2

Ministério Público promove em Imperatriz treinamento em investigação criminal…

http://ampem.org.br/ampem/images/EventoImperatrizViolencia.jpg

Promotores acompanham palestra sobre investigação

Representantes do Ministério Público participaram em imperatriz do treinamento  “Investigação Criminal pelo Ministério Público – Técnicas de Investigação e Técnicas de Operação de Inteligência”.

O evento, realizado no âmbito do “I Encontro Regional de Inteligência em Nível Estratégico, Tático e Operacional”  foi promovido pelo Grupo de Atuação Especial no Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) e teve a participação da Associação do Ministério Público do Estado do Maranhão (Ampem).

– A sociedade nos deu o poder de investigar e para isso nós temos cada vez mais que nos profissionalizar de forma a cumprir esta missão a contento. Por isso, estamos fazendo esta troca de experiência – disse o membro do Gaeco, promotor Gladston Fernandes.

Dentre as várias técnicas de investigação, a promotora e coordenadora do Gaeco do MP/RN, Patrícia Antunes, chamou a atenção para a despersonalização. A promotora orienta que os membros ressaltem que a investigação é do Ministério Público e não de um promotor em particular, para a própria segurança do membro.

 – É importante que os processos sejam assinados por vários promotores, que os comunicados para a imprensa sejam repassados pela assessoria de comunicação do órgão e que fique claro que a investigação é do Ministério Público – recomenda.

Membro do MP de Minas Gerais, o promotor Fabio Galindo também relatou várias experiências quanto à investigação e operações de inteligência.

Ele sugere que o Ministério Público possa especificar normativamente as investigações do Gaeco, tendo como foco o combate à corrupção e o combate ao crime organizado.

Com informações de ampem.org.br

Marco Aurélio D'Eça

2 Comments

  1. Como investigar ou periciar um crime se quando a policia chega já mais de 50 pessoas tocaram e macularam o local? Como investigar ou periciar um crime se quando o policial chega na cena e sequer tem uma luva? Como investigar ou periciar um crime se a policia sequer tem um laboratório criminal funcionando?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *