10

Pacientes transferidos dos Socorrões já começaram a ser operados

Quinze dos 103 pacientes transferidos no último domingo (24) dos hospitais Djalma Marques (Socorrão I) e Clementino Moura (Socorrão II) para outras unidades de saúde, municipais e estaduais, começaram a ser operados nesta segunda-feira (24).

As operações estão sendo feitas por meio de um mutirão de cirurgias ortopédicas realizado pelo Hospital Estadual Tarquínio Lopes Filho (Geral), iniciado hoje.

Com o apoio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), ações emergenciais foram realizadas no fim de semana para normalizar o atendimento e desafogar os hospitais municipais de urgência e emergência em São Luís.

A SES continua encaminhando para os dois Socorrões e para o Hospital da Criança medicamentos, material cirúrgico, rouparia e alimentação, além de enviar equipes de limpeza para o trabalho de higienização hospitalar.

No Socorrão II, macas foram substituídas por camas, que receberam rouparia hospitalar. O mesmo trabalho foi estendido às unidades mistas do Bequimão, Itaqui-Bacanga e Hospital da Mulher, para onde estão sendo transferidos 88 pacientes clínicos e cirúrgicos que estavam em macas e corredores dos hospitais de urgência e emergência.

Para o Hospital Tarquínio Lopes Filho (Geral) foram transferidos no fim de semana 15 pacientes que aguardavam por cirurgias ortopédicas no Socorrão II, onde 80% das pessoas que estão internadas foram vítimas de acidentes de moto. Para agilizar o atendimento, foi disponibilizado para a equipe médica do Socorrão II todo o material necessário para a retomada das cirurgias naquele hospital municipal, e paralelamente é realizado nesta segunda-feira, um mutirão de cirurgias ortopédicas no Hospital Geral.

Ainda com o objetivo de dar às unidades municipais todas as condições para que o atendimento de urgência e emergência volte à normalidade, a SES está providenciando o material necessário para a reativação do centro cirúrgico do Hospital da Mulher, onde serão atendidos, prioritariamente, os pacientes diabéticos com complicações nos pés.

Ambulâncias da SES e o tomógrafo do Hospital de Alta Complexidade Carlos Macieira também estão dando suporte aos hospitais municipais.

Marco Aurélio D'Eça

10 Comments

  1. Gente, olha a cara de felicidade dos pacientes. Estão até sorrindo. Mais um gol para a propaganda política disfarçada de notícia. Será que não dói nem um pouquinho a consciência de vocês jornalistas ao lembrar que um dia fizeram juramento e agora se prestam a um papel desses?

  2. O Estado tem obrigação de fazer o que está fazendo, já que os hospitais municipais de São Luis em urgência e emergência se tornaram as únicas opções dos doentes de outros municípios cuja saúde foi abandonada por seus gestores. Alias, tal medida, a de multirão, foi copiada do Hospital Universitário que vinha prestando este serviço por omissão do Estado.

  3. Muita eficiência. Nao demoverão, mas sua em propagandear algo que nem mesmondeveria ser noticia.

  4. CarlosJosé, é necessário que antes de fazer um comentário, uma pesquisa no assunto ajuda muito, neste caso especifico o Secretario Ricardo tentou a mais de um ano assumir a gestão do Socorrão I e II, no entanto o prefeito não concordou somente o fazendo agora por interferência da justiça.
    Um forte abraço amigo e feliz 2013.

  5. Infelizmente ainda temos que conviver com imbecis tipo Cláudio e Carlos. Antes da critica destrutiva procurem aplicar na pratica o conhecimento que vcs tem sobre que esta acontecendo no sus em são luis. Nosso município êh responsável por todo o sistema de saúde aqui,esta habilitado na gestão plena ou seja t em, o comando único de todas as ações de saúde dentro deste território além de ser responsável pelo atendimento de pacientes de todos os outros municípios do estado, por receber antecipadamente os recursos financeiros ao ofertar serviços que por natureza técnica possui em sua rede ambulatórial e hospitalar de media e alta complexidades. Estamos no regime democrático de direito e a autonomia municipal e garantida pela constituição federal nao permitindo a ingerência de outro poder em suas prerrogativas. Assim idiotas, o seu prefeitinho deixar jogados nos corredores dos dois socorroes sem qualquer assistência varias pessoas ai vcs nao fazem qualquer critica e qdo o estado através da ses se mobiliza para atenuar o sofrimento desse povo sai criticado,como se dele fosse a responsabilidade do caos criado. Por isso nos andamos pra trás pois aves agourenta analfas funcionais como vcs só tem na mente o velho jargão por todos conhecidos. Coloque suas criticas nos responsáveis por esse desastre. Isto mais uma vez vem confirmar o despreparo da oposição vejam os exemplos do Zé Reinaldo,do jackson e agora castelo.

  6. Parabéns à SES pela iniciativa. Mas por que esperar chegar a esse nível de caos para tomá-la??

  7. E uma demonstracao que o governo do estado nunca ajudou o municipio porque nunca quis, agora esta agindo como verdadeiro oportunista, jogando pra plateia, voces pensam que o povo e besta.

  8. ISSO NÃO É UM FAVOR É UMA OBRIGAÇÃO, MAS TA VIRANDO MUITA PROPAGANDA DOS COMENDADORES DA MIRANTE.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *