16

Zeca Baleiro se manifesta a respeito da campanha para secretário

O cantor e compositor Zeca Baleiro comentou em sua página pessoal no facebook sobre a campanha que está circulando na rede social para que o mesmo seja indicado para secretário de cultura do município na gestão de Edivaldo Holanda Júnior (PTC). Zeca admitiu que não pensara sobre o assunto, mas após a campanha começou a cogitar a ideia. Leia abaixo parte do texto (leia na íntegra aqui), muito compartilhado agora, que o compositor publicou na tarde de hoje (26):

Marco Aurélio D'Eça

16 Comments

  1. Quanto a essas pessoas que dizem que o Zeca Baleiro não sabe nada do Maranhão, tão somente, por uma única participação em um programinha de TV, acho que estão enormemente equivocadas. Julgar é fácil, mas eu duvido que estas pessoas conheçam tão bem o Estado em que vive TODAS as cidades com suas riquezas e culturas. Muitas delas desconhecem o próprio Brasil, valorizam o American way of life e ignoram a preciosidade do próprio país.Dizer que pelo Zeca ser músico não tem capacidade de gerir qualquer coisa é subestimar a capacidade desse genial artista. Eu não apoio a participação dele na política, mas porque infelizmente, nesse meio não há espaço para honestidade, mas jamais duvidei da capacidade dele.Quanto aos programas beneficientes, deve-se tomar muito cuidado, não se pode julgar a solidariedade e a preocupação de uma pessoa por participar ou não de projetos assim. Conheço muitas ONG e projetos e sei que como já foi comentado acima, rola bastante desvio de dinheiro e muitos artistas além de participarem desse roubo, ainda fazem parte por quererem promover sua imagem. PURA HIPOCRISIA E DEMAGOGIA e isso o Zeca não é.

  2. Esse é mais um ato de desespero de um grupo que quer voltar a qualquer custo ao comando da FUNC. Primeiro lançaram o nome de Joãosinho Ribeiro que foi logo vetado pois não se encachava no aspecto “Novo ou Renovação” pois i mesmo já esteve lá e também já foi secretário de estado da cultura. Outro nome foi da sua assessora Elizandra que falou besteira em encontro do Edivaldo com a cultura e não emplacou; agora o desespero do mesmo grupo ao qual estes fazem parte lançam Zeca Baleiro para camuflar um outro nome que é o do nada mais nada menos Josias Sobrinho que também já esteve tanto na SECMA com Joãosinho, quanto na FUNC na época de Nelson Brito inclusive quase teve um grande problema com a justiça na época do Festival Internacional de Música. Isso sim chama-se DESESPERO!

  3. MUHAMED MUSTAFAR, falar que Zeca Baleiro não sabe nada sobre o Maranhão é uma hipérbole. Outra questão, e uma que deve ficar bem clara, antes de falarem por ai que Zeca Baleiro não sabe nada do seu município, de que cidade do Maranhão vc está falando? Se for de São Luís, lamento frustra-lhe, mas Zeca Baleiro nasceu em Arari. Fica a dica, antes de comentar em blog’s ou falar alguma coisa por ai, é melhor informa-se para não ficar a comer moscas….

  4. Karolina, Zeca Baleiro participou sim, outrora, de uma ação que beneficiava crianças carentes. Esse projeto nasceu dentro da Escola de Samba Turma de Mangueira, no bairro do João Paulo, e chamava-se Manguerê. O projeto trabalhava as crianças carentes do bairro e localidades vizinhas, a aprender a tocar instrumentos de percussão e também a confeccioná-los. Esse projeto teve o apoio do Unicef muito pela presença de Zeca Baleiro, como padrinho do projeto. Ele por sua vez, esteve em inúmeras oportunidades na sede da Turma de Mangueira, incentivando e mostrando para os meninos e meninas que o caminho da música é um viés possível para um futuro melhor. O projeto não foi em frente justamente pelo mal que assola o Brasil: a corrupção. Zeca Baleiro, dentro da sua coerência e honestidade, ao perceber o que estava acontecendo denunciou e afastou-se do projeto. Resultado final, a Unicef comprovou desfios de recursos e determinou o bloqueio de novos repasses. Talvez, não estou afirmando isso, o Zeca Baleiro não entre em outros projetos por receio de acontecer a mesma coisa que ele viu na Turma de Mangueira. Falo isso com propriedade, Karolina, sou filho do João Paulo, e convivi de perto com o Projeto Manguerê, onde muitos amigos aprenderam a tocar instrumentos de percussão, vários ainda hoje, fazem parte da bateria da Turma de Mangueira. Fica então registrado a participação de Zeca Baleiro em ação de cunho social.

  5. MEUS CAROS O ZECA BALEIRO..HOJE É FIGURA DO EIXO
    RIO SÃO PAULO
    AGENDA CHEIA E SE AFASTOU MUITO DE SÃO LUIS
    POR ISSO VAMOS DEIXAR ELE CANTAR E COMPOR QUE
    É MELHOR PARA A GENTE E O PAÍS

  6. ele não conhece é nada tai a prova de que ele nao conhece nada do seu eestado muito menos do seu municipio foi ao programa de Fatima Beranardes e lá cometeu várias gafes com relação a falta de conhecimento da sua cidade.

  7. CONTINUE CANTANDO E SONHANDO COMO POETA, CARGO POLÍTICO É PRA QUEM TEM ESTÔMAGO DE AÇO.

  8. Zeca baleiro? é uma piada. Quem Assistiu o Programa da Fátima Bernardes viu como ele conhece a terra em que ele nasceu pois a Gloria Maria teve que da uma aula pra sobre o Maranhão pra ele. affz isso não passa de mais uma piada….

  9. Brincadeira! O fato de ser artista não dá a Zeca Baleiro capacidade para gerir a política cultural da capital maranhense assim como não dá para não sei o quê ser secretário de Saúde, engenheiro de Educação etc. São Luís, apesar de tudo, tem pessoas qualificadas para o cargo. Basta querer fazer cultura.

  10. zeca baleiro é igual a alcione, e os poetas da terra, só querem saber do estado para se dar bem. não conheço nenhuma ação desses artistas da terra para ajudar os menos favorecidos. cito exemplos, o daniel faz todo ano campeonato, com o objetivo de arrecadar alimentos, assim como outros afortunados. os pseudos artistas da terra querem é só sugar o estado, essa alcione tem um projeto social na mangueira, tem aqui no maranhão? du -vi- do dodo. é o caso tipico de joãozinho trinta, nunca fez nada por esse estado e no fim da vida ainda veio sangrar o cofre do estado. quer reconhecimento? ajuda o estado, colabora com ação, porque de intenção agente agradece.

  11. Zeca Baleiro nao conheçe as peculiaridades da cultura local.

  12. Zeca Baleiro, que conheci como Zeca de Tonico Santos, seu pai. Nascemos e convivemos na mesma rua, lá em Arari. Zeca Baleiro, concordo com seu posicionamento sobre a questão da Cultura do nosso Estado. Por isso continue promovendo o desenvolvimento cultural da sua terra da forma como você, na condição de artista há muito vem fazendo. Conterrâneos o Zeca Baleiro, estará em Arari, no dia 22 de dezembro de 2012. Vamos lá!

  13. Enquanto isso (…)

    Resp.: Mande as povas do que vocxê está falando e eu publico o post com a crítica.

  14. Ademais, Zeca Baleiro nunca foi secretário municipal ou estadual, o que já satisfaz um dos requisitos de Holandinha.

  15. Zeca Baleiro é um bom nome. Além de inteligente e culto (escreve muito bem), é muito bem preparado para saber que a cultura, ao contrário do que os roseanistas afirmam e defendem, não se resume a carnaval e são joão, que são manifestações populares importantes, mas estão longe de ser a totalidade da essência da palavra cultura. Por exemplo, não se pode falar em cultura, sem se lembrar que a biblioteca pública Benedito Leite está com seu prédio fechado, funcionando precariamente na Rua do Egito, por culpa exclusiva de um governo que acha que leitura não é cultura e gasta milhões entregando de mão beijada para uma escola de samba do Rio fazer uma homenagem pífia a São Luís. Ademais, pelos seus discursos, Zeca Baleiro sempre ansiou pela alternância de poder no nosso Estado. E só o fato de os blogueiros sarneístas o criticarem sem nenhuma causa convincente já é um motivo para se lhe dar crédito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *