42

Gorilas diplomados: é assim que a OAB vê os jornalistas???

Para Pedrosa, jornalistas não passam de gorilas diplomados

A expressão acima foi usada por ninguém menos que o presidente da Comissão de Direitos Humanos da seccional da Ordem dos Advogados do Brasil, Antonio Pedrosa.

Expressão covarde, insensível e, acima de tudo, preconceituosa.

Em seu blog, ao falar do crime contra Décio, com clara intenção de se eximir da responsabilidade como membro de um órgão tão representativo, Pedrosa usou a pérola ofensiva como que para dizer: é problema deles; que se virem!

– Não derramei lágrimas de crocodilo no velório , no qual nãoa ceitaria confortavelemtne comparecer. Sempre discordei dessa linha de jornalismo que, no estado, é composta por um pequeno grupo de gorilas diplomados – afirmou quem deveria afirmar os direitos humanos. (Leia aqui)

A simples expressão gorila já estaria carregada de preconceito por si só. Afinal, Décio era negro.

Mas a carga de covardia, insensibilidade e omissão é ainda maior por que vinda de alguém que deveria lutar pelos direitos humanos em toda a sua plenitude.

E mostra exatamente como as castas que se acham acima do bem e do mal vêem os profissionais de comunicação no estado.

Postura simplesmente deplorável…

Marco Aurélio D'Eça

42 Comments

  1. Parece que esses tais direitos humanos só são reivindicados para quem não presta!… Esses, que capengamente os defendem, parecem querer ressuscitar aquelas velhas ideologias de estar sempre do lado de lá, dos “porras loucas” guerrilheiros, que queriam implantar o comunismo no Brasil e que resultou na intervenção das forças armadas para que o nosso país não caísse em suas mãos, já que vinham sendo treinados para a guerrilha, em Cuba, e se preparando na surdina! Refiro-me a isso, porque as posições assumidas por eles, os defensores dos “direitos (ou erros ?) humanos”, em muito se parecem com os contestadores,subversivos ou ativistas sociais daquela época, que até hoje nos deixam dúvidas que à história caberá dizer se estavam a serviço do bem ou do mal. Pessoas assim não cabem mais no mundo de hoje. A impressão que nos dão é de que sofreram uma lavagem cerebral, pois é um absurdo nunca estarem do lado das vítimas !…. Será que não pensam que fatos semelhantes possam acontecer com eles ou com sua família? Onde está Deus, para eles, já que defendem o mal?

  2. nao se preocupem logo logo decio,estara reencarnado por ai,em algum suino,afinal ele sempre foi um espirito de porco mesmo.gostaria que descobrissem logo quem foi que matou e mandou matar,quero enviar flores pelo grande serviço prestado.

    Resp.: Da mesma forma como enviaria pela morte de tua mãe, covarde.

  3. Nenhum ser humano deixa de indignar-se com a forma brutal e covarde pela qual o jornalista Decio de Sá foi barbaramente executado.

    Independente da vertente e da conduta enveredada pelo jornalista na apuração e divulgação das matérias no seu blog, invariavelmente de estilo pirotécnico e debochado, nada legitima a adoção de medidas extremas para silencia-lo.

    O contraditório e uma conquista do estado democrático de direito e o seu palco sempre deverá ser a justiça. Para aqueles que se sentiram incomodados, atacados ou denunciados (justamente ou não) o único meio admissível para o revide seria as barras dos tribunais…Nunca as balas de uma pistola automática!!!!!

    Decio Sá foi quem sempre foi…seria cínico e desumano afirmar que o jornalista teve um fim merecido. Tão pouco a sua morte, mesmo da forma estúpida e covarde com aconteceu, não o transforma no unico expoente do bom jornalismo e defensor solitario da ética e do justo.

    Quanto as declarações do representante da OAB, são tipicas dos nossos representantes e lideres: cada vez menos preparados para os enormes desafios dos tempos atuais e cada vez mais ocupando espaço por conveniencias politicas e acordos espúrios.

    Lamentavel!!!!!!

  4. Imagina, Natal Leite, qualquer “mamulengo do sistema” (certamente o “sistema” deve ser os Sarneys, né?!), que se vire e seja carimbado de “gorila diplomado” pelo simples fato de trabalhar para este ou aquele “sistema”.
    É absurda, sim, uma declaração dessas (gorilas diplomados), categoria na qual ele inseriu Décio Sá, proferida num clima de comoção por um assassinato tão brutal. Acho que esse assassinato de encomenda é o mais brutal que já tive notícia, pela forma como foi cometido.
    Se Décio cometia injustiças, calúnias, inverdades com seus textos contra alguém, quem se achasse prejudicado que usasse das vias democráticas normais para processá-lo. A Democracia tem meios para isso. Por questões de princípio, jamais processei um jornalista, ao passo que fui advogado de inúmeros. Mas não adiante dizer que Décio era leviano, caluniador, infamante, se não buscou as vias legais para responsabilizá-lo. Simples assim. Agora, depois de morto, ser novamente assassinado por acusações das quais não pode defender-se, é o pior de tudo.

  5. Sr. Marco Deca,

    Direto ao ponto:
    Todos devem se indignar contra o assassinato de qualquer pessoa, especialmente assassinato por encomenda e pistolagem, que nos colocam no século xix, gracas ao (des)governo da Sra. Roseana, do qual o sr. décio sá era um dos mais privilegiados (lato-sensu) porta-vozes.
    Cobrar que OAB se manifeste sobre cada morte, assassinato que aconteca nesta terra sem lei é o mesmo que cobrar do CRM, BANCARIOS, ELETRICITARIOS, COMERCIARIOS e todas as entidades representativas de trabalhadores ( o que é a OAB senao o sindicato dos Advogados?).
    Outra coisa: todas as vezes que alguem discorda do seu pensamento ou de outros blogueiros é classificado com ignonimias tipicas de pessoas intolerantes que nao sabem conviver com o contraditorio.
    Por fim, o Sr Décio era conhecidamente um jornalista, (assim como outros na blogosfera e até donos de jornais (como o notorio dr peta) como denuncia sistematicamente o blogueiro César Belo), que usava as informacoes privilegiadas do poder para extorquir, chantagear, enlamear pessoas com as quais nao conseguia sucesso em seu igualmente intento criminoso.
    Assassinaram um ser humano, o que é deploravel e tem que se apurar e punir os responsaveis (o que espero, considerando a dedicacao da policia maranhense – que convive com toda sorte de impossibilidade material e técnica). Mas é hora do banditismo, travestido de jornalismo, desaparecer das tintas dos jornais, das luzes da blogosfera.
    E nesse aspecto o Sr. Décio Sá era deplorável!!!

  6. “Gorila” ja vi por muito menos gente ser acusada de Racismo, se isso não foi uma atitude racista, nem digo preconceituosa, pois o adjetivo colocado teve direção e nome, so não ver quem não quer. Pois é pessoal um integrante dos Direitos Desumanos chama um jornalista negro de Gorila e isso vai ate onde. Onde estão as entidades anti racismo? Decio foi pejorativamente chamado de Gorila, se isso não é um adjetivo racista, não sei do que se trata. Talves quem sabe não tenha sido direcionado à pessoa do Decio Sá. Quem sabe?

  7. BOM DIA.
    E TRISTE OUVIR ESSA SPALAVRAS DE UM ADVOGADO MARCO,MAS TAMBÉM NÃO E DE ESTRANHAR ELES SE ESCONDEM ATRAS DE UM MANTO SÓ P SER DONOS DAS LEIS, ISSO QUANDO OS FAVORECE,AI ESTAR A PROVA MAIOR DESSE IMBECIL, NÃO E FAVORÁVEL A ELE POR ISSO A OAB CRUZAS OS BRAÇOS MAS HA SE FOSSE COM UM DELES ……..

  8. Décio Sá foi meu amigo de infância, tivemos por um bom tempo juntos, conheci bem o seu perfil humano. Como amigo jamais eu ia chama-lhe de GORILA. Já pensou se Eu chamasse o Senhor de Gorila? Com certeza seria processado, Dr. Antonio Pedrosa.

  9. Mexeu num vespeiro. Na realidade ele não ofende a classe dos jornalistas e sim um pequeno núcleo de jornalistas.

    resp.: Exima-se. E continue pendurada no galho, como um macaco! É assim que eles gostam…

  10. A OAB e os direitos humanos, não merecem um tipo desse como representante.

  11. Amigos, é lastimavel a declaração desse representante, sinto-me constrangido como acadêmico de direito, na verdade o que lhe falta é no mínimo respeito a vida, assim jamais esse representante pode exercer tal função, quem sabe ele poderia ser aprendiz de ditador.

  12. Estou completamente indignado com as colocações no mínimo absurdas, para não dizer preconceituosas e racistas, do Pedrosa!!!! Suas declarações fez-nos sentir o óbvio: ocupa o cargo de Presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB apenas para deleite próprio e prestígio profissional, mas não está tem qualquer respeito pelos direitos universais do ser humano!!!!! Infelizmente a demagogia parece ser sua característica principal!!!!

  13. Desculpe-me amigo, mas estou fora de São Luis e não estou acompanhando de perto os acontecimentos que envolvem o trágico e covarde assassinato do meu amigo, jornalista e blogueiro Décio Sá e acredito que não estou entendendo o que disse a OAB!
    Quer dizer que alguém acha na entidade que congrega os advogados do Maranhão, categoria da qual faço parte, que dependendo de como pensa ou de como se comporta um determinado cidadão, dependendo de se ele é ou não é diplomado, dependendo de se ele trabalha para esse ou para aquele grupo, dependendo de qualquer coisa ele pode ser mais ou menos assassinado… Ah! A minha paciência tá no limite para com os hipócritas, seja ele quem for! Isso é o cúmulo! A intolerância praticada por quem deveria repudiá-la.
    Alguém por ai deveria parar, pensar, criar coragem e se desculpar pela declaração no mínimo absurda e despropositada.

  14. Lamentavel esta declaracao.
    Mais MARCO, o que nao pode continuar acontecendo sao os ESCRIBAS de ALUGUEL escreverem o que seus “chefes” mandam em detrimento da moral das pessoas.
    O que nao pode, por exemplo, Bandidos travestidos de Jornalistas como o indigitado Lourival Bogea escondido atras de um pseudonimo “Dr Petta” atacar a honra das pessoas, das familias impunemente e com a complacencia do Judiciario maranhense (felizmente o deputado Francisco Escorcio colocou ele recentemente na JUSTICA DE BRASILIA em seu devido lugar).
    E me desculpe a franqueza, o Senhor Decio Sa assim as vezes procedia desta forma, escrevia o que mandavam…
    Ai ataca uma pessoa de baixa estatura moral…da no que deu.
    Observe bem, nao estou concordando em hipotese nenhuma com esse assassinato horroroso, isto e repugnante.

  15. (…)
    Ricardo

    Resp.: Não publiquei seu comentário por que prefiro que você diga tudo isso pessoalmente a mim, lá na Assembleia – ou na Mirante, sei lá!. ode ser???

  16. Acho que ele quis dizer “gorilas diplomados” para os jornalistas que seguem a linha pró-Sarney.
    A luta contra o racismo é uma dos pilares dos Direitos Humanos, certamente ele não estava se referindo ao Décio Sá como gorila por causa da cor de sua pele.
    Agora, concordo que a OAB deveria haver se manifestado desde logo sobre essa trágica e lamentável morte… se não foi de imediato, ainda assim o fez, na abertura da cerimônia de 80 anos da instituição no MA, em que o nome de Décio foi lembrado várias vezes, não só por MMacieira, mas também pelo presidente da OAB nacional, Ophir Cavalcante.

  17. Prezado MArco,
    Favor desconsiderar o primeiro comentário, pois, continha alguns erros.

    É impressionante a que nível chegou certos seres humanos.
    É impressionante como os valores na sociedade estão invertidos.
    O Homem fica feliz com a desgraça do seu semelhante.
    Como se fica feliz com a morte de seu semelhante?
    A humanidade caminha cada vez mais para a barbárie.
    Como um indivíduo desses que deveria defender a vida humana com todas as suas prerrogativas, pode fazer parte de uma comissão de direitos humanos?
    AH! Entendi! Deve ser um desses advogados que defendem bandidos.
    Náo , não é isso não! Ele disse que o Decio era um bandido!
    UAI! Não são os direitos humanos no Brasil que só protegem bandidos?
    Agora fiquei confuso de vez!
    Já sei! Deve ser um desses burocratas engravatados, inútil, reacionário, que só fala o óbvio, metido a merda, que pensam ser melhores que os outros por ter um diploma de bacharel, e a única coisa que sabe fazer é encontrar brechas na lei para perpetuar os donos do poder e livrar seus clientes, desde que paguem bem, das garras da justiça, ou seja, passa o dia pensando como justificar roubos, assassinatos, corrupção, bandidagem, tráfico de drogas, etc… .
    Tenho minhas divergências com a imprensa. Sei que tem jornalista que abusa do direito de informar. Sei que o acusado deveria ter o mesmo direito do acusador, com o mesmo horário e na mesma proporção da manchete acusadora. Sei que nem sempre depois que é provado o contrário os jornalistas, com raríssimas exceções se desculpam das injúrias que por acaso tenham lançado.
    E por favor, aqui não estou generalizando, existem suas exceções. Sou a favor de uma imprensa livre, que divulgue os fatos até suas últimas consequências, mas também sou a favor do amplo direito de defesa e do contraditório.
    Mas isto que este rapaz , que se diz representante dos direitos humanos fez, é desumano!
    A OAB deveria extirpar este cidadão dos seus quadros.
    Não existe justiça sem advogado, e para o bem da classe, este rapaz deveria deixar imediatamente a representação dela, sob pena de macular para sempre a instituição OAB, que tanto foi e é importante para este país. Ele já não reúne, por suas próprias declarações, condições morais e éticas para estar a frente desta comissão. Ele demonstrou uma pessoalidade tremenda a deixar escapar o seu ódio pelo Decio. Nestes casos o cidadão tem que se considerar inapto e comprometido com a questão, e se declinar de tecer comentários.

    Termino com uma frase de um dos maiores filósofos deste mundo, Voltaire:
    “Posso não concordar com o que tu dizes, mas morro pelo direito de tu dizeres”

  18. Também não concordava com muita coisa que o Décio escrevia, mas como advogado estou profundamente envergonhado com os membros da diretoria da nossa seccional. Sinceramente não sei como esses ignorantes se acham em condições de representar os causídicos do Maranhão, visivelmente eles não conseguem separar as divergências pessoais do interesse público e social que deve nortear os caminhos da INSTITUIÇÃO OAB. Quanta decepção!

  19. Pedrosa perdeu a oportunidade de ficar calado. Não o respeito enquanto homem, muito menos enquanto membro de tão importante entidade, que em sua história, primou sempre na luta pelos direitos humanos e pelo respeito à sociedade. Ele nem sequer merece nossa atenção.

  20. Pedrosa afirmou q é a classe composta por “PEQUENOS grupo de gorilas diplomados”. Ele não chamou todos os jornalistas de gorila.
    Pelo visto atingiu esse grupo, q manipula informação e altera a verdade dos fatos, como feito aqui nesse post.
    Décio morreu mas se vê q deixou vários pupilos…

  21. Blogueiro nao e jornalista, e só um vagabundo desocupado que passa o dia na internet copiando o blog dos outros sem ocupação.

  22. Conheço Pedrosa por suas ações desde os tempos de acadêmico. Conheci igualmente o Décio por idêntico período, eis que frequentava minha casa. O primeiro sempre foi fiel à luta das causas sociais. O segundo, venal e subserviente ao clã. Concluo não haver nenhum exagero nas palavras do Dr. Pedrosa, ao contrário do que propala meu amigo Paulo Cruz. Décio foi “mamulengo” do sistema, e por ele foi descartado. Não se diga, com isso, pretensão alguma de legitimar a violência contra a imprensa livre. Mas o que dizer das inúmeras famílias maranhenses que sofrem da mesma dor, sobretudo com a agravante da omissão das autoridades? Pedrosa, isto sim, na sua vida de luta, faz nascer no coração de muita gente a esperança de justiça.

  23. Essa é a tradição cristã. quando alguem morre vira santo. ora ora ora. TODOS EU REPITO TODOS COM TODA CERTEZA SÃO CONTRA AO ASSASINATO de jornalistas. Como devemos ser tambem do assasinato de qualquer pessoa. o assasinato do jornalista Décio Sá deve ser investigado e devemos LUTAR para que jornalistas não mais sofram esse tipo de antentado. que é sim um atentado contra a democracia. dito isso. Nunca olhei tanto sinismo o jornalista falecido era sim um lacaio de um grupo politico que aleja nosso estado ele foi sim um lambe botas que manteve uma relação absurdamente promiscua com o poder e usou da sua pratica politica para atacar grupos que se opunham a aligarquia. E isso não sou inocente para acreditar em IMPARCIALIDADE, mais quando um jornalista se assume como parte de um grupo ele deixa de ver os escandalos que foram feitos . e não é desrespeito dizer isso.

  24. Lamentável para não dizer outra coisa a postura assumida por alguém que ocupa uma posição tão importante para nossa sociedade quanto é a comissão “dirigida” por esse senhor, que é a Comissão de Direitos Humanos da OAB-MA.
    Talvez, pelo fato de o jornalista se incomodar com o descaso das autoridades, lutar contra as injustiças e apontar as mazelas da nossa sociedade, especialmente da classe política, dos poderosos e sempre se posicionar na defesa dos interesses da coletividade e dos cidadãos de bem, levou esse indivíduo a vociferar tamanha aberração contra a memória de alguém que sempre lutou por justiça e por isso já não estar mais entre nós…
    Lamentável!!!

  25. Realmente é assustadora essa declaração. Discordava, em muito, da linha adotada por Décio Sá. Goste-se ou não, Décio era o jornalista mais conhecido no Maranhão. Mas nesse momento não se cuida de emitir juízo de valor sobre a linha de trabalho do jornalista. Cuida-se, isto sim, de um atentado inominável, brutal, bestial contra o Estado de Direito, pois um jornalista foi assassinado em decorrencia do exercício de sua profissão. Isso sim que é grave, atentatório. A audácia com que o crime foi praticado, diante de dezenas de pessoas, o sicário mostrando a cara e saindo andando tranquilamente, causa medo, pavor, e exige uma resposta à altura da sociedade civil organizada.

    Paulo Cruz Pereira
    ADVOGADO

    Resp.: Meu caro Paulo, a OAB e os advogados têm obrigação moral de desautorizar este “cidadão”. Ele perdeu as condições de presidir instituição tão nobre como a Comissão de Direitos Humanos. Afinal, para o cargo, pressupõe-se que a pessoa seja, pelo menos, humano.

  26. Ei esse cara foi quem mandou matar o decio e quer matar vc também caro nobre jornalista quer calar te diante dessa tragédia que ocorreu com nosso amigo, cale a boca Pedrosa vai aprender o significado de direitos humanos e retire o que disse com humildade

  27. Pensei que com a eleição de Mário Macieira a OAB iria sofrer uma boa oxigenação, com jovens advogados progessistas ocupando as vagas dos colegas mais reacionários, etc.
    Mas que nada, continua (ou piorou até) a mesma coisa: muita politicagem, politicagem e políticagem.
    Aguardem a palhaçada que vai ser a indicação do novo desembargador…

  28. Muito infeliz a declaração do presidente da Comissão de Direitos Humanos da seccional da Ordem dos Advogados do Brasil. Na verdade, Marco, o tal de Direitos Humanos, só serve pra proteger banidos. Se fosse um cidadão de bem, ou um policial de bem, que cometesse um crime contra uma marginal vagabundo, no outro dia o tal de direitos humanos estavam em sua casa para proteger. Quando a vítima é um cidadão do bem, e por falar a verdade, esse tal de direitos humanos, faz vista grossa. Como diria Renato Russo: “Que País É Este?”

  29. O ato bárbaro e covarde cometido contra Décio Sá, se iguala ao pensamento de Antonio Pedrosa. Também faço parte daqueles que não concordava com a forma que o jornalista publicava suas matérias, mas não é por isso que não lutaremos por justiça; que não exigiremos das autoridades competentes, providências no sentido de que prendam e condenem os verdadeiros culpados!

  30. Só estou é tu, Marco, dar espaço para um imbecil deste e ainda likar o blog dele no seu. Pessoas como estas tem que execradas da sociedade, como você mesmo diz: Simples assim!

  31. Nunca li tamanha besteira. Tem muito imbecil travestido de intelectual, e de esquerda.
    Esses moços, pobres moços!

  32. Marco, existe uma frase muito dita no senso comum que “Direitos Humanos só para bandidos”. De forma provocativa, baseado nesse dito, utilizava um porrete no Programa que apresento na TV com o nome “Direitos Humanos” nele escrito, já que seria somente para bandidos. Adivinha o que aconteceu?

    Sentiram-se incomodados. Certa vez meu Advogado me ligou avisando que tinha ouvido conversas de corredor dando conta que “alguém” pretendia entrar com um processo contra mim. Nem dei bola. Pouco tempo depois retirei “voluntariamente” o nome do porrete, depois de ficar mais de uma semana sem utilizar meu objeto de cena.

    Com isso “eles” se preocupam. Ganha força o dito popular quando vemos os Direitos Humanos se manifestando pra defender bandidos e acusar policiais de agressão e tortura (não que alguns maus policiais não as cometam). E agora? Se o silêncio deixava alguma dúvida no ar, a manifestação do tal acaba por dirimi-la.

  33. A explesão “gorila” certamente não tem nada haver com racismo. O que ele está falando é o fato de voces querer ser dono da verdade o no entanto apoiar o “Diabo” (o lixo humano Sarney) e suas atititude que so suga o sangue do povo maranhnse

    Resp.; Outro gorila ruminando…

  34. E ele, essa coisa que se diz advogado Pedrosa é um covarde escroto. Ainda dá para fazer um flagrante por crime de racismo. É um louco que não deve respeitar nem a si próprio. Que se danem ele e a covarde direção da OAB.

  35. Pedrosa é uma vergonha para os direitos humanos do Brasil e do Maranhão. Sabe por quê? Porque para Pedrosa direitos humanos só serve para defender bandido. Quando é para defender bandidos presos em Pedrinhas, o Pedrosa faz e acontece. Mas, quando é para defender a liberdade de imprensa no país, Pedrosa foge da luta. O que a Comissão da Direitos Humanos da OAB/MA fez nos últimos anos na defesa da mulher vítima de violência? O que a OAB/MA fez nos últimos anos na defesa dos portadores de necessidades especiais? O que fez na defesa das pessoas que necessitam de atendimento médico no Maranhão e não conseguem receber? Nada. A ótica do Pedrosa em relação aos direitos humanos é defender bandidos, coisa que costuma estar ausente dos tratados internacionais de direitos humanos. Quanta vergonha tenho da OAB/MA.

  36. Marco D’Eça, se o presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB diz isso, imagina com que empenho a OAB maranhense se esforçará para ver esse crime elucidado. Aquela notinha meia-boca divulgada pela OAB-MA após o assassinato de Décio foi mais por pressão da imprensa e da opinião pública do que propriamente por preocupação da entidade. Te confesso que eu, jornalista diplomada, já há alguns anos na lida diária, não me surpreendo com a declaração desse advogado em relação a jornalista. Só comprova que ele faz parte do grupo de animais diplomados e arrogantes de lá…

  37. Vergonha …..para a classe de advogados do maranhão, ter um representante desse nivel, justo ele PRESIDENTE DA COMISSÃO D IREITOS HUMANOS DA OAB DO MA, que deveria opinar cobrando ele mesmo e os demais da (AOB) alem dos orgãos institucionais de segurança do Estado, chamar os jornalistas de GORILA DIPLOMADOS….é revoltante, ainda mais nesse momento revolta pela morte do conceituado jornalista DECIO SA, afinal de contas seu sei la o que…da OAB, foi uma vida que foi assassinada brutalmente por bandidos camuflados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *