5

Sinfusp ainda resiste à proposta da Prefeitura de São Luís

O Sindicato dos Funcionários e Servidores Públicos Municipais de São Luís (Sinfusp/SL), em resistência à proposta da prefeitura de São Luís de parcelamento dos salários atrasados, convocou uma nova Assembleia Geral para amanhã (15).

A Assembleia vai acontecer no dia 15 de Janeiro, próxima terça-feira, na sede da FETIEMA, Praça da Bíblia, as 15h. A proposta da Assembleia ainda discutirá uma possível paralisação.

Os servidores insistem que o pagamento deve ser efetuado ainda este mês e não em três vezes como sugere a prefeitura.

São 14 dias de gestão e as tensões já começaram…

convite

Marco Aurélio D'Eça

5 Comments

  1. Sindicato pelego,comandado pelo prefeito atual e os outros que passaram por lá e os que virão tb vão comandar esse ninho de pugas,gente vendida ao poder e enganando os barnabés que ainda batem palmas pra eles….que grande merda !

  2. REapaz, aí tem coisa ! O funcionalismo está momentaneamente sacrificado, mas daqui há poucos dias receberá o salário de janeiro e poderá então começar a botar as coisas em dia. Metade desses servidores se contitue de gente que não tem estabilidade e não vai dar a bobeira de ficar em casa enquanto alguém ocupe seu lugar. Não haverá momento mais inadequado para deflagração de uma greve, não terÁ RESPALDO DA POPULAÇÃO !

  3. Enquanto aqui no Paço:
    RAIMUNDO FILHO é acusado de rombo no FUNDEB

    Josemar diz comunicará ao MPF, CGU e MPE sobre suposto
    uso indevido do FUNDEB
    Pressionado pelo Sindicato dos Professores de Paço do Lumiar, o professor prefeito Josemar (PR), afirmou através de uma carta destinada a classe que ¨28 de dezembro de 2012 foi creditado pelo Governo Federal o valor de R$ 970.540,07 referentes a Complementação da União destinada ao pagamento da folha de dezembro daquele ano¨ e complementa ¨após análise dos documentos fornecidos pelo Banco do Brasil foi verificado que no dia 31 de dezembro de 2012, por ato do ex-secretário municipal de Educação – Altemar Lima, ocorreram diversos pagamentos a fornecedores da Administração anterior em detrimento dos salários dos Professores, restando saldo na conta de apenas R$ 16.368,93¨. No documento encaminhado aos professores, o professor prefeito Josemar, informou ainda, que a Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Educação, já iniciou os procedimentos para o levantamento de toda a documentação que indique com precisão qual destinação foi dada aos recursos, e caso fique constatada qualquer irregularidade serão adotadas as providências cabíveis, entre as quais mencionamos a comunicação aos órgãos de fiscalização e controle como o Conselho do FUNDEB, o Ministério da Educação, o Ministério Público Estadual e Federal, a Controladoria Geral da União – CGU, e o Sindicato dos Professores de Paço do Lumiar.

    O Blog do Luís Pablo obteve, com exclusividade, os extratos do rombo que o ex-prefeito Raimundo Filho deixou nos cofres públicos da Prefeitura de Paço do Lumiar. Nos extratos bancários, constam todos os repasses que a prefeitura realizou no apagar das luzes para vários fornecedores. E o mais grave é que o recurso utilizado para o pagamento foi do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (FUNDEB).

    Perguntar que fica: Sabendo que havia uma folha de servidores em atraso, porque o ex-prefeito Raimundo Filho não deixou dinheiro em caixa suficiente para o pagamento dos funcionários, deixando para seu ¨aliado¨, o professor prefeito Josemar resolvesse?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *