4

A inoperância das secretarias de segurança pública do país

soldadosA violência não é só alarmante no Estado do Maranhão, é também em todo o país.

E outro “privilégio” que não é só do nosso Estado refere-se à inoperância da maioria das secretarias de segurança pública.

As medidas de seguranças anunciadas são sempre as mesmas: colocar mais policiais nas ruas, recomendações para que as pessoas não saiam em determinado horário nem levem objetos de valor.

Nada mais que isso, sem, contudo, se voltar para um projeto de segurança pública verdadeiro.

Enquanto isso, os bandidos fazem da polícia – e da população – o que bem querem.

Com redação de Aline Alencar

Sem categoria

Marco Aurélio D'Eça

4 Comments

  1. Então por que não se comparar com a Politica de segurança e eu disse POLITICA DE SEGURANÇA de estados onde realmente funciona e não se comparar com os piores por que em ser pior e em tudo nos somos craques.

  2. Não haverá uma solução profícua enquanto não for repensado e remodelado o sistema de segurança. Somos o único país no mundo com uma polícia militar, com duas polícias que não se completam, antes se embatem e cuja Constituição democrática diz que a mesma se destina em primeiro plano à preservação da ordem pública e não a defesa do cidadão. E em tempo, repensar e remodelar a polícia não interessa aos governantes, pois a mesma ficaria incontrolável diante dos interesses escusos destes.

  3. Quando o secretário é ruim, a desculpa que em todo o Brasil ocorre o mesmo problema. Em vez de cuidar do seu trabalho, culpa a dos outros, tipico de Gov. Roseana

  4. Deem uma olhada na Proposta de Emenda Constitucional 51 (PEC 51), que visa reformular verdadeiramente toda segurança publica, modelo atualmente falido.
    É uma saida!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *