7

Polícia decidirá amanhã se liberta um dos suspeitos do caso Décio…

Décio Sá foi morto neste bar, na Litorânea, em 23 de abril

A cúpula da Polícia Civil deve decidir nesta quarta-feira se mantém preso ou liberta um dos suspeitos de envolvimento na morte do jornalista Décio Sá.

Logo após o crime, em 23 de abril, a polícia prendeu dois homens, baseada em informações do Disque-Denúncia. 

Um deles é Fábio Roberto Cavalcante Lima; o outro é Valdêmio José da Silva.

O blog apurou que a polícia já conseguiu a prorrogação da prisão de um deles, mas não conseguiu identificar qual.

Os delegados que comandam o  inquérito da morte de Décio se reunirão amanhã com o secretário Aluísio Mendes para decidir se põem ou não o outro suspeito em Liberdade.

O assassinato de Décio Sá completa 30 dias nesta quarta-feira…

Marco Aurélio D'Eça

7 Comments

  1. Essa tua materia é só pra cumprir tabela, né, Marcos? Os patroes ja mandaram aliviar e parar de pautar esse assunto da morte de Dercio Sa! Mais umas notinhas agora so para completar o luto de 30 dias! Voce sabe que sabe de muita coisa e foi proibido de dizer aqui… Triste fim de policarpo quaresma!
    Ricardo

    Resp.: Sua mãe também sabe? Me respeita, vagabundo!

  2. Marco, vou repassar aquilo que me contaram.
    O genial Aluisio, quando da prisão dos dois suspeitos mandou pesa-los.
    Hoje, decorridos quase trinta dias após as prisões, o Sherlock Aluisio mandou pesa-los outra vez e constatou que um dos presos engordou cerca de 10 kilogramas força, enquanto o outro continuou com o mesmo peso.
    Aluisio, do alto de sua, dele Aluisio, enorme competência e astucia, mandou imediatamente soltar o preso que engordou, afinal de contas, segundo o nosso Secretário de Segurança. O QUE NÃO MATA, ENGORDA.

  3. Se nada ficar configurado como participe da morte de Decio esse ai ainda vai ganhar dinheiro do Estado, tudo com base em Disque Denuncia sem nenhuma investigação. Esse é o risco de não investigar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *