2

As eleições de 2014 são amanhã

pesquisa eleitoral

Por Itevaldo Jr.

O título acima não é troça. É o que se lê na imprensa(ça) local após a divulgação parcial dos dados das pesquisas eleitorais pagas por grupo político A, B e/ou C. As pesquisas pululam em capas de jornais, blogues e redes sociais a cada semana.

Suspeito que até julho de 2014 – daqui a onze meses – a pululação pode ocorrer a cada 24 horas. Mas, até lá, seria bom que os analistas e as torcidas compreendessem que outubro de 2014, para a imensa maioria do eleitorado, está a uma distância vastíssima. Observar isso não é difícil.

Até a divulgação parcial da próxima pesquisa os contratantes e pagadores dos institutos poderiam tomar uma medida que seria benéfica para o debate político-eleitoral: tornar públicos todos os dados das pesquisas eleitorais. Quem no grupo A, B e/ou C topa?

Não devemos – eleitores que já pensam na eleição 2014, jornalistas, pesquisadores, professores, enfim – se satisfazer apenas com a divulgação dos números, pois isso atende apenas aos interesses imediatos das pré-candidaturas de A, B e/ou C.

Antes do regozijo com a nova rodada de pesquisas, que tal, uma divulgação transparente, que assegure o acesso amplo a sociedade. A meu ver, dados de pesquisas eleitorais tem que ser públicos.

Por mais que alguns se aborreçam, mas qual seria o contraste entre o ambiente de opinião que vivíamos em 2006, 2010 e o de agora, a mais de um ano para as eleições?

Eleição se vence com o povo. Tem gente aí que resolveu prescindir dele. Pois, na pululação das pesquisas a eleição de 2014 está com a ‘cara’ de resolvida.

Sem categoria

Marco Aurélio D'Eça

2 Comments

  1. Por que, então, o grupo não Sarney não divulga uma pesquisa com dados confiáveis?

  2. Jornalista, esse texto é uma cópia desengonçada do texto de seu colega Kenard, ele diz no texto que parece até que a eleição é amanhã.

    Resp.: Este texto é de Itevaldo Júniuor. E está assinado acima…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *