na AL (imagem: blog de Luís Cardoso)

O vice-presidente da Assembleia Legislativa, Marcos Caldas (PRB), e o vice-líder do governo, Magno Bacelar (PV), protagonizaram hoje um dos mais duros debates na Casa.

Caldas foi à tribuna para fazer um balanço de sua passagem pelo Governo do Estado quando Bacelar pediu aparte e comentou sua ida ao município de Chapadinha.

Como governador o senhor deveria ter feito assim: vim aqui vistoriar o asfalto da emenda do deputado Magno Bacelar para o município de Chapadinha. E não dizer, utilizando a estrutura do Estado, utilizando os helicópteros que lá não tinha deputado estadual – reclamou o vice-lider, que destinou R$ 2,5 milhões em emendas para obras estruturais no município.

Referia-se Bacelar às acusações de que Caldas teria dito, em Chapadinha, que o município não tem deputado para representá-lo.

Para Bacelar, Marcos Caldas cometeu ato de improbidade administrativa ao usar aparato do estado para visitar cabos eleitorais em Chapadinha.

O senhor usou a estrutura do estado, dois helicópteros, segurança, combustível e pessoal, para fazer política  com cabos eleitorais. Isso é coisa de Ministério Público – acusou.

O vice-presidente negou que tenha feito tal afirmação.

– Eu disse que Chapadinha não tinha elegido um deputado, o que não estou mentindo – respondeu ele, endurecendo o discurso:

– O senhor ficou na suplência e assumiu uma vaga. Quando os deputados voltarem, vai ter  que voltar para a sua cidade, porque não foi eleito.

Marcos Caldas passou a dar apartes para outros deputados, voltando, depois, a tratar de Magno Bacelar, que revidou forte.

O senhor teve 700 votos em Chapdinha, eu tive mais de 10 mil. Sou representante do povo de Chapadinha, deputado no exercício do mandato – afirmou, para concluir:

– O senhor fazia agiotagem lá em Brejo – acusou o vice-líder.

O clima ficou pesado, o presidente Arnaldo Melo (PMDB)  encerrou a sessão.

Os dois deputados sairam sem se falar…

Marco Aurélio D'Eça

4 Comments

  1. Marcos Caldas não tem nada a ver com a justiça Federal, vamos trabalhar ou deixe ele trabalhar o maranhão precisa de homens trabalhadores, e não de fofoqueiros isso é para vc tal de D’ITALYANO.

  2. QUER DIZER QUE ALÉM DE PLAY, ESSE DUBLÊ DE ROSEANA AINDA É MENINÃO BUXUDO EM QUERER BATER BOCA COM MEU AMIGO VASCAINO, NOTA DEZ.DE CUIDA MARCOS, A POLICIA FEERAL ESTÁ NO TEU ENCALÇO,QUERENDO SABER A VERDADEIRA HISTÓRIA DA MORTE DE UMA PROST DE TEREZINA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *