12

Uma demonstração de zelo pelo patrimônio público…

 

Pires mostra a Hildo aspectos de obra

Quando retornavam de Codó, quinta-feira (15), onde no dia anterior participaram do sorteio de mil unidades habitacionais do Programa Minha Casa Minha vida, o secretário das Cidades, Hildo Rocha, e o líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado César Pires (DEM), fizeram várias paradas para verificar o andamento de obras realizadas pelo Governo estadual em municípios localizados às margens da BR 135.

Na localidade Dezessete, Rocha e Pires inspecionaram a construção de uma escola de segundo grau que terá capacidade para atender 900 alunos. Em pleno feriado da proclamação da república os operários tocavam a obra em ritmo normal.

– Este empreendimento é fruto de uma parceria do Governo do Maranhão e a Prefeitura de Codó realizada por meio de emenda parlamentar de minha autoria que irá atender o desejo dos moradores desta localidade que há muito pleiteavam uma escola de ensino medio – explicou César Pires.

 A escola terá seis salas de aula, quadra poliesportiva, área de lazer, sala de vídeo, sala de informática, biblioteca, área administrativa, cantina e banheiros.

 

Uma das obras ao longo da BR-135

– Tudo foi projetado para atender às especificações preconizadas pelo Ministério da Educação – enfatizou o deputado.

César Pires ressaltou que a obra “serve como pressuposto básico para uma futura emancipação do povoado Moisés Reis, pois, uma das exigências é a existência de prédios escolares”.

 O secretário Hildo Rocha disse que a obra é mais uma demonstração do empenho da Governadora Roseana Sarney em promover a melhoria do ensino público.

– Com a conclusão desta escola, centenas de jovens terão assegurados o direito a um ambiente escolar de alta qualidade que propiciará um melhor desempenho das atividades educacionais.

 A atitude do secretário Hildo Rocha e do deputado estadual César Pires é uma demonstração de zelo com o patrimônio público.

Retornavam de um evento. Poderiam seguir sem interromper a viagem. Entretanto, aproveitaram o feriado para verificar o andamento de ações do Governo em diversas localidades.

Um gesto louvável…

Marco Aurélio D'Eça

12 Comments

  1. Impressionante a atitude destes dois. Pensam que estão enganando quem? Esse Hildo é só marcando gol contra para os prefeitos de Roseana. Para os inimigos tudo para os aliados nada, foi assim em vários municípios do MA. O Deputado César Pires tá empurrando o nome de Hildo em todos os municípios onde ele tem voto para juntos saírem vitoriosos das urnas…um pra federal e outro pra Estadual e em troca fica oferecendo projetos embarrica dos apoios…Abre o olho deputado que tem muito aliado teu que vai te abandonar por acusa das tuas companhias…me diga com quem tu anda que te direi quem és!!!
    Fica esperto!!!

  2. Desde quando trabalhar em feriado é crime?
    Esse “Carlos Rocha” deve ser um desses sindicaistas parasitas que só sabe criticar. Desde que os operários recebem as horas extras a quem tem direito nada há de errado. Errado mesmo é criticar apenas por criticar.

    O secretário e o deputado são comeptentes e dedicados. Isso causa inveja aos imcompetentes.

  3. No Maranhão só quem faz, tem razão é o fala a verdade é os antisarneys. me compre um bode! por onde eles passam nada fazem e ainda o raspa no erário público.

  4. Acredita, galera. Aqui só sai noticia boa para um lado. Blog vendido.

  5. Empregados trabalhando no feriado? Com conivência de políticos? Cadê a DRT e o MPT para tomar as ações cabíveis?

  6. Interessante o povo sua capacidade critica. Se os deputados e secretários vão fiscalizar “in loco” as obras eles criticam. Se não fiscalizam, criticam da mesma forma. Alô doutor Freud!!!

  7. De fato o Hildo Rocha assim como o Cesar Pires sao duas pessoas muito dedicadas. Conheco o trabalho deles e posso dizer que isto nao e novidade pois esses sao daquele tipo de homens ” escravo do trabalho”. Que eles continuem assim e que o poder nao subam a cabeca deles, principalmente do Hildo Rocha que hoje ocupa uma das secretarias mais importantes que o das Cidades.

  8. E as ruínas dos hospitais prometidos por Roseana em 2010 eles não visitaram? Cadê os 72 hospitais?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *