7

Holandinha não consegue fechar secretariado…

Holandinha: pouca informação sobre secretários

Problemas com indicações para as Secretarias de Fazenda, Semosp e na pasta do Abastecimento têm impedido o prefeito eleito Edivaldo Holanda Júnior (PTC) de concluir a divulgação do seu secretariado.

O prefeito não consegue encontrar um substituto para José Azzolini, que desistiu da Semfaz antes mesmo do anúncio do secretariado. Também não definiu ainda o adjunto da Secretaria de Obras, cujo titular, José Silveira, é indicação pessoal do próprio preeito.

E na Semapa a briga é feia entre o vice-prefeito eleito Roberto Rocha e o seu partido, o PSB.

Edivaldo Júnior chegou a cogitar para hoje a divulgação do restante da lista de secretários – por e-mail, assim, como ocorreu na primeira leva – mas não conseguiu fechar todos os nomes.

O pior é que nenhuma informação é divulgada pelo prefeito para, pelo menos, justificar a demora no fechamento da equipe.

E ainda faltam as sub-prefeituras, que só devem ser preenchidas após a posse, já que precisam de um projeto aprovado na Câmara.

Mas o prefeito eleito precisa encarar os fatos e dizer as coisas publicamente…

Marco Aurélio D'Eça

7 Comments

  1. Peraí, o prefeito eleito é Edivaldo Holanda Junior ou Roberto Rocha, aquele que é do mesmo PSB que impos aos vereadores de Colinas votarem o seu próprio salário para 26.000,00, enquanto quem trabalha recebe o mísero salário mínimo? Roberto Rocha não é somente um trapalhão político?

  2. E como fica a Funfação Minicipal de Patrimônio Histórico que merece uma pessoa para cuidar do nosso Centro Histórico????????

  3. “Você me conhece”. “Você que está me assitindo”. O robozinho somente sabe falar isso. E assim será durante 4 anos. Preparemo-nos para o pior.

  4. Eita que eu nunca vi ninguém para criar tempestade em copo d´agua como o blogueiro. Dia 1º com certeza está tudo certo para o melhor mandato de prefeito que São Luís vai viver. Aguardem! Até os torcedores contrários ( e os fanáticos perseguidores como o blogueiro) irão se surpreender. D´eça, sinto muito, mas tua torcida para uma administração ruim, raças a Deus ficará apenas no teu desejo. Te liberta desse ódio jornalista!

  5. Menino, tu só vê problema no terreiro alheio, imagina se o melhor governo da vida dela não tivesse os absurdos que tem. Imagine se não tivesse trocado quatro vezes de secretário de educação ao ponto de ter 05 entre as 10 piorees escolas do pais ?

  6. Final do Torneio de Beach-Soccer em Matões

    Por Abdenaldo Rodrigues/Matões Notícias

    Cerimônia com as presença de Suely Pereira e Alexandre Almeida
    A 6ª etapa de Beach-Soccer maranhense, realizada em Matões, atraiu centenas de pessoas à arena montada exclusivamente para o evento. Na noite da última quinta-feira (13), o torneio teve a final, numa partida disputadíssima entre os times do Palmeiras (campeão) e Barcelona (vice-campeão).

    Durante o período da competição, foram realizados cursos para árbitros e técnicos, além de oficina para crianças, com a participação do Técnico da seleção de Beach-Soccer maranhense, Francisco Carvalho (Chicão).

    O encerramento contou com a presença do deputado Alexandre Almeida (PSD), da prefeita Suely Pereira (PSB), do ex-deputado Rubens Pereira e do presidente da Federação Estadual de Beach-Soccer do Maranhão, Eurico Pacífico.

    Durante a cerimônia, Alexandre Almeida, referindo-se às eleições de outubro, em que apoiou na cidade o candidato do seu partido, Elinaldo Colaço, disse que é hora de esquecer as diferenças e partir para o trabalho: “Na última eleição eu e a prefeita Suely estivemos em palanques opostos, mas é hora de desmontarmos estes palanques políticos e trabalharmos pela população, principalmente pela juventude de Matões“.

    Em sua fala, a prefeita Suely Pereira deixou claro que mesmo sendo oposição à administração estadual, não se opõe as políticas públicas direcionadas ao município: “Tudo que vier para melhorar o município de Matões estaremos contribuindo para o sucesso do projeto”.

    Eurico Pacífico falou que o torneio em Matões é apenas o início de um projeto maior: “É preocupação da Federação deixar um legado em cada município que passa, com capacitações para árbitros e técnicos e a implantação de uma escolinha de formação de atletas. Tudo isso é apenas uma semente que jogamos e, quem sabe, daqui há algum tempo, não teremos atletas matoenses sendo revelados e podendo está até mesmo na Seleção Brasileira de Beach-Soccer”.

    O evento, que é emenda de Alexandre Almeida, é uma realização do Governo do Estado, através da Federação de Beach-Soccer do Maranhão. Em Matões, contou com a parceria da Prefeitura Municipal. A próxima cidade a receber a arena será a vizinha Parnarama.
    Postado por Abdenaldo Rodrigues

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *