7

Roberto Rocha ainda é uma dúvida para Flávio Dino???

http://www.atual7.com/wp-content/uploads/2014/01/flavio-dino-roberto-costa.jpg

Flávio Dino e Roberto Rocha: muitas dúvidas

Do blog de Roberto Kenard

Leiam o que disse Flávio Dino (PCdoB) a respeito de Roberto Rocha ser o candidato a senador:

 – Nós já temos um candidato ao Senado que é o ex-deputado e vice-prefeito de São Luís Roberto Rocha. Isso foi definido pelos partidos, isso já está oficializado. O PSDB não nos reivindicou a vaga para o Senado, mas tem o direito de fazer isso. Só que a nossa chapa prevê hoje que o nosso candidato para o Senado é Roberto Rocha.

O que chamou a atenção de vocês?

Eu aprendi a ler com a literatura, lugar no qual o mais despretensioso artigo indefinido pode ganhar importância excepcional. Em outras palavras: no espaço da literatura, não raro, o que se passa por insignificante tem importância capital.

Pois bem, nessa declaração o que imediatamente me saltou aos olhos foi o modesto advérbio hoje.

Na frase de Dino ele não tem nada de modesto. Ao contrário, se se leva em conta o contexto em que a frase foi pronunciada, o hoje reluz como os ofuscantes versos de Dante no Paraíso.

O hoje, digamos assim, aparece em alto relevo.

O adverbio empregado por Dino nos quer comunicar que o “oficializado” candidato a senador Roberto Rocha é oficial hoje. Na frase o hoje subtrai ou precariza o amanhã. Deixa de ser uma afirmação positiva para ser uma proposição temporária. Algo como: “Roberto Rocha é nosso candidato hoje, mas a depender das circunstâncias poderá não sê-lo amanhã”.

Não se trata de uma certeza, mas, antes, de uma dúvida. Continue lendo aqui…

Marco Aurélio D'Eça

7 Comments

  1. Fico enojada de ler esses blogs que falam somente politicagem e não política, que vivem em buscam e ideliazam intrigas do Flávio Dino e Roberto Rocha. Saiam dessas linha de suposições e aguardem o acontecimento. Como vc mesmo cita aguarde o tempo mesmo!!!

  2. Tenho certeza q nada mudou nessa decisão, pois o vice-prefeito continua tendo a preferência a para ser Senador e representar o nosso estado da melhor forma.

  3. Minha dúvida é se Kernard tinha tomado o rivotril dele kkkkkk. Se ele não regula bem das ideias, quero lembrá-lo que a população de São Luís sim e lembramos muito bem o caos em que Castelo deixou a cidade, os rombos que ele deixou na prefeitura e por isso não o queremos mais em nenhum cargo político, nem pra líder comunitário ele serve.

  4. Não há nada de despretencioso no que escreve Robert Kenard que joga com as palavras como bem lhe apetece. Há uma tendência em criar um clima de que a oposição está em desentendimento, quando na verdade, é o grupo governista que está desbaratado. Flávio Dino apontou Roberto Rocha como candidato e ponto final, não há nenhuma mensagem subliminar por trás disso como faz parecer o nobre jornalista tucano, Kenard.

  5. NÃO ACREDITO QUE O POVO DO MARANHÃO MUITO ESPECIALMENTE DA CAPITAL AINDA VOTEM EM UM CANDIDATO ULTRAPASSADO COMO JOÃO CASTELO. O QUE ESSE CIDADÃO FEZ FRENTE A PREFEITURA DE SÃO LUIS ERA PRA NÃO TER NEM O VOTO DELE.

  6. É isso mesmo sua interpretação está correta, assim como fizeram com Luís Fernando, que era candidato de ontem do governo de Roseana, hoje o candidato é Edinho, conclusão, ninguém pode confiar em políticos, todos só pensam em si.

  7. Caro Marco D’Eça,

    A dúvida de Flávio Dino é pertinente. Em todas as pesquisas de opinião Castelo está na frente. Agora eu pergunto, porque Flávio Dino se apressou em lançar o nome de Roberto Rocha como seu candidato ao Senado. Simples, Flávio Dino não gosta de João Castelo. Ajudou a derrotá-lo em sua reeleição para prefeito e agora mais uma vez tenta podar a vontade da maioria da população, pelo menos é o que as pesquisas estão mostrando. Minha opinião: Castelo tem que sair candidato e já que Flávio Dino o despreza, ele e seus eleitores só tem um caminho votar em Edinho Lobão.
    Pelo menos Edinho já o procurou. A arrogância e a prepotência do Sr. Flávio Dino pode mais uma vez custar sua eleição.

    Marcelo Almeida

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *