4

Uma grande epidemia a solta

Por Stephannie Lee

Pessoas doentes soltas na rua têm deixado a população preocupada. Em supermercados, ônibus, bancos, salões de beleza, shoppings, lojas e até em feiras, elas circulam livremente. Não é preciso ser especialista para notar que a maioria está sofrendo de alguma enfermidade. As principais doenças transmitidas são gripe, tuberculose, sarampo, catapora, pneumonia, hepatite, Aids, conjuntivite e meningite.

Um médico denuncia a falta de controle na propagação das patologias.

O maior problema é que elas estão se reproduzindo com muita rapidez. É difícil lidar com esta situação porque ainda há quem as alimente – frisou.

– Tem que tirá-las daqui! É um perigo! O governo tem que fazer alguma coisa para acabar com esse incômodo. Todos estão com medo de ficar doentes – alerta um asmático.

A Secretaria Municipal de Saúde disse, em nota, que está viabilizando a abertura de novos lotes de vacinas e o funcionamento da Carrocinha Racional para recolher pacientes em casa.

Ela disse ainda que, até o fim do ano, o programa de higienização da cidade estará concluído.

 

Adaptada da reportagem “Conheça os perigos das doenças causadas por animais soltos nas ruas”, da TV Mirante. Homenagem ao Dia Nacional dos Animais.

Marco Aurélio D'Eça

4 Comments

  1. Há um leproso (hanseníase) que dorme num banco da praça do pescador no Projeto Reviver há muitos meses.

  2. Olá, Marco, tudo bem? Quero utilizar esse espaço para te pedir um favor: gostaria que tu denunciasses a situação calamitosa que se encontram os bairros do Coroado e João Paulo (especificamente a parte que fica ao redor da feira). Como ex-morador da região, sei que tu tens conhecimento dos graves problemas vividos pelos moradores daquela localidade. Pois bem, cansados de esperar pela resolução dos problemas, os moradores decidiram interditar a via que liga os dois bairros (Avenida Projetada). Isso ocorreu agora a noite. A principal via de interligação entre esses dois bairros está interditada! Como tu tens uma influência no meio midiático, gostaria que fizesses uma matéria denunciando essa situação, ou então mobilizasse uma equipe para fazer uma reportagem sobre esse ocorrido. Além dessa recente situação, há outro fato que preocupa e incomoda bastante os moradores desses bairros: a presença de usuáros de drogas e o tráfego de drogas que ocorrem na região conhecida como “cracolândia”. O que mais nos preocupa é que não observamos nenhuma ação, absolutamente nenhuma ação, por parte dos governos municipal e estadual. Recentemente, trafegando por aquele trecho, conferi cerca de 30 usuários, organizados em grupo, fazendo uso de intorpecentes. Soma-se a isso a infraestrutura da via (Avenida Projetada) que encontra-se completamente deteriorada.

    Resp.; Denuncio esta situação quase toda semana, meu caro. Inclusive, semana passada fiz a denúncia e, 20 minutos depois, os secretário estava na área para ver o problema do alagamento. Desde ontem, pedi imagem desta situação da Rua Projetada. Se você tiver alguém que mande uma imagem via Watsapp ou email, peça para me enviar. de qualquer forma, sempre aos sábios, à tarde, eu estou aí, na casa dos meus pais, na Rua do chumbo, próximo ao antigo centerdeça, e vou fazer fotos. E estou sempre acompanhando todos os problemas da minha comunidade.

  3. Eu mesmo presenciei uma cena onde uma adolescente estava com o corpo coberto de catapora na fila do banco itau do joão paulo e este banco além de pequeno estava super lotado…fora q cães infectados dominam a cidade. Conheço um caso de uma criança de 01 e meses q se encontra internada na UDI com calazar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *