6

O comportamento furta-cor de Holandinha sobre os royalties…

Ainda deputado federal, o prefeito eleito de Sao Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PTC), tem adotado um comportamento dúbio na questão dos royalties do petróleo, principal polêmica hoje no Congresso Nacional.

No dia da votação que aprovou a divisão dos royalties por todos o estados, Holandinha não foi à Câmara – preferiu cumprir agenda organizada para ele pelo padrinho Flávio Dino (PCdoB.

Mesmo assim, anunciada a aprovação, o prefeito eleito foi o primeiro a comemorar publicamente, e cehgou a divulgar nota afirmando que usaria todo o recurso no setor de Educação – São Luís ganharia R$ 27 milhões a mais no orçamento.

Quando a presidente Dilma Rousseff (PT) vetou o projeto aprovado na Câmara, Holanda Júnior também foi o primeiro a se manifestar publicamente, apoiando a decisão.

E esta semana, quando o Congresso decidiu aprovar a urgência na apreciação do veto de Dilma, Edivaldo Júnior também não compareceu à votação.

Diante deste comportamento furta-cor, há de se perguntar ao prefeito eleito:

Ele quer os R$ 27 milhões a mais para São Luís ou acha que os royalties devem permanecer como são???

Marco Aurélio D'Eça

6 Comments

  1. Ele é igual ao patrono dele, o Flávio Dino. Tenta o tempo todo jogar para a platéia e na hora de mostrar prático se enrola todo

  2. EI MARCOS! TU NÃO ACHAS QUE PEGOU PESADO DEMAIS? NÃO SERIA MELHOR DIZER, QUE O NOSSO JOVEM PREFEITO ESTÁ MAIS PERDIDO QUE CEGO EM MEIO AO UM TIROTEIO.

  3. O problema É: Todos querem o céu, mais ninguem que morrer para chegar lá.
    Tem de tomar posição !!!!

  4. kkkkkkkkkkkk Demais esse post! Show de bola! E esse termo “furta-cor” então…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *