7

E nada de pardais e barreiras eletrônicas…

http://www.blogsoestado.com/danielmatos/files/2008/12/barreiras.jpg

Barreiras continuam apagadas na gestão de Holandinha

Este blog denunciou em 21 de março a ausência de fiscalização eletrônica em São Luís – e mostrou as sucessivas promessas da gestão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PTC) para resolver o problema. (Releia aqui)

Dez dias após a denúncia do blog, o então secretário de Trânsito e Transporte Carlos Rogério Araújo foi às rádios para anunciar “inovações tecnológicas” no trânsito de São Luís. (Relembre aqui)

http://www.jeisael.com/wp-content/uploads/2014/01/wpid-Photo-07012014-1202.jpg

Pardais também não servem para nada

Dias depois, Carlos Rogério é exonerado pelo prefeito, que chama o ex-titular da pasta, Canindé Barros, para resolver o problema.

Praticamente um mês se passou e as barreiras eletrônicas e pardais continuam desativadas no trânsito de São Luís. Nem mulas por excesso de velocidade a prefeitura pode aplicar, por falta de contrato para o setor.

E ninguém consegue explicar por que a gestão de Holandinha não consegue gerir o setor como deveria.

Os “prejuízos” com  falta de cobrança de multas pode chegar a R$ 10 milhões.

Dinheiro que poderia servir para as “inovações tecnológicas” prometidas pelo ex-chefe da SMTT…

Marco Aurélio D'Eça

7 Comments

  1. Se este semideus, do Canidé, fosse realmente competente, como ele e muitos outros babões acham, Slz teria um trânsito menos complicado, pois o mesmo, já foi sec. em outras gestões.
    Três exemplos, que não precisa ser engenheiro de trânsito para fazer estudo técnico:

    1. Na Avenida dos Africanos, na altura da inoperante barreira eletrônica, deveria ter UMA PASSARELA, pois em toda a extensão, é bem naquele trecho, que o trânsito enforca;

    2. Em frente ao Rio Anil, deveria ter outra.

    3. Em frente a entrada da Vila Lobão, pela Av. Santos Dumond, existe uma parada de ônibus. Quando os ônibus param no ponto, o trânsito para, pois na pista da esquerda ficam os veículos aguardando para entrar no bairro.

    O correto, seriam os veículos retornarem no balão, que fica em frente a entrada do jaguarema, para poderem acessar a rua da Vila Lobão.

  2. melhoria e investimentos no transito, feitos de forma lícita não acontecem do dia pra noite tipo as estradas do governo, que acontecem do dia pra noite e são a porcaria que são.

  3. Está atualizado blogueiro se você ver no semáforo em frente ao colegio Adventista tem, na holandeses tb já vi, não aconteceu a mudança desses em todas as avenidas, mas já começou.

    resp.; A própria SMTT já reconheceu que ainda não atualizou, meu caro. O post já está até publicado. Não tente ser mais real que o rei.

  4. Quanta INCOMPETÊNCIA… nem mesmo para colocar em funcionamento o pouco que restou da gestão de Tadeu Palácio e do Dr. Jackson Lago esse pessoal é capaz.
    A sinalização é precária, as barreiras eletrônicas, os foto sensores dos sinais e os relógios que tanto contribuíam na orientação do motoristas não funcionam há tempos.
    Lamentável!!!

  5. Depois reclamam que o Município não tem dinheiro. Não
    tem porque não arrecadam. Não tem porque não fazem
    projetos. Não tem porque perdem convênios… Não tem
    porque pra ter, tem que saber arrecadar… enquanto isso,
    é esse NOVO que nós temos… Vai piorar.

  6. Não queremos pardais e sinais, mas sim novas avenidas, linhas de vlt, viadutos e passarelas. São Luís é uma capital com mais de 1 milhão de habitantes e não um pântano.

Deixe uma resposta para João Ricardo Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *