3

Senador do PMDB deve ser escolhido em convenção…

Apesar de o deputado Gastão Vieira tentar evitar a disputa interna – pregando a escolha por consenso – o presidente da legenda, João Alberto de Souza, deverá acatar a proposta de Arnaldo Melo, e levar a escolha do candidato peemedebista para apreciação dos militantes, já que, para Arnaldo Melo, a hora da discussão consensual já passou

 

http://gilbertoleda.com.br/wp-content/uploads/2014/04/gastaoarnaldo.jpg

Gastão e Arnaldo vão ter que convencer colegas de partido

O presidente regional do PMDB, senador João Alberto de Souza, praticamente acatou a proposta do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Arnaldo Melo, para que a escolha do candidato a senador pelo partido seja definido em uma convenção.

Alberto disse que a escolha só não ocorrerá em disputa interna se os dois pretendentes ao posto – além de Melo, também tem interesse na vaga o deputado federal Gastão Vieira – chegarem a um consenso antes da convenção.

Desde que colocaram os nomes à disposição do PMDB, Arnaldo e Gastão dão mostras de que não pretendem ceder um ao outro.

Melo se viabiliza com  classe política e as próprias lideranças do partido. Vieira, por sua vez, tenta impor seu nome baseado em pesquisas que lhe dão mais visibilidade que o adversário – e com um suposto apoio da presidente Dilma Rousseff.

Para as lideranças peemedebistas, a convenção é mesmo o melhor caminho.

Segundo eles, uma pesquisa agora não medirá a força dos candidatos, uma vez que, somente durante a campanha, é que se dá o momento de se apresentar ao eleitor.

Se confirmada a convenção, a disputa no PMDB deverá se dá no mesmo dia em que o partido homologará a candidatura do senador Lobão Filho ao Governo do Estado.

E caberá aos próprios membros do PMDB decidir se preferem Gastão Vieira ou Arnaldo Melo.

Simples assim…

Marco Aurélio D'Eça

3 Comments

  1. Quantos diretórios do PMDB esse Arnaldo Melo tem??? nenhum… kkkkkkkkkkkkkk

  2. 2 fraquezas ai!!! vao pegar um tapa de voto tao grande q vao ter ate vergonha de se candidatar ate para presidente de bairro!! 200 municípios do maranhao nao conhecem esses 2 merdinhas ai!!!

  3. Mas não era pesquisa? Quem foi que não gostou de ser submetido ao escrutínio da população dessa dupla? Se não gostou nem agora , imagine na eleição propriamente dita…

    resp.: A eleição propriamente é outra coisa. O candidato a senador tem que ter o apoio é das lideranças do seu partido. Só depois disso é que ele precisa ir atrás do voto do povo. Exemplo: castelo. Não adianta ele ter milhões de votos e não ter o apoio do seu partido para sair candidato?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *