2

PMDB “amarra” deputados e sinaliza com Chapão…

Alguns dos principais deputados peemedebistas; cúpula define chapão em 2014

A direção do PMDB – local e nacional – decidiu endurecer o jogo e amarrou os deputados estaduais e federais ao projeto eleitoral do partido em 2014.

Primeiro, decidiu que não dará justa-causa a nenhum parlamentar que decida deixar a legenda. Isso significa que, se sair, o deputado poderá perder o mandato na Justiça Eleitoral.

São deputados estaduais do partido o presidente da Assembleia, Arnaldo Melo; o vice, Max Barros; o líder do bloco Pelo Maranhão, Roberto Costa,  e mais Stênio Rezende, Afonso Manoel, Vianey Bringel e Fábio Braga, além de Ricardo Murad, que está no comando da Secretaria de Saúde.

Nenhum deles poderá sair da legenda. Afonso até tentou, mas recuou depois da ameaça da direção nacional.

Agora, a direção estadual decidiu  que o PMDB só se coligará com partidos que queriam coligar em todos os níveis – a chamada coligação “de cabo a rabo”.

É exatamente este tipo de coligação que assusta os deputados.

Alguns dos parlamentares acham que, no “Chapão”, terão maiores dificuldades de se reeleger, por isso tentavam mudar de legenda, em busca de partidos menores.

Sem poder sair do PMDB, e obrigados a formar chapão, eles agora terão que se virar para garantir reeleição.

Um exemplo de como partido deve agir para controlar seu cacife…

 

Sem categoria

Marco Aurélio D'Eça

2 Comments

  1. É assim que esses safados tem que ser tratado, com mão de ferro, é a Ditadura dos Partidos, é preciso que estes oportunista crie vergonha e passe a valorizar os seus compromissos com seu partido, acostumado a trocar de legenda como se troca de roupa é preciso que o partido tome medidas repressora como a perda do mandato, só assim baixa o facho desses malandro que só pensa no seu bem está…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *