10

A base legal da candidatura de João Castelo ao Senado…

https://marcoaureliodeca.com.br/wp-content/uploads/2012/05/zecastelo1.jpg

Castelo é candidato ao Seando com estímulo de José Reinaldo

O blog de Robert Lobato abriu o debate de forma brilhante. (Leia aqui)

De fato, não há qualquer impedimento legal à candidatura  do ex-prefeito de São Luís João Castelo (PSDB) ao Senado Federal.

Mesmo se o PSDB se coligar ao PCdoB. Mesmo que a coligação do chefão comunista Flávio Dino tenha como candidato já escolhido o vice-prefeito de São Luís, Roberto Rocha (PSB).

A candidatura de Castelo é amparada na Legislação, sobretudo na Constituição Federal, que garante a aut0nomia de definição interna aos partidos.

– É assegurada aos partidos políticos autonomia para definir sua estrutura interna, organização e funcionamento e para adotar os critérios de escolha e o regime de suas coligações eleitorais, sem obrigatoriedade de vinculação entre as candidaturas em âmbito nacional, estadual, distrital ou municipal, devendo seus estatutos estabelecer normas de disciplina e fidelidade partidária – estabelece o  § 1º do Artigo 17 da Constituição Federal.

João Castelo já decidiu, segundo sua filha, deputada Gardeninha Castelo, disputar a vaga no Senado pelo PSDB.

O ex-prefeito nem cogita pedir votos para Flávio Dino, mas os tucanos impõem sua candidatura como condição para dar a Dino o tempo de propaganda eleitoral que o PSDB tem.

E esta condição foi imposta pelo candidato a presidente pelo PSDB, senador Aécio Neves, na reunião que teve com o comunista na semana passada.

E Flávio Dino aceitou a condição, mesmo tendo Roberto Rocha como candidato escolhido pelo seu grupo.

Para isso, o comunista usa de uma artimanha: seu grupo continuará dizendo que Rocha é o candidato único da oposição, mas seus aliados anti-Rocha continuarão a estimular João Castelo.

Que tem apoio, inclusive, no grupo da governadora Roseana Sarney (PMDB).

Pior para Roberto Rocha, que agora não tem saída…

Marco Aurélio D'Eça

10 Comments

  1. Em isso acontecendo, a coisa caminhará para uma estória ja vivida entre o presidente eleito no pleito de 2002 e a atual oligarquia do Maranhão, onde o primeiro fez um pacto para ser eleito a qualquer custo, sendo que o segundo ja sabia da derrota e aceitou tal pacto. Velho! Bobo, não.

  2. Qual é que Bobzinho quer ser ungido Senador, carregado nos braços do povo, candidato único abençoado por Flavio Dino?? Sabe de nada!! Inocente! Esperto esse Roberto filhinho de papai sem emprego e profissão, oligarca pior que Sarney e Lobão. Vá estudar!! Ainda bem que ninguem na oposição o quer, arrogante, tomar que Castelo ou Ze Reinaldo saiam candidatos.

  3. aisso é so balela dos desesperados,quanto mais eles kerem dividir a oposiçao,mais ela se unem.oligarquia mais perdida do que cego em tiroteio

  4. Deça, acredito que vc é um agitador jornalístico, um fofoqueiro de primeira, tú não sabe de nada, inocente!.

  5. Engraçado é como um cidadão que nem sonha em pedir voto para FD…pode querer impor uma candidatura goela abaixo. Alguém pode explicar?

    resp.: Só Flávio Dino, com sua “impureza” autodeclarada, é que pode explicar isso, meu caro.

  6. Só esquecem uma coisa: O caostelo só será candidato ao Senado se o PSDB permitir. Não é por uma simples vontade dele. O PSDB praticamente assegurou a vaga de Vice. Será que terá força pra exigir a vaga de senador?? Vamos lembrar que o ZR e o Dutra abriram mão de suas candidaturas para apoiar RR. Nesse caso, com exceção de ZR, todos os outros poderão sair pelos seus partidos. Aí meu amigo…a vaca vai pro brejo!!!

    Por isso tudo…é que acho que o Caostelo vai morrer querendo. O FD não seria louco de aceitar um candidato inimigo ao Senado.

  7. Salvo engano isso aconteceu na formaçao da chapa pro senado na coligaçao da Rosena Sarney em 2010, quando o pastor Bel quis sair candidato na coligaçao da governadora, que ja tinha Lobão e João Alberto definidos como candidatos, naquela oportunidade ele foi impedido de sair candidato porque, segundo o TSE a legislação eleitoral não permitia, por isso ficou na 2° suplencia de Lobão. Entao se nada mudou não poderá haver dois candidatos ao senado na mesma coligaçao majoritária.

  8. eita oposição esfomeada e que não sabe jogar para ganhar, reunir para conquistar, eles se dividem para perder, é óbvio que Castelo é melhor candidato ao senado que Roberto Rocha, Rocha deveria sair para Dep Federal o que estaria de bom tamanho para ele, Castelo tem aquele velho eleitorado cativo de sempre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *