4

O sucesso do DataM…

Machadinho

Os institutos de pesquisas sempre são muito criticados no período eleitoral.

Há uma relação de amor e ódio entre os candidatos e os institutos: quem aparece bem elogia, quem está atrás critica e questiona os números. É sempre a mesma coisa (ainda mais no Maranhão onde os institutos orbitam próximos aos principais grupos políticos).

Entretanto, há tempos um instituto não tinha sido alvo de tantas críticas em São Luis como o Data M, de propriedade do jornalista José Machado.

O que poucas pessoas sabem é que instituto não é novo, não apareceu nestas eleições, enfim, não é neófito em pesquisas eleitorais. Ele está no mercado desde 1985 e fez o seu primeiro levantamento a pedido do ex-deputado Chico Martins, que na época estava empolgado com o advento das pesquisas de intenção de voto, e contratou o Data M para saber os números para prefeito de Balsas, como contou José Machado ao blog.

 – Muitos acham que a Data M surgiu agora, o que é um erro. O Instituto está no mercado desde 1985, quando realizou pesquisas no município de Balsas a pedido do ex-deputado Chico Martins. Os institutos de pesquisas eram uma novidade no Brasil e principalmente no Maranhão.

Então o Data M foi contratado para acompanhar o desempenho candidato a prefeito Moizemar Coelho, que começou muito mal nas pesquisas, mas depois cresceu e foi eleito. A história de acertos em campanhas da Data M começa aí”, afirma Machado. Continue lendo aqui…

Marco Aurélio D'Eça

4 Comments

  1. Conheci o Machado e sempre soube que seu trabalho é sério. Infelizmente, as pessoas sempre duvidam quando ha algo desfavoravel a si mesmo ou ao seu grupo. Apenas seria interessante medir um pouco as palavras antes de agredir as pessoas mesmo com palavras. Duvidar, todos tem o direito, mas agredir ja é demais.
    Um dia todos aprendem! E a resposta dele, foi feita com trabalho e dedicação. Parabéns pelo trabalho Machado, seu fã mais do que nunca.

  2. Muito estranho vc colocar esse comentário do blog do Robert Lobato elogiando o Machado depois de chamá-lo de bandido.

    resp.: No início do primeiro turno já havia feito um texto reconhcendo os louros do DataM. Exatamente este o título: “Os louros do DataM”. Pesquise no blog.

  3. Realmente vc tem razão quando fala:
    Há uma relação de amor e ódio entre os candidatos e os institutos: quem aparece bem elogia, quem está atrás critica e questiona os números. E foi o que vc mais fez , questionou muito desfavoravelmente o instituo DATA M pelo simples fato dele apontar Edvaldo com 56 e Castelo com 44.
    Gostaria muito de ver em teu blog postado uma denuncia feita pelo Dep. Marcelo Tavares em que a Governadora Roseana Sarney manda uma mensagem pra Assembléia em caráter de Urgência pedindo autorização de um empréstimo de R$ 3,8 bilhões junto ao BNDS pra ser investido projeto VIVA MARANHÂO.
    Certo que vc não publicar meu comentario, MOHAMAD seu eterno fã.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *