12

Um exemplo a ser seguido…

Clésio: conversas com adversários e antagonistas

RIO – O primeiro prefeito de capital eleito pelo PSOL, Clécio Luís, em Macapá, diz que quer diálogo com o senador José Sarney (PMDB) e elogia a adesão do DEM e do PSDB à sua candidatura no segundo turno

O posicionamento enfrenta críticas na legenda que nasceu do descontentamento de petistas às políticas de aliança adotadas no primeiro governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Clécio afirma que a hora é de pensar o papel do PSOL na construção política nacional e diz que não há antagonismo em estar próximo a desafetos nacionais da legenda.

– Essa experiência vai levar o PSOL a fazer reflexões. Vai forçar o partido a refletir sobre si mesmo. O que temos que aprender é que as diferenças regionais devem ser compreendidas pelo partido e respeitadas. Aqui, no Macapá, funcionamos diferentemente do que em São Paulo e Rio – defende Clécio.

Para ele, é natural manter relação institucional com o presidente do Senado, José Sarney, senador pelo Amapá:

– Não é o militante Clécio que está procurando o cacique José Sarney. É o prefeito que vai procurar a base parlamentar eleita pelo povo de Macapá para pedir ajuda. Para que eles cumpram seu papel institucional. Não podemos abrir mão da ajuda de ninguém. Então é necessário que a gente abra esse dialogo institucional republicano – justifica.

Um exemplo a ser seguido…

Marco Aurélio D'Eça

12 Comments

  1. Se não se aliar, vai governar como? Nem nomes o partido PSOL tem para compor o secretariado.

  2. Pois então Marco, não seria dois exemplos a serem seguidos?

    Resp.: Não. Holandinha é do PTC, partido que em nada é sectário. Se alinha de acordo com as conveniências políticas. Já esteve com Roseana, com Jackson, com Castelo e agora etá com Flávio Dino. O exemplo do PSOL é para o PSol maranhense, o PSTU e o PCB, estes sim, intransigentes politicamente. É a eles que me refiro. A atitude de Holandinha era exatamente a que se esperva dele. A do PSOl, não!. É simples assim.

  3. TOMARA QUE ELE NÃO MANDE SARNEY PRA CÁ QUE FIQUE POR LA MESMO E LEVE O RESTO DA CORJA QUE ESTA AQUI.

  4. MARCOS NÃO EXISTE LADO CORRETO NA POLÍTICA, TODO PODER TEM SUAS LARANJAS PODRES, O CORRETO É AGLUTINAR FORÇA EM TODAS AS DIREÇÕES E COLOCAR A GESTÃO MUNICIPAL COMO PRIORIDADE ABSOLUTA.

  5. tu nao tem vergonha de ser puxa saco assim nao cara??? voce eh muito descarado!!!

  6. Santa contradição. Vejamos.

    Se o PSOL surgiu “do descontentamento de petistas às políticas de aliança adotadas no primeiro governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva” é, no mínimo contraditório esse rapaz estar se aliando com os mesmo do PMDB e do PEM.

  7. Mas é até uma postura completamente diferente ao que o PSOL prega nas propagandas eleitorais…

  8. O holandinha não falou a mesma coisa com relação ao governo do Estado!?

    Resp.: Falou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *