22

Sérgio Tamer na marca do penalty…

Sem relações no governo, Tamer pode cair

O secretário de Justiça e Cidadania  Sérgio Tamer está em situação dificil no governo Roseana Sarney (PMDB).

Ele só não deixou a pasta até agora por que a governadora não encontrou um substituto.

Mas as ações do secretário não agradam Roseana, que pode, inclusive, optar por uma fusão ou mesmo pela reconfiguração do setor de Justiça.

A falta de ações substantivas e a pouca relação de Tamer com o restante do governo têm pesado na decisão de afastar o secretário, que é indicado pelo Partido da República.

Outra queixa contra ele é o número de assessores ligados aos grupos de oposição ao governo – sobretudo ex-balaios – que atuam em praticamente todos os setores da Sejusc.

O próprio Tamer reconhece o momento difícil na relação com Roseana; tanto que, algumas vezes, deu como certa sua saída.

Mas, curiosamente, no entanto, nada faz para mudar o perfil da pasta…

Marco Aurélio D'Eça

22 Comments

  1. Coitada da SEJAP com essa tal de leolpodina nao tem nada de seria imagine só a sejap teve de gratficaçao tecnica somente sete mil e metade ou seja tres mil e quinentos ficou com leopoldina e o restante ficou com as duas amigas que ela trouxe da caema. O Sergio nao sabe com quem esta lhe dando ela nem de preso gosta. Nao sei por que a cham de dra ela apenas tem uma gradução e faz muita coisa ilicita na sejap. Governadora tome cuidado esta mulher onde vai faz estrago.

  2. meus amigos internautas, sou uma das poucas pessoas que conhecem o sistema prisional sou criadora do projeto restauração feito em 2003, dentro do sistema, coordeno uma ong que trabalhou dentro das unidades e conseguiu somente com poucas doaçõesfazer um grandetrabalho quefoi abortado pelo sistema,acreditei nesta gestão frei x tamer foi uma decepção cheguei a ser expulsa pelo segurança do frei na sala dele inclusive ele estava armado e continua ate hoje com arma em punho para ameaçaraqueles que tentam falar de ressocialização com ele, se alguém quiser saber mais detalhes e entrar neste trabalho conto com vcs. tenho certeza que a governadora não sabe o que se passa no sistema tou disposta a informar.

  3. Só posso chamar o João Paulo e a Francisca da Silva de MENTIROSOS.
    Eles NUNCA trabalharam com a Dra Leopoldina.
    Se o tivessem feito, saberiam que tudo o que escreveram a respeito dela nos comentários acima não correspondem à realidade.
    Eu SIM, TRABALHEI com ela na extinta SEAPS, quando a Dra. Leopoldina ocupava o cargo de Secretária Adjunta de Gestão e Modernização.
    EU SOU TESTEMUNHA da sua correção e amizade no tratamento com todos os servidores que se encontravam sob seu comando à época.
    EU PRESENCIEI a dedicação com que todos encaravam suas tarefas e atribuições pelo simples fato de reconhecermos nela, o exemplo a ser seguido no trato com a coisa e com os servidores públicos.
    Sempre educada, gentil, atenciosa e amiga de todos. EXIGENTE? SIM.
    Essa caracterísca da personalidade da Dra Leopoldina, assim como a educação e a competência é que a tornaram referência na Administração Pública do Maranhão, essa terra tão carente de pessoas obstinadas pela correta condução dos negócios públicos.
    Empenhada em sempre melhorar a estrutura e processos administrativos, em sua gestão foram elaborados manuais de procedimentos, regimentos internos, programas de modernização tecnológica e administrativa.
    Eles a chamaram de FALSA. I
    Isso demonstra mais uma vez como estão MENTINDO ao dizerem que trabalharam com ela.
    Não conheço pessoa mais franca e leal.
    Quando tem alguma coisa a dizer, ela nunca fala pelas costas.
    Ela diz olhando nos olhos do seu interlocutor, seja ele subalterno ou superior hierárquico.
    Seja amigo, conhecido ou num primeiro contato, a Dra. Leopoldina sempre fala o que pensa encarando com sinceridade a pessoa a quem está se dirigindo.
    EU VIVENCIEI tudo isso, e sou grato pela oportunidade e pela experiência que adquiri ao trabalhar com ela.
    Parabéns Dra. Leopoldina, pela sua conduta sempre acima de qualquer ataque.
    Não serão essas poucas linhas escritas por preguiçosos, incompetentes ou, até mesmo, agentes PAGOS por terceiros interessados em prejudicar a senhora, que irão denegrir sua imagem e esmaecer o brilho da sua competência, lealdade e amizade.

  4. Realmente o nobre amigo AHMADINEJAD tem razão, a secretaria está servindo como um cabide de emprego, mas um fato a ser questionado é que a maioria das pessoas que possuem cargos comissionados na secretaria adjunta penitenciária são AGENTE PENITENCIÀRIOS, o mesmo não podemos afirmar na secretaria de ressocialização, então quando questionamos o mérito da questão chegamos a conclusão de caráter no mínimo intrigante no que diz respeito ao termo ”cabide de empregos”. Outra ponto em questão e que concordo com o AHMADINEJAD é a questão de duas secretarias em uma, a ideia é boa, mas provocou uma divisão e quem sai perdendo é o sistema. Outro fato curioso é que tudo de bom que aparece na mídia é creditada a parte da ressocialização e tudo de ruim é a parte de administração penitenciária, parece que grande parte dos agentes que trabalham há uma vida no sistema, que já passaram por todas as adversidades dentro do complexo prisional, não sabem mais trabalhar, nunca fizeram nada de valioso. Espero que da próxima vez que aconteça um problema( rebelião, fuga em massa, greve de fome dos presos, etc) o Frei Cardoso apareça e ajude a contornar os problemas, e que não apareça somente nas horas oportunistas, como: inauguração de hospital, projetos de obras, etc. A secretaria é unica,não deve haver divisões, mas já que a mesma constitui-se em duas alas, que ambas trabalhem em favor do sistema carcerário, pois quem sai perdendo são os presos e a população.

  5. Marco,a pasta do frei Ribamar tem a ver com ressocialização,reintegração social(trabalho,saúde,educação).O Ralph neto trocou as bolas.essas maquiagens,esconder os problemas do sistema,falta de pulso,de administração,balaiada,ou seja,tudo que não presta,é na pasta do João Bispo Serejo.Aliás,não sei para que duas secretarias adjuntas na SEJAP.só para servir de cabide de emprego.

  6. TENHO QUE CONCORDAR COM JOAO PAULO. ESSA MULHER(LEOPOLDINA), SÓ GOSTA DE POSE, É VAIDOSA E NAO TEM NEM UM POUCO DE HUMILDADE(TRABALHEI COM ELA). VEJAM AS FOTOS DELA MA MIDIA, AGORA EU QUERIA VER ERA ALGUMA FOTO DELA VISITANDO CADEIAS, PRESÍDIOS, ISSO COM CERTEZA NAO TEM, SÓ QUER SER BIBELÔ DESSA SECRETARIA. E OS HOMENS ESSES SIM É QUE TEM QUE IREM PARA O COMBATE. ONDE ESTÁ A IGUALDADE DAS MULHERES…OS DIREITOS NAO SAO IGUAIS? ENTAO ELA TEM QUE IR PRA LINHA DE FRENTE…MAS É A QUE QUER MESMO…O QUE ELA QUER É FICAR COLOCANDO LENHA NA FOGUEIRA PRAS BANCAS DE CÁ, ISSO SIM, SABE FAZER MUITO BEM….

  7. É impossível pensar que as coisas irão mudar no Maranhão, quando pesamos que algo vai mudar para melhor aparece o Frei Ribamar Cardoso como secretário adjunto de uma pasta de tanta importância, essas reformas que eles anunciam nos quatro cantos do estado são todas propagandas mentirosas. Reforma em pedreiras!!! essa é pra quem não conhece o sistema,o que eles andam fazendo é uma verdadeira maqueagem, empurram sujeira para baixo do tapete, uma mão de tinta nos muros das unidades prisionais não é reforma. Marco,e sobre os balaios é verdade, o próprio Frei era um que nas eleições passadas fazia campanha para o Jackson em Trizidela do Vale, tanto é verdade, que o mesmo caiu de paraquedas no sistema penitenciário no governo do falecidado usando o nome da APAC, da qual era presidente.Abra o olho governadora!!!

  8. Marco,você sabe quem era o secretário adjunto de administração penitenciária em 2010 quando aconteceu a maior rebelião do maranhão com 20 mortos e 4 cabeças decepadas?João Bispo Serejo!quem é o adjunto hoje?ele mesmo,João Bispo Serejo.A secretaria hoje é administrada pelo que tem de pior no sistema penitenciário,ou seja,pela turma do james.Sérgio Tamer é conhecido aqui como o rei do caô.Espero que a governadora não demore em defenestrar esse incompetente da SEJAP antes que o pior aconteça.por que não um delegado para comandar essa pasta?

  9. Quem acompanha o sistema carcerário por dentro sabe que o trabalho que vem sendo feito é algo que deveria estar sendo realizado a muitos anos. Ressocialização parece ser uma palavra nova, mas é bem antiga e nunca antes praticada por aqui. Dava-se indulto mas não davam-se oportunidades. É bem certo que há inúmeras cores políticas querendo uma Secretaria às vésperas de uma eleição municipal, mas parece que a Governadora sabe bem que poucos tem a condição e a capacidade de descascar aquele pepino.

  10. QUEM TEM QUE SAIR É ESSA TAL DE LEOPOLDINA, QUE SEMPRE FOI ANTIPATIZADA POR TODOS QUE TRABALHAVAM NA EX SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO, FOI EXONERADA LÁ, E ESSE SECRETÁRIO QUE TEM UM BOM CORAÇÃO, DEU A MAO PARA ELA, COITADO DELE…ACREDITAR NESSA PESSOA QUE É SÓ FALSIDADE…

  11. esse trabalho não é fácil o nosso sistema estar falido a década esse trabalho é longo o secretário estar no caminho certo a Governadora tem que dar mais apoio ao Dr. Sergio nas ações e prestigio no governo para que ele possa fazer mudança na secretaria, obs. eu não faço parte do governo Roseana, mais fui canditado a dep. federal a favor de Roseana, Dr. Sergio tenho certeza que a maioria da população estar de acordo com sua gestão parabens pelo desenpenho na secretaria.

  12. Caro Cláudio eu to achando que vc é Assessor do Dr. Sérgio Tamer com certeza tambem ta mamando nas tetas da SEJAP, ou é do time do Frei Ribamar Sec adjunto de Ressocialização pq vcs são os unicos que elogiam essa gestão da SEJAp, já chega Governadora da um basta e mande fazer uma auditoria nas contas desse povo: (Sérgio, Frei Ribamar e um tal de Moisés).

  13. O sistema carcerário maranhense ficou por muitos anos abandonado pelo governo. Isto aconteceu sobretudo quando a pasta era unida a Secretaria de Segurança do Estado. O ápice do abandono gerou a sangrenta rebelião de pedrinhas, ocorrida em novembro de 2010.
    Como resposta, a Governadora em acertada decisão, entendeu por retirar da Secretaria de Segurança, a gestão prisional, criando assim a SEJAP (Secretaria de Estado da Justiça e da Administração Penitenciaria).
    Para comandar a nova Secretaria, a Governadora designou o Procurador Federal, com atuação na defesa dos direito humanos, Sergio Tamer.
    Naturalmente, a administração penitenciaria é algo complexo. Os antagônicos deveres do Estado de ressocializar e reprimir geram um desafio pro estado no minimo complexo.
    Tamer tem realizado ações nunca antes visto no sistema prisional maranhense. Em pouco tempo de trabalho, foram reformadas todas as Unidades Penais do Estado. Em Santa Ines, Rosario, Bacabal, Davinopolis, Imperatriz, Chapadinha, Timon, entre outros, existem obras em andamento que ampliaram o numero de vagas no estado.
    Sergio Tamer recentemente celebrou convenio com o Ministério da Justiça para a construção de 2 unidades penais de grande porte, a serem contruidas em Pinheiro e Bacabal.
    Na area de ressocialização, Tamer tem realizado ações de grande destaque, como a recente inauguração do centro de Saude na Penitenciaria de Pedrinhas.
    Tamer tem realizado muitas ações em pouco tempo e diferente de outras secretarias de estado, tem se mostrado operante e compromissado com o trabalho.

  14. E ainda digo mais se algum blogueiro for a fundo na ex secretaria vai ver o assombroso periodo que este Senhor passou por la, trabalhei nesta gestao por vim de outra anterior a dele, e depois eu mesmo pedi p sair, e fontes da propria Secretaria de gente que trabalho com ele que ainda esta la, me falaranm que os proprios orgaos de controle do estado não fizeram nada e sabe de tudo e um pouco mais….

  15. Que diga a Sec dos Direitos Humanos, Afinal ele deixou a secretaria sem presta conta de nenhum dos + de 4 convenios com o governo federal, simplesmente o cara é um pessimo administrador….
    Policia Federal nele

  16. SE FOSSE SÓ NA SECRETARIA DE SERGIO TAMER QUE TIVESSE INFESTADO DE MALDITOS BALAIOS, MAIS ATÉ DO LADO DO PODEROSO TRATORZÃO RICARDO MURAD, TEM ASSESSORA PROXIMA QUE TAMBEM ASSESSORA A SÍUDE DO MUNICIPIO, COMO NO CASO DE UMA CHEFONA DO SOCORRÃO I.

    CARO MARCO DEÇA, OUTRO ANTRO DE BALAIOS É NA SEDUC,ONDE A MAIORIA DESSES DIRETORES E DIRETORAS DE ESCOLAS SÃO PESSOAL COLOCADO NA GESTÃO DO BALAIÃO JACKSON LAGO. É PICARETAGEM BALAIA EM TODOS OS ÓRGÃOS DO GOVERNO ROSEANA, QUE VAI ACABAR INVIABILIZANDO WASCHIGTON. AINDA MAIS COM ESSA TRAIRAGEM DE BIRA DO PINDARÉ QUE JÁ ESTÁ BABANDO O SACO DE FLÁVIO CHORÃO DINO.

  17. Esse excelentíssimo senhor, também fez uma atuação medíocre na Secretaria de Direitos Humanos e Cidadania. Fez compras sem licitação, alugou carros a preço de ouro, atrasou por vários meses o pagamento de contratados e fornecedores; perseguiu contratados e servidores e sua esposa SILVANIA TAMER, era vista todos os dias, arrumando a casa. E na cabeça dela, era como se fosse. Pois dava ordens e chegou a receber pessoas em audiência no lugar do Secretário Adjunto durante as ausências do Tamer. E pasmem! Muitas vezes, o Secretario Adjunto, da época, foi impedido de assumir a sua função.
    Quando os contratados se atreviam a conversar sobre os salários atrasados. A fúria do Secretário e seus babões era terrível. Os projetos que foram realizados pela Gestão Sérgio Tamer, tiveram seu inicio em gestões anteriores e aguardavam regularização de documentação ou outros procedimentos. Tamer somente deu prosseguimento.
    Também foi de sua responsabilidade o péssimo trabalho que o PROCON, fez na sua gestão. Pois, consta, que o material de consumo e expediente era negado ao órgão, para derrubar o trabalho da Superintendente na época.
    ABRA O OLHO GOVERNADORA, ESSE NUNCA ESTEVE AO SEU LADO. E QUANDO SAIR DO SEU GOVERNO, JÁ VAI TARDE!

  18. Esse é o pior dos piores secretários desse governo. O cara é um teórico totalmente desatualizado e só está lá porque ninguem quer essa secretaria e o governo não sabe o tamalho da importância que ela tem. Nem deveria ter sido chamado para ser secretário.

  19. marco acompanho seu blog varias vezes ao dia durante toda a semana e vejo essa noticia da mudança na SEJUSC enquanto a mudança no COMANDO GERAL da PMMA

  20. Para encontrar soluções para uma área tão complexa como o Sistema Penitenciário, não basta criar uma secretaria. Junto com essa criação, tem que haver orçamento, planejamento, uma equipe experiente (enquanto a escolha for puramente política não vai funcionar) e acima de tudo decisão política (apoio incondicional da Governadora). Do jeito que esta é melhor fundir com a Segurança Pública.
    O nome para comandar essa pasta tem que ser de pessoa com experiência na área e de “ficha limpa”.
    Espero que se a troca acontecer a escolha não seja mais uma vez política.

Deixe uma resposta para oliva Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *