10

Por que ajudo os animais?

Do blog Ei, bichinhos!

Sempre ouço essa pergunta e sempre tive a mesma resposta, curta e rápida.

Mas, hoje, resolvi aprofundar-me nesta questão que, para muitas pessoas (e digo muitas mesmo), é uma preocupação desnecessária diante de toda a pobreza e violência que assola, não só o nosso país, mas o mundo todo.
Mas, por que mesmo ajudar?

1º As razões culturais que perduraram durante séculos, nos fizeram pensar que animais são inferiores a nós e, por esta razão, podíamos fazer tudo com eles, inclusive tratá-los como objetos. Sem vida, sem sentimentos, sem amor ou dor…
*Grande equívoco do ser humano! A dor é a mesma para os animais. Os animais não sofrem menos que nós. Eles sentem as mesmas privações como alegria, tristeza, saudade, fome, dor…

2º Porque o Estado ou a instituição que deveriam protegê-los, não o faz. Uma por omissão e negligência e a outra, porque só visa lucro.
*Então, esta missão tem que ser tomada por quem se sente no dever de ajudá-los e não aceita que um animal passe fome e maus-tratos.

3º O número de animais abandonados pelas ruas das grandes cidades aumenta a cada dia. Eles são abandonados à própria sorte, justamente por aqueles que deveriam protegê-los. Os animais estão entregues nas mãos da loucura humana, insaciável e cruel.
*Agora me digam: esta mesma humanidade que mata e tortura, até por prazer, seu próprio semelhante, o que não há de fazer com um animal indefeso e sem voz?

4º Os animais são quase que completamente desamparados, não fossem alguns poucos que os ajuda. E estes poucos, freqüentemente, ainda são ridicularizados.
*Se todas as pessoas que criticam os que ajudam os animais fizessem, elas mesmas, alguma coisa por crianças ou idosos, teríamos um mundo perfeito. Porque somos poucos para ajudar, mas para criticar, somos muitos.

5º Quem gosta de animais, cuida do meio-ambiente, ajuda o próximo, levanta um velhinho, alimenta uma criança. Porque cuidar de um animal não é MENOR do que cuidar de um humano. Todos são criações de Deus e nós, como seres evoluídos, temos a obrigação de zelar pelos animais que nos dão tantas lições de amor.
*O bem não exige espécie!

6º Infelizmente, eles não podem ajudar a si mesmos, precisam de nós para isso.
*É comprovado que alguns animais têm uma inteligência fora do comum e, inclusive, alguns cachorros que vivem dentro de casa, são considerados como integrantes da família. Porém, esses bichinhos não têm a capacidade de criar para eles mesmos, uma proteção ou uma base de direitos que elimine qualquer tipo de abuso. Só o homem tem a capacidade de elaborar e fazer valer perante a lei, direitos que garantam uma vida digna para esses animais.

*Os homens podem cuidar de si mesmos, criando leis, regras de convivência e penas para quem infligi-las. Sempre teremos pessoas ajudando em asilos, hospitais e abrigos para mendigos, porque olhar a miséria da nossa própria espécie dói mais e nos faz colocar-nos no lugar do outro.

*Agora quem se coloca no lugar do animal? Quem olha para um cachorro deitado num canto de uma calçada, muitas vezes com fome e sede e se coloca no lugar dele?

*É difícil, não é? São poucos! Pouquíssimos!!!

E ainda tem gente que pergunta, por que ajudo animais, tendo tanta gente precisando?!

Sem categoria

Marco Aurélio D'Eça

10 Comments

  1. Saudações. Apenas para sua informação o texto é de minha autoria. Foi resposta ao comentário de uma amiga, ainda no Orkut, a crítica que ela fez porque eu estava pedindo ajuda para os vets que estavam resgatando os animais vítimas dos deslizamentos em Petrópolis.
    Lamentavelmente a mesma deletou a crítica e meu comentário se foi.
    Mas vejo que a idéia nãos e apagou. Fico feliz.

  2. Deus dá a cada um uma missão. Já ajudei voluntariamente idosos e crianças abondonadas, muitas vezes tendo familiares, durante 15 anos.
    Agora estou com 65 anos, e Deus chamou-me para
    cuidar, alimentar, agasalhar e levar para o Pet: cães e gatos enfermos, sem nenhuma ajuda de veteriná-
    rios. Alguns veterinários não usam coração, grana é o que interessa. Façam como eu, poupança para animais estimados e abondonados na calada da noite com sede, fome, dor e solidão. Cuido dos animais racionais e irracionais, com os meus sentimentos. No paraíso, todos os animais vão estar conosco. Plante aqui, para ter uma vaga no Reino de Deus.

  3. Amigo, parabéns e obrigado por fazer parte dessa minoria em defesa dos animais.

    “Nós seres humanos, estamos na
    natureza para auxiliar o progresso
    dos animais, na mesma proporção
    que os anjos estão para nos auxiliar.
    Portanto quem chuta ou maltrata um
    animal é alguém que não aprendeu a
    amar” (Chico Xavier)

  4. Regiane, vivemos em um país livre, cada um defende e levanta a bandeira que acredita. O fato de defender animais não anula preocupação com pessoas, ninguém está dizendo que devem deixar pessoas passando fome em detrimento de animais. Ninguém está pregando violência contra humanos ou algo do tipo, o que está se fazendo é conscientizando pessoas de que até mesmo os animais merecem nosso respeito e olhar cuidadoso. Parabéns a todos que defendem esta bandeira. Eu defendo!

  5. Sinto vergonha dessa postagem e muito mais deste comentário de Ivar Verde. É lamentável que com tanto filho de gente passando fome, sem saúde, moradia, e outras necessidades básicas do ser humano, tenha gente que valorize mais bicho que gente. Não sou avesso ao cuidado com animais, afinal, tenho 4 em casa, mas não concordo com a idéia de que se deva levantar as bandeiras de cães e gatos, enquanto filhotes de gente “humanos’, estão nas ruas abandonados, sofrendo e sem ter que os defenda de verdade. Quanta hipocrisia!!!

    • Boa noite Regiane, não sinta vergonha, é assim mesmo, Deus fez todos os animais e viu que ficou bom, depois fez o homen e posteriormente a mulher e conseguiram acabar com tudo. É lamentável. Veja comentário de Alice neste post, falou tudo.

    • Seu comentaria chega a dar nojo.Pessoas tem seus vários filhos passando fome orq amam sexo e não pensam no dia de amanhã.Enchem a casa,as ruas e dos culpa os governantes e a sociedade q não aceita manter esse tipo de coisa tipo vou Fzr e q o mundo crie para mim.Temos pena sim destas crianças vivendo na miséria deste país,mas não somos obrigados a deixar de lado animais indefesos e sofridos por falta de responsabilidade de pessoas q em sua maioria não evitam filhos pra sabem q vão ter ajuda pra cria los.E em MT das vezes essas msm pessoas ganham ajuda e maltratam os animais ganham mas não sabem doar.Exustem meios gratuitos de se evitar filhos.Para os animais existem pessoas cm nós q sabemos do sofrimento destas crianças,mas entendemos q não somos nós os culpados de TNT miséria e abandono tbm.Cada um ajuda o q qr ajudar!Outros apenas fazem comentar sem se qr conhecer a real causa por trás de tudo isso.Quer salvar o planeta?Comece a ajudar alguém alguma coisa algum ser seja o q for,so não vale é vc entrar aqui e comentar algo se julgando a sabe TD enquanto olha pro seu próprio umbigo.

  6. Muitas vezes venho aqui pra desdenhar de seus posts meu caro, mas este é soberbo, tenho uma cadelinha que foi jogada no lixo quando filhote, possuo uma estima enorme por ela e a alegria que ela demonstra em me ver, é inenarrável. Abraços

  7. Te admiro pelo empunho desta bandeira… Muito dessa forma de pensar não passa de uma normose social, herdada sei lá de onde, talvez da nossa cultura escravocrata, que subjulgava os outros…
    Apenas uma curiosidade, para ir um além: O Vegetarianismo praticado pelos Hindus, nasce de um motivo citado nesse texto, a que todos os animais são criações divinas, logo, nenhum ser possui uma posição mais “elevada” na hierarquia do Ecossistema.

    • Lamentável seres humanos racionais pensar dessa forma. Muitos esquecem que os humanos são seres racionais que podem pensar e evitar de fazer filhos para aumentar a miséria.
      O mundo seria melhor ae existisse menos gente e menos animais.
      Os seres humanos podem evitar ,mas os animais cabe a nós evitarmos que nasçam mais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *