7

A inoperância de Holandinha e as redes sociais…

Espaço onde as pessoas expõem seu dia-dia, facebook, Twitter, Instagram e outras redes têm-se tornado espaços de reclamações de cidadãos inconformados com os serviços ofereceidos pela prefeitura. E mesmo com um chefe do setor linkado 24 horas nessas redes, o prefeito parece alheio aos anseios da população

 

http://images.immedia.com.br//6/6308_2_L.jpg.ashx?quality=10Praticamente todo mundo precisa ir a um posto de saúde, ir a escola, ir para o trabalho.

Para isto, usa-se ou o transporte público ou carro próprio. Assim, o ludovicense trafega pelas ruas e avenidas, enfrenta o trânsito diariamente.

Sendo mais formal, a situação citada acima corresponde diretamente às pastas SMTT, Semus, Semed e Semosp.

Estas sempre foram as pastas mais visadas da prefeitura, haja vista que corresponde a, pelo menos, 70% da vida da população.

Em um mundo praticamente conectado por inteiro, não é possível que um órgão como a Prefeitura de São Luís esteja alheia aos seus eleitores dentro das redes sociais.

http://fsindical-rs.org.br/noticias/reclamacoes-nas-redes-sociais-.jpgTornou-se um espaço onde praticamente todos os dias alguém conta como foi o seu dia a dia.

E sim, é dali que Holandinha poderia tirar seu trunfo para um gestão satisfatória de uma vez por todas.

Analisando bem, as maiores reclamações nos murais virtuais são em relação (mesmo sem saber), às pastas SMTT, Semosp, Semus e Semed, nesta ordem.

Das 4, apenas duas estão em um trabalho de que responder à população o mais rápido que pode: Semosp e Semed.
Já as outras é como gritar para o vão em busca de ajuda e nada acontecer.

E são estas pastas com as quais o cidadão convive todos dias e sabe muito bem o que muda e o que permanece igual.

Marco Aurélio D'Eça

7 Comments

  1. Sempre que falo no facebook ou twitter da prefeitura eles me respondem. Tem um monte de fanpage que nuncata nem ai pra gente e so joga noticia e nunca fala nada.

  2. As redes sociais podem dar um direcionamento para as áreas a serem trabalhadas na gestão do prefeito, mas não são a priori da administração, pois uma cidade como São Luís possui muitos problemas para serem resolvidos e com o cenário político competitivo do estado, tudo deve ser analisado com muita atenção. Todavia, nada deve ser ignorado e acredito que o prefeito tem sim acompanhado o posicionamento dos cidadãos.

  3. As redes sociais são as armas que a população tem para cobrar melhores serviços públicos.
    Esse prefeitinho incompetente não tá nem ai para a população de São Luis , para ele tanto faz se a população reclama ou não pelas redes sociais.
    As 4 pastas SMTT , SEMOSP , SEMUS e SEMED tem que ter pessoas competentes e preparadas para gerir as mesmas , mas se nem o prefeito tem competência para gerir nossa São Luis,imagina sua equipe !

  4. Esse cabra so deve ser um maluco,nao tem competencia nem pra ser sindico de shopping centers.E afinal aonde um abestadao desse se formou em direito? Ele so sabe babar ovo de Flavete.

  5. Esse prefeito é porreta, ele não precisa de rede socias pra fazer um bom trabalho, estamos vendo a dedicação e o esforço pra fazer uma são Luís melhor e cabe a nós, sim!!! analisarmos os pontos positivos e os negativs tb, olhando p nossa cidade…. como já mudou, rede social tem muito fake.

  6. Pautar uma gestão só no que acontece nas redes sociais tu não acha um exagero? este é um “mundo” onde nem todo mundo mostra ser quem realmente é. Não vivemos numa farm ville e sim numa cidade de verdade, com cidadãos de verdade, com problemas de verdades. .

    Resp.: Bom, se você acha que tudo o que eu já disse de Holandinha nestes 14 meses é apenas pelo que acontece nas redes sociais, só mostra o quanto ele está perdido. Se você acha que as demissões na saúde, no Socorrão, na SMTT são apenas coisas de fake nas redes sociais, então continue a seguir seu governo virtual. o fato, minha cara, incontestável, é: Holandinha é incompetente e despreparado. E nunca imaginou que seria prefeito, por isso não se preparou. E está perdido no cargo. Absolutamente perdido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *