17

Servidores rejeitam parcelamento de Holandinha e ameaçam paralisação…

Os servidores municipais filiados ao SinfuspSL (foto meramente ilustrativa)

Os servidores e funcionários municipais de São Luís filiados ao SinfuspSL  rejeitaram em assembleia-geral, agora há pouco, a proposta do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PTC) de dividir o salário atrasado de dezembro em três parcelas até fevereiro. 

A categoria manteve a proposta inicial, de parcelamento apenas durante o mês de janeiro, e ameaçam paralisar os trabalhos caso o prefeito não acate a decisão da assembleia-geral.

Claramente favorável a Holandinha, o presidente do SinfuspSL, Luís Mariano Nunes, tenta agora manobrar para evitar a homologação da assembleia-geral dos servidores, o que causa tumulto na sede da Fetiema.

O SinfuspSL  foi o único representante do funcionalismo a não aceitar, de pronto, a proposta de Holandinha na semana passada, como revelou este blog – apesar da contrapaganda da assessoria do prefeito.

A decisão dos funcionários ligados ao SinfuspSL – o maior dentre os sindicatos municipais – é que os líderes da categoria levem a proposta de pagamento integral do salário de dezembro dentro do mês de janeiro.

Caso Edivaldo Júnior se negue a acatar, marca-se então uma paralisação de advertência.

Outros recuos

Além do SinfuspSL, outro sindicato municipal recuou da decisão anterior, de apoio à proposta holandina.

O Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde (Sindac) decidiu que apenas sexta-feira dará uma posição oficial sobre o parcelamento de três meses.

Na semana passada, o Sindac havia concordado com a proposta de Edivaldo Júnior, mas decidiu ouvir a categoria em assembleia-geral.

Que só acontecerá na sexta-feira…

Marco Aurélio D'Eça

17 Comments

  1. Parabéns aos funcionários. Tá na hora de acabar com essa patacoada de “politicazinha de vitimização” às custas do servidor.

    Arthur da Távola

  2. Estive na assembleia e pude ver que infelizmente a postura da diretoria do SINFUSP não é de defesa do direito dos trabalhadores. Apesar do discurso contra o parcelamento, o que vimos na prática foi a defesa do sr. Edivaldo em detrimento do nosso direito a receber salário integral em dezembro já que não trabalhamos parcelado. Imaginem vocês o servidor que ganha 1 salário mínimo receber isso parcelado em 3 meses!
    Compreendo que a situação de São Luís é grave e não é de hoje que vemos isso, aliás, nós servidores municipais que não temos o mínimo de condições para exercermos nossas atividades laborais sabemos muito bem o que significa tudo isso. Agora o que não pode é que a conta caia sobre as costas dos trabalhadores! Isso não! Se Castelo foi irresponsável em não pagar o funcionalismo em dezembro, Edvaldo está sendo conivente em não se utilizar de meios possíveis para pagar nosso salário (Antecipação de Receita Orçamentária, empréstimo junto ao BB ou Caixa, pedido de ajuda ao governo federal, etc.).
    Por estarmos nessa situação e com um sindicato que não quer fazer luta é que aprovamos ontem na assembleia que ou paga o nosso salário integral e imediatamente ou paralisamos nossas atividades! Cabe agora ao prefeito decidir qual a melhor saída.

  3. SAMUEL DE VITERBOSP. SANTOS.
    Só uma pessoa idiota pode ter essa mentalidade sua. Funcionários públicos, são trabalhadores com compromissos iguais a qualquer pessoa, portanto, não venha com esse discurso pedindo compreensão. Palhaço, é você. Palhaço e analfabeto político, porque a dívida é da PREFEITURA e quem foi eleito prefeito foi Edvaldo e cabe a este buscar solução para o problema. Acho que você não é só IDIOTA e PALHAÇO, é também BURRO, quando for escrever, use a grafia correta da palavra (atraso é com s e não com z). Use este instrumento não só para expressar a sua paixão por Edvaldo, mas também para aprender a escrever.

  4. Não é sua mesmo, e sim, da prefeitura e a prefeitura tem que pagar, embora eu tenha votado nele e saiba de como o caos que está essa prefeitura, também entendo o lado dos servidores que precisam do ganha pão para sobreviver.

  5. BEM FEITO, ESSE RAPAZ GANHOU A ELEIÇÃO SÓ NO PAPO, AGORA, A REALIDADE É OUTRA. PIMENTA NO FIOFÓ DO OUTROS E REFRESCO.

  6. Eita que Edivaldo Holanda, é teu café, almoço e janta, tú tens matéria agora, para os quatros anos seguido.
    Agora, não sei que intimidade é essa tratar o Prefeito de Holandinha, cara te manca, trata as coisa séria, usa os termo correto para tratar com as autoridades, agora daquir pra frente seja assim, nada de intimidades.

    Resp.; Aqaui neste blog é Holandinha. Já virou fato consumado. Outros blogs e até oas aliados dele já chamam assim. Mais uma criada pelo blog.

  7. Pessoal,

    Na minha opinião, mesmo consciente de que trata-se de uma dívida deixada pelo Castelo, o Edivaldo deveria fazer de tudo para pagar.

    Se fosse o caso, até pegar empréstimo ou adiantamento com os Bancos oficiais, como foi oferecido pela Caixa e BB.

    Para um servidor que na maioria das vezes já tem um salário baixo, que nem é suficiente para chegar até o fim do mês, pedir para aguentar três meses para receber é maldade demais…

    Edivaldo deveria dar um jeito de pagar, e logo em seguida tomar as providências para processar João Castelo…e não simplesmente colocar a culpa nele.

    Em último caso, se não fosse possível o empréstimo com os bancos, adiantamento de repasses, etc..nem outra solução, poder-se-ia pelo menos priorizar os de menor salário, pagando 100% agora.

    Uma coisa que não entendo, mas vou aguardar pois pode ser anunciado em breve, é porque, estando a Prefeitura numa situação tão caótica financeira e administrativamente, não foram preparadas medidas de austeridade, de contenção de despesas, de corte de gastos? Por que os salários dos comissionados não são reduzidos, pelo menos temporariamente? Por que os Serviços Prestados, ilegais, muitos sem nenhuma função na Prefeitura, não são demitidos ou reduzidos drasticamente para aliviar o caixa e permitir novos investimentos e pagamento das dívidas? Ou a situação da Prefeitura não é tão ruim assim ou não há interesse em mudar nada…

    Confesso que ainda estou esperançoso de que este governo municipal atenda aos nossos desejos de mudança, que talvez virão de forma mais demorada pela negligência de informação do governo João Castelo no período da transição.

  8. Eu quero ver esse direção do sinfuspm levar isso até o fim pois o mesmo sindicato não tá nematóide aí para Os servidores. Pois os mesmo estavao com os dois candidatos. Quanto algumas pessoas dizem que isso não e dívida de Edivaldo mas ele passou 2meses com uma equipe de traziçao. Pois isso já estava anunciado porque eles não denunciaram ao ministério publicado

  9. Acho que essa posição dos servidores não é coerente,pois essa foi solução mais rápida que o prefeito encontou para resolver um problema criado por Castelo de forma irresponsável deixando os funcionários em pleno final do ano sem receber o salário, francamente isso é um absurdo e falta de respeito.Caso o servidores não chegue a um acordo, o dejaneiro pagamento integral de dezembro poderá comprometer o de janeiro por falta de orçamento para honrrar o compromisso com os servidores.cuidado pra não dar um tiro no pé

  10. Também acho que o Prefeito tenha que pagar o salário de dezembro todo dentro do mês de janeiro de 2013 ,não interessa se a administração anterior não o fez,o problema é da prefeitura de São Luis e o prefeito é Edivaldo Holanda Jr a responsabilidade é exclusivamente dele.
    O servidor não vai parcelar suas dividas em 3 , então que resolva o problema.
    Acho certo os servidores fazerem uma paralização se for o caso.

  11. Parabéns aos barnabés.

    O novo prefeito ainda não resolveu essa questão por que não quis e não quer. Politicazinha barata de vitimização. A dívida não é dele? É lógico que não, assim como não é do seu antecessor. A dívida é do município. Agora, o responsável para pagar é o seu Holandino. Se não, greve geral.

    Só os néscios, hipócritas, inocentes úteis e/ou inúteis mesmo, para apoiar uma patifaria dessas: confiscar e parcelar os salários dos servidores em 3 suaves prestações. É o governo do “Novo Mundo”, chamem a Alcione para fazer o marketing.

    Se cuida Holandino!

    Arthur da Távola

  12. Essa galera já quer fazer é graça. Quando era pra fazer zuada, enquanto Castelo não pagou, eles nao falaram nada. Agora querem dá chiliquinho.

  13. O que causa revolta êh que esses mesmos funcionários aceitaram passivamente o que Caostelo fez com eles: falta de condições adequadasde trabalho, falta de plano de carreiras e salários e atrazo salarial. Agora, quando um prefeito se propõe fazer a coisa certa, pagando inclusive uma divida que não e sua, eles fazem essa palhaçada … Revoltante!

  14. Olha quem tá bem aí na frente, o candidato a vereador pelo PPS e funcionario da Assembleia Legislativa, deputada Eliziane Gama, Eduardo Bruno. O que ele faz aí hein Marco?

    Resp.; Esta foto é aniga. Só ilustrativa.

  15. Diferente do Choque de Gestão que o prefeito Josemar quis dar dizendo que iria fechar a prefeitura de Paço do Lumiar por trinta dias, o que é um absurdo, ele deveria se espelhar em Holandinha, pois a situação no Paço esta caótica. Na prefeitura dizem que Josemar foi pra Caxias se aconselhar com o Humberto Coutinho. Ninguém da uma resposta para os servidores públicos municipais. Estamos desde agosto recebendo nossos salários de forma fracionada. Nos ajude, temos contas a pagar e família pra sustentar, eles não dão sequer informações. Grato pela oportunidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *