12

Caso Décio: o juízo já está formado…

A acusação dos supostos envolvidos foi aceita tão incondicionalmente por Ministério Público, Judiciário, testemunhas e imprensa, que não haverá fato novo capaz de mudar os rumos do julgamento. Mesmo havendo outras vertentes mal explicadas pela investigação, todos os acusados serão condenados. Simplesmente por que assim deseja o tal “clamor popular” 

 

coletiva3

Bolinha, Buchecha, Miranda e Gláucio; desde o início, outros já haviam escapado do paredão midiático

Este blog sustentou desde o início das investigações o argumento de que faltava um nexo causal capaz de juntar todas as peças do quebra-cabeças que envolve o assassinato do jornalista Décio Sá.

Por isso não vê novidades no que diz agora o assassino Jonathan de Souza.

Para quem não se lembra, em junho do ano passado – quando a mídia se encantava com suas histórias mirabolantes, reforçadas pelo argumento da polícia – este blog elucubrou sobre quem era o homem que matou Décio Sá, no post A Farsa Chamada Jonathan de Souza…

Jonathan já disse tanta coisa, e a polícia tantas outras, que fica difícil saber quando falou a verdade.

Condenado a 26 anos de reclusão, ele é a peça de somenos importância nesta questão toda.

Em outras circunstâncias, as evidências do crime saltariam aos olhos de tão claras, logo na primeira observação de um simples leigo.

http://jornalesp.com/wp-content/uploads/2012/08/jonathan-de-sousa-silva.jpg

Jonathan de Souza: ator de várias interpretações

O blog não vê consistência alguma na acusação que junta no pacote o assassino Jonathan de Souza, o agiota Júnior Bolinha, o capitão PM Fábio Capita, o empresário assassinado Fábio Brasil e os também agiotas Gláucio Alencar e José Miranda.

Pelas circunstâncias da vida de cada um, é até provável que uns com os outros possam ter se cruzado em algum momento da vida.

Mas há outros cruzamentos entre estas e outras pessoas – ainda mais fortes, no entendimento deste blog – que, infelizmente, foram desprezados pela polícia.

Desprezados pela pressa em dar a resposta ou até pelo interesse por montá-la verossímil, sabe-se lá.

Mas isso já não tem mais a menor importância.

O que disse ou repetiu ontem o matador Jonathan de Souza ficou tão banal diante do convencimento dos atores envolvidos no caso que fica fácil até estabelecer os demais veredictos.

O argumento usado pela estrutura de Segurança para anunciar a elucidação do caso Décio foi aceito de forma tão incondicional por Ministério Público, testemunhas, setores da Justiça e imprensa, que não importa mais qualquer fato novo.

A decisão já está tomada.

Apenas Capita – curiosamente o elo entre outras vertentes da história –  ainda pode escapar da condenação; mas por inconsistências na montagem de  sua acusação.

Assim como Jonathan, os agiotas Bolinha, Miranda, Gláucio – e os outros acusados – já estão todos condenados.

Por que é assim que deseja o “clamor popular”…

Marco Aurélio D'Eça

12 Comments

  1. Concordo em gênero, número e grau com as elucubrações do blogueiro.
    A pressa é inimiga da perfeição.

  2. Valdenio (…)

    Resp.: Meu caro, suas informações são muito importantes. Se vc tem maiores detalhes documentais sobre o caso, que tal marcarmos para nos encontrar? pode ser na Assembleia. Deixe seu contato na minha caixa postal.

  3. Todos sabem que essa investigação foi direcionada a apontar alguns como mandantes e livrar outras pessoas poderosos, que tinham interesses em calar o jornalista, por saber demais e iria divulgar matérias que iriam comprometer uma grande construtora no Maranhão com compras irregulares de terrenos e agiotagem. Manda quem pode obedece quem tem juízo.

  4. O sr. tem toda razão bloguiro Marco Aurélio d’Eça. Diante desse julgamento o Albenício deve está indignado com tantos “furos” nas investigações e apontamento dos culpados. Como o sr. disse, o pistoleiro Jhonathan deve ser a peça de menor importância. Mas, fica a pergunta: por que a polícia abandonou várias linhas de investigações importantes? A linha de Barra do Corda? dos blogueiros “amigos” do Detonador? Do hoje vereador Fábio Câmara que teria sido o último a falar por telefone com Décio momentos antes do assassinato? Tem muitos pontos a questionar nessa investigação. Quanto ao processo que a família do Albenísio Décio Sá responde e já foi julgado pelo TJMA, ainda tem muita água por correr sob a ponte. Seria o caso do Sindicato dos Jornalistas Profissionais de São Luís fazer uma denúncia ao CNJ. Isso não pode ficar assim. Detonador é o cara. Mesmo morto ainda “vive” causando polêmica.

  5. Depois desse julgamento sem provas, acredito que todos que forem a juri serao condenados. Definitivamente o maranhão é o lugar das injustiças.

  6. O NOSSO BRASIL É ASSIM. QUEM TEM DINHEIRO FAZ O QUE DESEJA. O BRASIL PRECISA URGENTEMENTE DE SER PASSADO A LIMPO. ESTAMOS CAMINHANDO PARA A BEIRA DE UM PRECIPÍCIO. EM TODAS AS ÁREAS. O MEU DESEJO E MINHA ESPERANÇA É O FECHAMENTO DO CONGRESSO NACIONAL E CONVOCAR UMA NOVA CONSTITUIÇÃO COM AMPLA REFORMA NO JUDICIÁRIO, LEGISLATIVO E NA FORMA DE GOVERNO.
    ESSE PISTOLEIRO RÉU CONFESSO DEVERIA PEGAR PENA MÁXIMA, AFINAL ELE TIROU A VIDA DE UMA PESSOA, NÃO IMPORTA QUEM É ESSA PESSOA, MAS É UM SER HUMANO. NÃO CONCORDO COM ESSE BLÁ, BLÁ, BLÁ DO JURI POPULAR, É MUITA PALHAÇADA PRA POUCA AÇÃO.

  7. Jhonatan o pistoleiro? Talvez sim, talvez não, há muito tempo jhonatan deu uma entrevista ao jornal itaqui bacanga em que disse o que confirmou ontem:
    Fez sim acordo com os delegados para “livrar” um primo de uma “bronca” e em troca colocaria o nome de quem a policia mandasse, incluindo o deputado cutrim. Curiosamente no depoimento jhonatan disse que o principal mandante seria Cutrim.
    A pergunta que fica é: se cutrim foi desqualificado, ja que foi apontado como principal mandante. Porque Glaucio continua apontado? Sendo que todos foram acusados na mesma linha?
    Em que pé se deu a investigação do GAECO?
    Qual o interesse que agiota teria em mandar matar promotor do meio ambiente? Ambientalista e presidente do sindicado dos trab da construção civil. ?
    Só cego não quer ver a verdade que está estampada aos olhos.
    E só enxergam o que for mais conveniente.
    Simples assim

  8. Ridículo o juridiario se deixar “levar” por uma história para boi dormir como esta.
    Concordo com você Marcia Deca, em gênero, número e grau.
    Até a alta cúpula do judiciário sabe que Glaucio e Miranda não são mandantes do assassinato de Decio Sa, mas, mesmo assim, o poder se dobra pelo medo da opinião pública.
    E uma pena

  9. Prefiro acreditar na nossa policia do que em profissional do crime (bandido) O que me assusta é um profissional renomado defendê-lo sem honorários. O meu avô dizia nesta moita tem coelho!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *