18

Funcionários do Socorrão I ameaçam greve

Com apenas uma semana, a gestão de Edivaldo Holanda Júnior (PTC) à frente da prefeitura de São Luís já pode ter sua primeira greve.

Além do Sindicato dos Servidores e Funcionários Municipais de São Luís (Sinfuspsl),  funcionários do Socorrão I não aceitam de maneira alguma o parcelamento do salário de dezembro do ano passado.

Serão enfermeiros, técnicos em enfermagem, médicos e outros profissionais de saúde que possivelmente entrarão em greve caso o prefeito não encontre outra solução.

Na tarde do último sábado (05), os funcionários fizeram paralisação de advertência para protestar contra a proposta do salário ser pago em três parcelas, a serem pagas este mês e nos meses de fevereiro e março.

Assim como este blog já pontuou várias vezes, os servidores também caracterizaram o parcelamento como um desrespeito com a categoria.

Desrespeito e também descaso logo após o governo ter desafogado o hospital para melhoria do atendimento.

Pelo visto estes servidores perceberam que blá blá blá não paga as contas.

 

Marco Aurélio D'Eça

18 Comments

  1. O que menos importa agora é provar de fato de quem foi a culpa(evitando a expressão adequada), o que não podemos admitir é o funcionalismo publico municipal pagar por isso..
    VAMOS PARAR!

  2. O funcionalismo é muito sacrificado pelos baixos salários e mais ainda pela má gestão que acabou, que lhe deu as piores condições de trabalho. É uma categoria esclarecida e consciente do rombo que foi deixado, sabe que as coisas se ajustarão e será melhor para São Luís.

  3. Castelo roubou dinheiro público com todo o apoio do blogueiro.

  4. Pois é… E têm todo o meu apoio e solidariedade.

    Blog do Lobato: “Dino e Silva estão montando megaescritórios políticos que funcionarão como “governos paralelos” para elaboração dos seus futuros programas de governo, a serem apresentados durante a campanha eleitoral, bem como acompanhamento/avaliação das políticas públicas atualmente em curso no estado.

    Flávio Dino, por exemplo, trará alguns dos seus principais auxiliares da Embratur (Brasília) para ajudar na administração do seu megaescritório, e terá a bela e competente jornalista Aline Louise como assessora de comunicação/imprensa.”

    Ele informa que o outro candidato também estar montando um, mas não vem aqui ao caso.

    Quem vai pagar essa conta? Será que os barnabés já estão sentindo o “peso” do megaescritórrio do Dino?

    2014 é aqui e agora. Isso é só o começo! Política de “culpabilização e vitimização”, só que as vítimas é povo trabalhador do município.

    Arthur da Távola

  5. Você poderia ser um pouco menos imbecil. Não podemos responsabilizar em nada uma administração de apenas seis dias. 2014 já começou e é bom o jovem prefeito se preparar, o jogo sujo dos honoráveis bandidos será posto como atilharia para cima dele e de seus aliados.

  6. Se a prefeitura de São Luis vier mesmo a pagar o salário do servidor em 3 parcelas ,com isso o sindicato dos servidores poderá entrar na justiça contra a Prefeitura de São luis,pois dentro da legislação do Trabalho isso é ilegal , sem falar que a Prefeitura terá que pagar uma multa se não pagar os salários até o quinto dia util do mês subsequente.

  7. Eles querem que o prefeito recém empossado faça milagre?
    Sou funcionária pública, não recebi meu salário, tenho contas a pagar e nem por isso estou crucificando o atual prefeito. Acho isso um absurdo, pois o culpado é João Castelo e não Edivaldo. Se ele pagou os professores, foi porque havia recursos do Fundeb, se ele não usasse esse recurso, ele seria devolvido.
    Temos que responsabilizar o ex prefeito por isso, e deixar o Edivaldo trabalhar.

  8. Eu percebo que político é tudo igual. Esse Holandinha na campanha criticava tanto o famigerado Castelo apontando a crise na prefeitura e dizia ter a solução pra tudo era só mudar o prefeito, elegendo ele, claro! Não considero o atraso de um mês como um enorme problema tendo em vista que prefeitos assumiram seus cargos com atrasos bem maiores. mas a nova gestão faz um drama terrível pra pagar uma folha, eles não sabiam que enfrentariam as dificuldades e não se diziam preparados para elas? E agora ficam chorando miséria! Fala sério, esse prefeito é igualzinho ao outro um Zé Migué. É costume dos prefeitos assumirem e dizerem coisas assim jogando a sempre a culpa no que saiu e de fato é culpado mas isso não o exime de sua responsabilidade nem do cumprimento de suas promessas.

  9. Castelo já era, já foi. Vocês continuam com discurso de campanha política. O prefeito agora é Edivaldo, a solução tem que vir dele independente de onde venha o problema. A solução encontrada não é solução. A prefeitura tem dinheiro sei disso, a cada dez dias há repasses de arrecadação e verbas do FPM. Fale a verdade Holandinha, não se torne um novo Castelo.

  10. O QUE EU TENHO COM CASTELO? TENHO COM A PREFEITURA. SEJA QUEM FOR O PREFEITO A RESPONSABILIDADE É DELE. QUERO MEU SALÁRIO!!!

    ATENÇÃO CAEMA, CEMAR, TELEMAR OI, PLANO DE SAÚDE, ESCOLA DO MEU FILHO, CARTÕES DE CRÉDITO, ESTEJAM CIENTES A PARTIR DESSA MÊS EU SÓ PAGAREI A METADE DAS FATURAS PORQUE O PREFEITO DECIDIU PAGAR O ATRASADO EM PARCELAS!!! QUERIA VER SE O SALÁRIO DOS SECRETÁRIOS E DO PRÓPRIO PREFEITO NÃO VAI SAIR INTEIRINHO ANTES DE COMPLETAR UM MÊS DE TRABALHO, ORA SE NÃO E OS BESTAS PENDURADO AQUI. E AINDA TEM GENTE QUE QUER FICAR QUESTIONANDO A CULPA, PORQUE NÃO MANDARAM BLOQUEAR O FUNDO ANTES DO EX-GESTOR SAIR? FICARAM NUMA BRIGA INTERNA IDIOTA POR SECRETARIAS E ESQUECERAM DA TRANSIÇÃO. SE O PREFEITO SE RECUSOU A DAR INFORMAÇÕES CABERIA AO PRESIDENTE DA TRANSIÇÃO PEDIR NA JUSTIÇA O BLOQUEIO DAS CONTAS, SIMPLES ASSIM!!! SE PREOCUPARAM FOI COM AS INDICAÇÕES, QUEM IRIA INDICAR QUEM, BRIGA DE ROBERTO ROCHA, PCdoB, PSB, HOLANDÃO POR ESPAÇO NA PREFEITURA E DEU NO QUE DEU. SE TIVESSEM SE PREVENIDO NADA DISSO TERIA ACONTECIDO ENTÃO A CULPA É DA NOVA GESTÃO TAMBÉM!!!!

  11. DESRESPEITO foi Castelo/Gutemberg/Jakeline/Rurion terem surrupiado o SAMU descaradamente e sairem ilesos e sorrindo aos quatro ventos.

  12. o nobre blogueiro n explica no seu espaço q todo esse caos e por causa do governo q vc defendia e agora em poucos dias e como foi durante toda a campanha fica tentando execrar o governo legitimo do prefeito edivaldo holanda..pois junto com flavio dino e uma grande ameaça ao regime q reina a decadas no nosso estado e assim contraria algumas regalias do nobre blogueiro..

  13. DESRESPEITO foi Castelo ter roubado o dinheiro da SAMU, desrespeito ´foi castelo gastar 7 milhoes em um trenzinho em época de campanha, desrespeito é o aumento no uso do combustível das ambulâncias no mês de outubro, de 20 para 100 mil com apenas 2 ambulancias rodando, desrespeito é deixar de pagar o salário dos funcionários para prejudicar Edivaldo Jr no começo da gestão dele. Isso sim é desrespeito, o prefeito está tentando encontrar solução por um problema deixado por CAstelo, que diga-se de passagem está sendo investigado pela PF por desvio de dinheiro público. Faça-me o favor!

  14. Fala Sério!! Uma palhaçada o que esse CAOSTELO fez, destruiu a prefeitura de São Luis!! Deixou um rombo enorme e levou todo o dinheiro que era para pagar os funcionários!

  15. Engraçado. O Sindicato dos professores gritou e Holandinha abaixou a cabeça. Disseram que a categoria não aceitaria receber os salários parcelados e nem cogitou negociar. De pronto a secretária de fazenda achou logo 18 milhões no cofre para pagar os professores. Estranho, quando ela mesma já havia dito que Castelo teria raspado até o fundo do tacho sem deixar nenhum tostão. Ai inventaram a estorinha que o dinheiro era do FNDE. Mentira! Aquilo foi só pra tentar justificar e conformar os demais servidores que ficariam com os salários pendurados. Gostaria que o Blog adiantasse ai o valor da parcela do FPM que a prefeitura irá receber. Servidores estão certos, tem que receber integral, assim já é uma humilhação. Eles fazem isso apenas por vingança política querendo aumentar a raiva do servidor contra o ex-gestor, porém, os servidores não são bucha de canhão nessa briga interminável de Holandinha e Castelo. Tenha mais respeito pelo servidor prefeito! Logo você que tantas promessas fez a categoria e tá se mostrando igual ao outro. Dinheiro a prefeitura tem, não paga porque não quer pagar. Não só os professores merecem respeito, todos tem a sua importância dentro da administração pública. Não faça do salário do servidor um instrumento político de vingança contra seu desafeto. Os servidores não merecem isso!!

  16. A SÉS só fez essa graça pq o bandido do Castelo entregou para o Ricardo algumas unidades do município. E agora orquestra será que o carcamano vai querer para continuar com o esmoleu ??

  17. JOSEMAR é notificado pelo MINISTÉRIO PÚBLICO

    O professor prefeito Josemar Sobreiro que deixa de ser pedra para virar vidraça, começou a sentir o peso da responsabilidade de ser gestor de uma cidade, principalmente, com as peculiaridades existentes em Paço do Lumiar. A prefeitura recebeu uma Notificação Recomendatória sob o nº.04/2012-1ªPJPL. De acordo com a Promotora de Justiça que atua no município, Gabriela Brandão da Costa Tarvernard. A notificação expedida pelo Ministério Público, considera que o concurso público ainda está em vigor, já que seu prazo de validade (um ano) foi prorrogado, conforme Decreto n. 1484, de 2 de março de 2012, a medida recomenda ao prefeito que: “Uma vez assumindo a chefia do executivo municipal, providencie a exoneração de todos os funcionários contratados irregularmente pelo Município de Paço do Lumiar, bem como efetue a nomeação e a posse dos candidatos aprovados no certame dentro do número de vagas.”, enfatiza a promotora. As contratações seguem suspensas também por determinação judicial. Dessa forma, Josemar será obrigado coloca em prática o projeto de enxugar a máquina administrativa e agir em consonância com o que determina a lei, já que anteriormente muitos cargos que de direito eram de concursados, estavam sendo ocupados por contratados. A quantidade de pessoas e a data de apresentação dos aprovados no certame serão determinadas após o recadastramento que o município começa a fazer já nesta segunda-feira.

    A pergunta que fica: como ficará a situação dos eleitores que desejam uma oportunidade de trabalho ou daqueles que os vereadores gostariam de indicar para trabalhar nas repartições públicas. Agora Josemar virou vidraça e irá sentir a responsabilidade do cargo. O grande problema é explicar isso aos funcionários que serão exonerados, mesmo que seja uma recomendação do Ministério Público. Para o povo isso não interessa. Será que foi por essa razão que o professor prefeito publicou um Decreto que determina a suspensão do atendimento ao público nos órgão da estrutura municipal pelo prazo de 30 dias.

    ACESSE MAIS SOBRE O PAÇO: avozluminense.blogspot.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *