4

De como Flávio Dino manipula explicações para esconder uso eleitoral da Embratur…

flaviodino2

O chefão comunista: só igual aos outros

A mídia alinhada ao projeto de poder do comunista Flávio Dino passou o final de semana tentando desqualificar a informação publicada no Jornal de Brasília – e repercutida na coluna Estado Maior, de O EstadoMaranhão – segundo a qual ele usou a estrutura da Embratur em proveito eleitoreiro próprio.

De acordo com o jornal da capital federal, Dino veio fazer campanha no Maranhão e hospedou-se em um hotel de Teresina, de alto padrão, com os custos pagos pela Embratur, empresa da qual foi presidente até o início de março.

Mais um erro do Jornal de Brasília – quanto ao município maranhense em que Dino esteve – fez com que o PCdoB usasse este detalhe para desqualificar a informação por inteiro.

http://exp.cdn-hotels.com/hotels/2000000/1810000/1807800/1807759/1807759_1_z.jpg

O metropolitan, de Teresina: dinheiro público bancando aventura eleitoral do comunista

O jornal disse que o chefe comunista esteve em Timon, quando, na verdade, ele foi a Caxias, onde fez campanha eleitoral e voltou para Teresina, para se hospedar no hotel bancado pela Embratur.

Mas o fato é que Flávio Dino cometeu um crime ético e eleitoral. Igualzinho aos que ele, cinicamente, condena nos adversários.

No início de fevereiro, ele veio a Caxias para participar da inauguração de uma obra do prefeito Léo Coutinho (PSB).

Mas, ao término do evento – quando poderia se hospedar em qualquer hotel da cidade, com custos pagos do próprio bolso – preferiu seguir para Teresina (PI), onde se hospedou no Metropolitan Hotel, um cinco estrelas, com todas as mordomias pagas pela Embratur, segundo revelou o Jornal de Brasília.

Pior: Dino tratou exclusivamente de política quando hospedado no hotel às custas da empresas de Turismo.

Recebeu o presidente do PCdoB de Timon, João da Gráfica, com quem tratou da retirada da candidatura do vice-prefeito de Timon, Danísio Marabuco (PCdoB), a deputado estadual, condição imposta pela família Leitoa para manter o apoio a Dino no município.

Esta é a história real do uso que Dino fez da Embratur para seus interesses eleitorais, denunciado no jornal.

E esta não foi a única vez, como já mostrado aqui neste blog.

É assim que caminha o projeto da mudança no Maranhão…

Marco Aurélio D'Eça

4 Comments

  1. MARCO, MAIS UM RENOVADO FACTÓIDE, É FACTÓIDE TODO DIA, MAIS, ENQUANTO OS CÃES LADRAM A CARRUAGEM PASSA, E SOBERANA, A CARRUAGEM SEGUE SEU CAMINHO.

  2. NÃO ADIANTA CRITICAR UM PORQUE TODOS FAZEM. O MOVIMENTO FAMÍLIA PARECE QUE ESTÁ SURGINDO FORTE NO BRASIL E É A ÚNICA SOLUÇÃO PARA O NOSSO PAÍS.

  3. Marco,
    Infelizmente isso é uma chaga na política Brasileira que atinge todos os partidos. Ninguém é santo e não adianta posar de mocinho. O melhor é verificar os custos da “burrada” e pagar ao erário.
    abraços

  4. É mesmo, mostra a nota fiscal com o nome da Embratur? Outra, os helicopétoros usados por Luis Fernando dia e noite peranmbuilando pelo maranhão e assinando ordem de serviço em palaque fora de epoca tá sendo pago por quem mesmo?

    resp.; Mas Luis Fernando é da oligarquia, não é??? É a oligarquia que Dino combate, não é??? Os métodos da oligarquia, que o comunista diz fazer diferente, não é?!? Dino é diferente de tudo isso que está aí, não é??? Não seja cretino, meu caro…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *