3

Eliziane Gama, fiel da balança… de novo

(Foto: Biaman Prado)Por Gilberto Léda

Assim que terminou o 1º turno da eleição para a Prefeitura de São Luís em 2012, todos tinham uma certeza: qualquer dos candidatos – Edivaldo Holanda Júnior (PTC) ou João Castelo (PSDB) – que a deputada estadual e então candidata Eliziane Gama (PPS) escolhesse teria quase a certeza da vitória.

Este fenômeno se deu em virtude do surpreendente desempenho da popular-socialista. Com uma campanha modesta e pouquíssimo tempo de TV, Gama obteve 70.582 votos – o equivalente a 13,81% do eleitorado votante da capital. Ficou à frente até do candidato do Governo do Estado, o vice-governador Washington Oliveira (PT). Ela, no entanto, acabou optando pela neutralidade (relembre aqui) e não se envolveu nas disputas do 2º turno.

Com a eleição para o Governo do Estado, ano que vem, pode acabar acontecendo o mesmo. Desde o início do ano, a parlamentar trabalha pela construção de uma terceira via por meio da qual ele seria candidata a governadora.

Hoje, todos sabem, ela está mesmo engajada é numa provável candidatura a deputada federal. E a questão é: para onde irão os votos de Eliziane Gama?

Segundo dados de uma pesquisa Escutec realizada apenas em São Luís – que vem sendo dissecada pelo colega jornalista Marco D’eça -, a deputada tem 14,5% das intenções de voto no cenário espontâneo, quando o eleitor diz, sem ser apresentado a nenhum questionário, em quem votaria se a eleição fosse hoje.

Quando os discos com os nomes dos pré-candidatos são apresentados, o desempenho dela nos quatro municípios da ilha dispara: fica em 2º lugar – com 25,2% das intenções, se o candidato do governo for Lobão; e com 24,2% se a opção do governo for Luís Fernando Silva, ainda de acordo com o que revelou D’eça.

A grande diferença entre a disputa do ano passado e que se avizinha é o destino dos votos de Eliziane. Em 2012, mesmo sem escolher um lado, pesquisas apontavam que algo em torno de 70% do seu eleitorado migraria espontaneamente para o atual prefeito (reveja).

Segundo a Escutec, se Eliziane não entrar na disputa os votos dela são diluídos entre todos candidatos e o número de indecisos chega a 14,5%.

(Continue lendo aqui…)

Sem categoria

Marco Aurélio D'Eça

3 Comments

  1. NÃO ADIANTA SER VICE DO COMUNISTA, POIS SERÁ DERROTADO PELO GRANDE LUIS FERNANDO SILVA.

  2. fonte segura, e fechado eliziane gama dep.federal apoiando flavio Dino ao governo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *