12

Uma atitude mais sensata

Uma atitude mais sensata que a do diretor do Socorrão I, Yglésio Moises, ensina de fato a palavra cooperação.

A Secretaria Municipal de Segurança Alimentar (Semsa) firmou parceria com a Associação Maranhense de Supermercados (Amasp) para arrecadação de alimentos a serem encaminhados às unidades de saúde da rede municipal.

A Semsa assumirá a distribuição dos alimentos, que, devido a uma questão emergencial fez-se necessária a medida.

O presidente da Amasp, João Sampaio Magalhães, reforçou seu compromisso com as ações sociais e prontamente se pôs à disposição da secretaria.

Com a parceria, todas as arrecadações da Amasp serão direcionadas ao Banco de Alimentos da Semsa e redistribuídas para as unidades de saúde, de acordo com a demanda.

Outros órgãos também podem se unir a iniciativa. Uma solução viável, sem envolver aquele que precisa de soluções e não dá-las: o povo.

Marco Aurélio D'Eça

12 Comments

  1. Gostei muito do posicionamento da Drª Fatima Ribeiro ,caladinha esta fazendo a parte dela sem comentário e mostra a sua competencia ,claro que não deve estar satisfeita com o seu colega de pasta ,Drª ,parabens gestar e po ai fazer muito e falar pouco , só falta a senhora ir na CONAB ,lá sim tem alimento suficientes para abastece o socorão ,tenha sempre minha admiração,

  2. Bem ou mal, o apelo do diretor nos mostrou que se não fizer alarido muita coisa não é resolvida e há problemas que são de tamanha urgência que não dá pra esperar pela burocracia.

  3. a populaçao deu apoio a ideia do Yglesio,pois ja foram arrecardados toneladas de alimentos,aquele bandido do castelo deve ta se divertindo com a mizeria dos outros,como sei que na “JUSTIÇA” ele nao paga resta desejar a ele felicidades com a desgraça dos outros.

  4. Acho que devido a urgencia,a decisão do Diretor foi acertada,tanto que arrecadou HUMA TONELADA de alimentos.Agora com a situação menos caótica,ae sim procura-se soluções mais concretas como essa supra citada.Essa tonelada foi a população que foi pessoalmente lá e,uma atitude louvável,num mundo tão individualista.

  5. Também achei boa a ideia do Diretor fazer a campanha. E já que estamos em “estado de emergência” – depois do choque de realidade, pena que o palanque continua armado – creio que deva-se estender a nível nacional: doação de alimentos, roupas, calçados… E até dinheiro para pagar o funcionalismo.

    Oh campanhazinha eleitoreira que não acaba nunca!

    Arthur da Távola

  6. Pimenta no c…dos outros é refresco. o camarada recebe o orgão totalmente falido (e nao precisa enumerar) faz o q momentaneamente é a cois mais censata a fazer, pois no minimo alimenta-los. Depois outras providencias virão.

  7. Então tá, quando essa ação emergencial chegar ao prato dos pacientes você avisa, porque lá no Socorrão uma ação completamente sensata já alimentou muitos.

  8. Você assistiu a reportagem na mirante, a população ajudando com alimentação e item de limpeza, já arrecadaram 2 mil kg. Isto mostra que a população está aprovando a ideia do diretor do socorrão. Oh dor de cotovelo!!!!!!!!!!!

  9. Essa conduta do Yglesio de fato pareceu pouco profissional. No entanto, restam as perguntas: os parentes dos pacientes que estão no Socorrão gostaram? Você tem algum parente internado lá nesse momento? Suspeito que não.

  10. Obrigada, porque essa sua campanha anti está gerando muito mais coisaas a favor!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *