4

Via Expressa às escuras…

Esta é a visão no trecho da via por trás do Ceuma

Alguns trechos da Via Expressa vivem constantemente às escuras.

Segundo apurou o blog, não é nenhum problema ocasional, mas de origem.

Para viabilizar a obra, a Secretaria de Infraestrutra conseguiu articular na Assembleia Legislativa para que ela se tornasse uma MA.

Com este título, a via teria maior rapidêz na tramitação dos processos.

O problema é que, com a tranfotrmação da avenida em rodovia estadual, a Prefeitura de São Luís também deixou de se responsabilizar pela iluminação pública.

Na chegada ao Cohafuma, só as luzes dos carros acendem

O trecho mais perigoso para quem circula à noite é o que fica por trás do Ceuma, na área dos colégios. Ali, não há iluminação em nenhum poste. A luz é de alguns prédios, que colocaram pontos de iluminação nos fundos.

Outro trecho às escuras fica no final da Via Expressa, na chegada ao Cohafuma – ou no começo, dependendo do sentido.

Mas há outros trechos que, de quando em vez, também ficam às escuras.

O problema se arrasta desde a inauguração do trecho da via.

Sem solução aparente…

Marco Aurélio D'Eça

4 Comments

  1. Estão querendo transferir a responsabilidade da inconpetencia da obra pra prefeitura de São Luis,e o dinheiro ja foi pelo ralo, esse é o governo de obras faraonicas, obras mau feitas e interminaveis do governo Rosengana.

  2. Enquanto o arrogante Max Barros estiver na frente da SINFRA , nada vai para frente. Esta’ tudo travado, abre o olho Roseana esse indivíduo vai contaminar o que sobra de teu governo!

  3. De fato, e não é possível que o Governo do Estado fique de olhos fechados diante deste abandono e os usuários que se arrisquem.
    De outro lado, cadê a conclusão da obra até o Maranhão novo até o fim do ano ? A obra parece que está parada ! A Roseana prometeu, o Max Barros prometeu, e a conclusão é mais que necessária e São Luis agradeceria pela conclusão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *