2

Justiça concede habeas corpus a Carlinhos Cachoeira

Mesmo sendo condenado a cinco anos de prisão, o bicheiro Carlinhos Cachoeira, recebeu da justiça na tarde de ontem (20) um habeas corpus que o colocou em liberdade no início desta quarta-feira.

A decisão foi proferida pela juíza Ana Cláudia Costa Barreto e se refere ao processo da operação Saint Michel.  Carlinhos foi condenado a prisão por tráfico de influência e formação de quadrilha, além de multa cujo valor ainda não foi revelado. (continue lendo aqui…)

Lembrando que os condenados ao regime semiaberto no caso do Mensalão ainda podem cumprir sua pena em regime aberto “por falta de vagas” no regime semiaberto, segundo o revisor do processo do mensalão no Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Ricardo Lewandowski (reveja também aqui).

É a arte de ser condenado e não ser preso.

Marco Aurélio D'Eça

2 Comments

  1. Carlinhos Cachoeira, protótipo pronto e perfeito do curruptor desse pais, está solto, melhor, vai responder a outros processos menores em liberdade. E o José Dirceu, o Jose Genoino e resto da turma do mensalão, vão mesmo pra cadeia? Qual a diferença ? Isso me faz lembrar da lapidar sentença de Stanilslaw Ponta Preto, o genial jornalista Sergio Porto: “Ou moralizemos ou nos locupletemos todos”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *